Olcadil


Um dos calmantes mais fortes, e mais famosos, da área dos medicamentos é o olcadil. O medicamento é um daquela velha e famosa classe dos tarjas, ou faixas, como preferir, pretas, que são remédios indicados para casos extremos e com auxilio médico, pela sua forte potencia e risco que pode trazer para a saúde da pessoal, principalmente se ingerido em muita quantidade em uma pequena distância de tempo. Muitas pessoas acabam cometendo suicídio ingerindo muito desses fortes remédios tarjas pretas.

O olcadil é do grupo dos benzodiazepínicos, que são remédios e medicamentos utilizados com uma forte potência hipnótica e calmante, denominada popularmente como calmante. Ele é distribuído com comprimidos, que variam o preço entre R$40 e R$50, e devem ser inserir oralmente.

Além de ser um tarja preta muito forte e que pode levar a pessoa a doses hipnóticas, o olcadil pode levar ao vicio e dependência, se ingerindo em grandes quantidades, em um longo período de tratamento.

O principio ativo do olcadil é o cloxazolam, uma substância química, bem popular entre os calmantes, por ser sedativa, hipnótica e trabalhar diretamente no sistema nervoso central, tendo acesso a tensão nervoso , conseguindo controlar e evitar crises de depressão, ansiedade ou extrema raiva. Lembrando que o uso do remédio é exclusivo para adultos, não podendo de maneira nenhuma chegar a mão de crianças.

Uma informação importante é que o olcadil deve ser mantido longe do calor, 30ºC, pois eu efeito e validade podem acabar, e ficará um remédio inútil.

Dica: se você sofre de ansiedade, clique aqui para conhecer outros remédios de ansiedades.


A composição do olcadil

Olcadil é vendido em farmácias ou lojas digitais especializadas. Cada cartela é composta por 20 ou 30 comprimidos, que podem parecer pequenos mas são extremamente poderosos e com efeitos fortíssimos.

Existe três tipos de comprimidos de olcadil, onde os tamanhos também variam. Existe o de 1mg, 2mg e 4mg, sendo que termos a quantidade igual de cloxazolam em cada um dos comprimidos.

A composição base é integrada por diversas substâncias que fazem a efetividade e efeito dele serem tão potentes.

São eles:

  • Estearato de magnésio
  • Hiprolose
  • Amido
  • Lactose
  • Óxido férrico vermelho ou óxido férrico amarelo (variando conforme os mg de do comprimido adquirido
  • Talco

Em quais situações se deve e não se deve utiliza-lo

Existem muitas situações de graus leves, medianos e altos que encontram no olcadil uma solução interessante para solucionar seu problema, ou pelo menos diminui-lo, porém ocorrer diversas situações que as pessoas não devem utilizar-se do medicamento, pois danos horrendos podem acontecer. Vamos descobri as situações.

Lembrando que sempre é importante o auxilio e assistência médica, principalmente para medicamentos pesados e fortes como esse.

olcadil

As situações que devem ser utilizados:

  • Pessoas com distúrbios emocionais como depressão, ansiedade, inquietude ou fobias.
  • Com problemas sociais. Pessoas antissociais ou com problemas para se adaptar a algum grupo social.
  • Dificuldades para ter uma boa noite de sono.
  • Certos tipos de dores específicas.
  • Pessoas com doenças psíquicas, de retardo metal ou psicogênica.

As situações que não se pode utilizar o medicamento:

  • Pessoas com problemas nos pulmões ou nos rins.
  • Pessoas em coma.
  • Pessoas com algum tipo de patologia ou depressão no sistema nervoso central.
  • Pessoas com alegria a algum dos componentes.
  • Pessoas com apneia do sono.
  • Pessoas com anomalias musculares, principalmente fadiga rápida ou fraqueza.
  • Gestantes ou mães em período de amamentação.
  • Crianças.

Como ser utilizado durante o tratamento

É importante frisar que as informações a seguir são de pesquisas, informações descritas na bula e em pontos comerciais, e experiências retiradas de pessoas que utilizaram do olcadil, porém é necessária uma consulta médica para realmente ter certeza de como deve ocorrer o tratamento com esse medicamento, pois pode variar um pouco dependendo da pessoa e do grau de reação de pode acontecer.

O tratamento com utilização do olcadil deve ser cuidadoso e exercer os horários e doses corretas, pois os efeitos colaterais que podem ser causados são gigantescos, e serão citados mais a frente no artigo.

As doses diárias do medicamento e quantidade de mg do comprimido deve variar conforme o grau do distúrbio. Logicamente, sendo as doses menores para graus mais leves e doses maiores para os graus mais intensos.

Ao início do tratamento o paciente de grau leve e moderado deve tomar 1mg á 3mg dividido em 3 doses diárias. Já os pacientes com grau mais intenso deve tomar 2mg á 6mg dividindo também em 3 doses diárias.

Se o paciente conseguir se comportar e reagir bem diante das doses, com os efeitos colaterais não sendo muito intensos e presente, a dose deve uma manutenção e sofrer um pequeno aumento. Os graus levem deve aumentar para 2mg á 6mg diários, com 3 doses diárias. Já os graus mais intensos deve ser 6 á 12mg por diária, com 3 doses diárias.

Após 2 á 4 meses de tratamento, se o paciente começar a ter uma melhora, é necessário ir diminuindo a quantidade de doses, até ser retirada por completo.

É recomendado que as doses maiores acorressem à noite, antes de a pessoa ir dormir. A dose máxima diária de olcadil é 12mg. As doses devem sofrer um pequeno aumentou um pequeno decremento conforme o peso do paciente.

Os efeitos beneficentes

Olcadil causa ótimos efeitos beneficentes para a saúde mental e nervosa da pessoa. Entre os principais efeitos temos:

  • Sensação de tranquilidade
  • Sonolência para controlar falta de sono
  • Perca de ansiedade
  • Perca de sensações ruins causadas pela depressão
  • Diminui a vontade de beber de pessoas com que estão com abstinência do álcool

Efeitos colaterais

Como citado muito durante o artigo, o olcadil é um medicamento que causa diversos tipos de efeitos colaterais, principalmente quando tomado erradamente ou abusivamente.

Os efeitos são:

  • Tontura com dores de cabeça
  • Acomodação com a visão, principalmente por causa da sonolência
  • Secura na boca
  • Redução da pressão arterial
  • Perca de audição por alguns minutos ou horas
  • Contra efeito, aumentando as crises de ansiedade, depressão e nervosismo, em vez de diminui-las
  • Confusão com amnesia
  • Tremor
  • Vômitos e mal-estar com dores abdominais
  • Inchaços na pele
  • Dependência e vicio

Olcadil é um poderosíssimo medicamento, podendo ajudar e salvar muitas pessoas com crises de depressão e ansiedade, além de conseguir controlar pessoas com crises de sono, porém o cuidado ao estar ingerindo deve ser redobrado, pois os efeitos colaterais estão guiados de grandes danos a pessoa.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (46 votes, average: 3,91 out of 5)
Loading...