Tandrilax


Tandrilax atua como coadjuvante em ações inflamatórias graves geradas por quadros infecciosos. É um relaxante muscular, anti-inflamatório e analgésico, a base de cafeína, diclofenaco sódico, carisoprodol e paracetamol em sua composição. Muito utilizado em pós-cirúrgicos e pós-traumáticos.

Para que serve o Tandrilax

Indicado para tratar reumatismo, o remédio Tandrilax ajuda na nas articulações, músculos e esqueleto, para auxiliar pessoas que sofrem com dores, restrição de movimento e sinais inflamatórios. Normalmente o Tandrilax é receitado para tratamentos de lombalgia que é a dor da coluna lombar, crise aguda de artrite reumatoide, gota, osteoartrites, entre outras doenças.

Criado pelo laboratório Aché, o Tandrilax é um relaxante muscular, analgésico e anti-inflamatório. Age rapidamente no alívio das dores, inflamações de traumatismo e edemas. O Tandrilax serve para:

  • A controlar dores de cabeça;
  • Procedimentos pós-cirúrgicos;
  • Tratamentos de reumatismo e gota;
  • Dor e o inchaço das articulações;
  • Quadros graves de artrite reumatoide e artrose;
  • Reumatismo nos tecidos extra-articulares;
  • Processos inflamatórios resultantes de quadros infecciosos.

Tandrilax Composição

O relaxante muscular Tandrilax vem em embalagens com 4, 15 ou 30 comprimidos. Na composição do Tandrilax encontra-se:

Cafeína → 30 mg


Carisoprodol → 125 mg

Diclofenaco sódico → 50 mg

Paracetamol  → 300 mg

Além dos excipientes: amido, celulose microcristalina, dióxido de silício, estearato de magnésio, corante amarelo FDC n°. 6 laca de alumínio, crospovidona e fosfato de cálcio dibásico di-hidratado.

Como Tandrilax funciona

Tandrilax, age no organismo da seguinte forma:

  • O carisoprodol: É um relaxante muscular, que diminui sutilmente a tensão da muscular esquelética dos humanos, promovendo o relaxamento.
  • A cafeína: Estimula o sistema nervoso central, produzindo um estado de alerta mental, e atua diminuindo sonolência que o carisoprodol provoca. Ela age também contra a dor, trabalhando sobre a musculatura e deixando-a menos propensa ao cansaço e aumentando seu desempenho.
  • O diclofenaco sódico: É anti-inflamatório e também agirá no combate a dor, a febre e inchaços.
  • O paracetamol: Também possui ação anti-inflamatória, e atua em parceria com o diclofenaco sódico no controle da temperatura e dor.

Contraindicações

Vale notificar que o  Tandrilax anti-inflamatório não deve ser usado por pessoas que tenham qualquer alergia aos compostos da fórmula. Pessoas com sensibilidade aos elementos devem alertar ao médico antes de dar início ao procedimento.

Pacientes que apresentam úlcera, insuficiência cardíaca, renal ou hepática, discrasias sanguíneas, hipertensão, trombocitopenia, distúrbios da coagulação, porfiria e pessoas asmáticas, com rinite ou urticarias não devem utilizar o medicamento sem antes consultar um profissional da saúde.

Quando usar o relaxante muscular Tandrilax fique atento para não o misturar com outras fórmulas.

  • Não use outros remédios que tenham paracetamol em sua composição;
  • O remédio Tandrilax não é indicado para menores de 14 anos – com exceção dos tratamentos da artrite crônica juvenil;
  • Grávidas e lactantes devem evitar o seu uso;
  • Reativa úlceras pépticas;
  • Idosos devem ingerir o medicamento com muita cautela e observar os possíveis efeitos colaterais;
  • Para tratamentos com mais de 10 dias de uso é preciso realizar um hemograma para monitorar a função do fígado (o teste será feito antes e durante o processo de cura);

Efeitos colaterais do Tandrilax

Os efeitos colaterais do Tandrilax transpassam dos sintomas mais simples até aos mais complexos. São eles:

tandrilax

  • Dores de cabeça, sonolência e confusão mental;
  • Tonturas e distúrbios da visão;
  • Edema, pancreatite, nefrite e hepatite;
  • Distúrbios gastrintestinais, entre eles dispepsia, náuseas, vômitos e diarreia;
  • Em alguns casos foram relatadas reações anafilactoides, asmatiformes e urticariformes, além de leucopenia, anemia plástica, pancitopenia, agranulocitose, síndrome de Stevens-Johnson e de Lyell.
  • Em pacientes que fizeram uso prolongado do medicamento relataram necrose papilar renal – privação do sangue em alguma parte do organismo.
  • O medicamento pode causar retenção de líquidos.
  • Pode surgir edemas em pacientes com doenças cardiovasculares.
  • Em casos de reações alérgicas na pele, icterícia, cianose, febre ou sangue nas fezes, o Tandrilax terá de ser imediatamente interrompido.

Cuidado com o uso de Tandrilax

O medicamento só deve ser consumido a cada 12 e lembrando que não se deve tomar mais do que um comprimido. Siga corretamente a orientação médica e não se automedique: nada de diminuir ou aumentar as doses do Tandrilax e somente ultrapasse os 10 dias de medicamento se o profissional estiver monitorando de perto o seu processo.

Beba sempre muito líquido e jamais tome outro medicamento que tenha em sua base paracetamol. E não esqueça:

  • O relaxante muscular Tandrilax só pode ser vendido com prescrição médica;
  • Idosos precisam tomar cuidado já que são mais sensíveis aos componentes do remédio;
  • Não tome se estiver grávida ou amamentando – não há estudo que relate danos, mas para evitar problemas ao feto e ao bebê, durante a amamentação, indica-se não tomar o medicamento;
  • Pode diminuir as plaquetas e os leucócitos – por isso todo o cuidado é pouco e atenção aos menores sintomas, por mais que você ache que não são relevantes;
  • Sinais de sangue nas fezes ou febre devem ser relatados ao médico para a suspensão ou troca do medicamento.

Como tomar Tandrilax?

O indicado é ingerir 1 comprimido de 12 em 12 horas, inteiro, sem mastigar e de preferência com líquidos. A dosagem e quantidade de dias deverão ser estabelecidos pelo seu médico. Normalmente o tratamento com Tandrilax não ultrapassa 10 dias.

Relaxantes musculares mais comuns

Atualmente há disponível no mercado uma infinidade de relaxantes musculares. Entre os mais receitados estão:

  • Ciclobenzaprina;
  • Mioflex A;
  • Dorflex;
  • Miosan;
  • Torsilax
  • E, claro, o estudo deste artigo, Tandrilax.

Tandrilax ou Torsilax

Tandrilax e Torsilax possuem a mesma composição, e a mesma posologia. Os dois são relaxantes musculares e agem no combate a dor e inflamação causadas por doenças que afetam as articulações, músculos e esqueleto. A ação dos dois medicamentos é a mesma no organismo.

Porém se você tiver que escolher entre Tandrilax ou Torsilax  as principais diferenças entre eles são:

  • O laboratório em que são fabricados: O tandrilax é fabricado pelo laboratório Aché e o Torsilax pelo Neo Química.
  • Quantidade de comprimidos por embalagem: O tandrilax é vendido embalagens com com 4, 15 ou 30 comprimidos. Já o Torsilax em embalagens contendo 12, 30, 100 e 200 comprimidos.

Tandrilax da sono

O Tandrilax da sono, pois em sua composição está presente o carisoprodol. Esse agente provoca sonolência e diminuição dos reflexos. Por isso que em sua composição está presente a cafeina que ajuda a diminuir o sono e aumenta o estado de alerta do paciente.

Na bula do Tandrilax, o fabricante faz um alerta para que os pacientes durante o tratamento evitem dirigir veículos automotivos e operar maquinas perigosas, visto que o Tandrilax da sono e pode interferir nas habilidades do paciente.

Considerações Finais sobre o Tandrilax

O uso do relaxante muscular Tandrilax é destinado somente para adultos e você não deve tomar o medicamento juntamente com outro remédio que tenha em sua composição paracetamol. Assim evitará uma sobrecarga do comprimido.

A longa utilização do remédio Tandrilax pode provocar problemas gastrointestinais graves, sangramento e perfuração do estômago ou intestino, principalmente em idosos e pessoas mais debilitadas. O diclofenaco sódico, um dos elementos do Tandrilax, pode gerar danos aos rins. Já o carisoprodol em excessoo provoca problemas abdominais e reduz as secreções biliar e pancreático – canais da vesícula biliar e pâncreas.

Indivíduos com hipertensão intra-craniana – pressão alta no cérebro – ou pessoas com trauma no mesmo, devem evitar o Tandrilax. Pessoas com atividades citocromo CYP2C19 sofrem a redução da enzima do fígado.

A utilização por vários dias do medicamento e em altas doses, pode levar a pessoa a ter uma síndrome de abstinência. Não misture o Tandrilax com bebidas alcoólicas e drogas depressoras do sistema nervoso central.

Pacientes com doença cardiovascular – doenças do coração -, pessoas com deficiências no fígado ou rins e indivíduos com doenças no pulmão obstrutivas ou restritivas, devem ter cautela ao ingerir o medicamento. Comunique ao seu médico se sentir qualquer sintoma diferente.

Durante o tratamento com o remédio Tandrilax você não deve operar máquinas perigosas ou dirigir carros, motos e qualquer outro veículo.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (31 votes, average: 4,35 out of 5)
Loading...