Verrugas genitais: Conheça as causas e as formas de tratamento


O post de hoje será voltado para o conhecimento sobre as verrugas genitais. Mesmo com tantas informações que chegam à praticamente todas às pessoas na nossa sociedade o papilomavírus humanos (HPV), o responsável pelas verrugas genitais, ainda é muito comum! Estima-se que metade das pessoas que são sexualmente ativas serão infectadas um dia.

Elas afetam as áreas genitais do homem e da mulher, nas partes onde os tecidos ficam mais úmidos. Elas variam de tamanho e de aspecto. Podem ser como caroços cor de carne ou como uma couve-flor. Além das verrugas genitais, o HPV pode evoluir para um câncer.

Quais são os fatores de risco?

Listamos abaixo alguns aspectos que fazem deixam o indivíduo exposto à transmissão do HPV, podendo então contrair as verrugas genitais.

São eles:

  • Quanto mais jovem se tornar sexualmente ativo, mais chance terá de ter verrugas genitais;
  • Praticar relações sexuais sem camisinha;
  • Quem tem uma infecção sexualmente transmissível;
  • Quando se tem contato sexual com alguém que o histórico sexual é desconhecido.

O que causa verrugas genitais?

O principal causados das verrugas genitais é o papilomavírus humano (HPV). Ele é transmitido por meio de relações sexuais desprevenidas, quando o sistema imunológico não consegue combater o agente invasor.


Quais são os sintomas das verrugas genitais?

O aparecimento das verrugas podem ocorrer na vulva, entre o ânus e a vagina, no canal anal e até no colo do útero, no caso das mulheres. Nos homens as verrugas genitais ocorrer na ponta ou no eixo do pênis, no escroto ou no ânus. Também é possível que elas se desenvolvam na boca ou garganta (o que ocorre em caso da prática do sexo oral com um parceiro infectado).

Além das verrugas em si, outros sintomas as acompanham:

  • Sangramento no ato sexual;
  • Pequenos inchaços (cinza ou cor de carne) nas regiões genitais;
  • Coceira;
  • Mais de uma verruga junta causando o aspecto de uma couve-flor.

Em alguns casos, porém, as verrugas genitais são tão pequenas que nem podem ser vistas a olho nu.

Diagnóstico do problema

verrugas genitais

É muito importante que assim que alguns desses sintomas forem percebidos o paciente entre em contato urgente com um médico especializado na área. Dessa forma o diagnóstico será feito de forma rápida e o tratamento irá ser iniciado logo em seguida, resultando em melhores resultados.

Na consulta médica é importante relatar todos os sintomas apresentados e responder de forma honesta as perguntas que serão feitas.

Na maioria das situações, identificar as verrugas genitais é difícil, nesses casos, quando o médico está suspeitando do diagnóstico, ele poderá utilizar uma espécie de ácido acético suave nos órgãos genitais do paciente, a fim de clarear qualquer verruga que esteja presente no local. Com a ajuda de um colposcópio o médico irá visualizá-las e a parte daí já passará o tratamento ou recomendará outros testes.

Entre ele está o papanicolau. Esse é um exame que as mulheres são recomendadas a fazer de forma regular para evitar não só as verrugas genitais como qualquer alteração no colo do útero.

Complicações das verrugas genitais

A ida ao médico com rapidez é muito importante porque poderá evitar o agravamento da doença que causa problemas muito mais sérios que podem ser irreversíveis, entre eles está o câncer do colo uterino e problemas para engravidar. Quanto mais cedo o diagnóstico, mais fácil fica de efetuar o tratamento e evitar maiores danos à saúde do paciente.

Qual a forma de tratamento?

Nos casos onde as verrugas não estão causando nenhum tipo de incomodo físico ou emocional, o médico não irá recomendar tratamento. Isso só será feito se elas causarem dor, ardência, ou se prejudicar o paciente de forma emocional. Se for o caso o especialista poderá indicar o tratamento através de alguns medicamentos:

  • Ácido tricloroacético (TCA) – Ele é utilizado para queimar as verrugas genitais de forma literal, é um tratamento bastante doloroso;
  • Imiquimod (creme dermatológico);
  • Podofilox e/ou podofilina (cremes dermatológicos com base em seiva de plantas).

Quando as verrugas genitais apresentam-se em maior número e em um tamanho considerável e quando as medicações recomendadas não fazem efeito, será necessária uma intervenção cirúrgica, que poderá ser feita a partir de tratamentos a laser, crioterapia ou eletrocautério.

Reforçando o tratamento

Quando o paciente está no processo de tratamento, que normalmente é efeito com o ácido para queimar as verrugas, é importante que alguns cuidados sejam tomados para que haja maior efeito.

Durante o processo de tratamento é importantíssimo evitar fazer depilação na área genital, evitar utilizar calça ou short muitos juntos, já que o calor ajuda a propagar as verrugas;

É importante também evitar ir a piscinas, como também evitar usar objetos molhados. A umidade também colabora para a propagação das verrugas.

Como prevenir a contração das verrugas genitais

A forma de prevenção do problema é fácil e muito simples: Use preservativo! Muita gente deixa de usar camisinha alegando desconforto ou dificuldade de prazer, mas precisa entender os riscos que existem em praticar sexo sem cuidados.

Além das verrugas genitais existem outras doenças transmissíveis, como a AIDS que não tem cura e pode levar à morte de forma bem sofrida. Outro problema gerado pela não utilização de preservativos é a gravidez indesejada.

Consegue perceber quantos problemas poderão ser evitados de uma única maneira? É importante que você entenda o quanto as verrugas genitais são desconfortáveis fisicamente e principalmente emocionalmente.

Tratamentos caseiros para verrugas genitais

Como o que não falta no nosso país é forma de tratamento natural e caseiro, resolvemos deixar abaixo dois deles que podem ajudar no tratamento das verrugas genitais:

  • Alimentação rica em betacaroteno e ácido fólico: Ao adicionar alimentos ricos nesses nutrientes o indivíduo combaterá diretamente as rugas. Os alimentos que possuem esse poder são: rabanete, tomate, abóbora e manga.
  • Banhos de assento: Feitos com a utilização da água e do vinagre, esses banhos ajudam que o corpo reaja e combata as verrugas genitais de forma mais efetiva.

Obs.: Natural ou industrializado uma coisa é muito importante de ser destacada ao se falar do tratamento contra as verrugas genitais: Ele precisa ser orientado por um médico. O tratamento prescrito precisa ser seguido à risca para que o problema seja resolvido totalmente.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...