Termogênicos Naturais

Para o corpo humano manter um balanço energético equilibrado ou neutro, precisa existir um equilíbrio entre o consumo calórico através dos alimentos e o gasto energético diário, mantendo o peso. O efeito térmico dos alimentos é o gasto energético para metabolizar e armazenar estes alimentos, e aqueles considerados termogênicos naturais são os principais auxiliares do homem na busca da estabilidade de seu peso e, consequentemente, manutenção de sua saúde.

O termo termogênico significa aquilo que produz calor. Os alimentos ou substâncias que têm como função queimar calorias auxiliam no equilíbrio desta balança; os alimentos termogênicos naturais queimam as calorias provenientes da gordura corporal e da alimentação, de forma mais rápida, acelerando o metabolismo; assim o organismo faz uma queima calórica maior ao longo do dia.

Entendendo o processo (metabolismo x alimentos termogênicos)

Metabolismo é o conjunto de fenômenos físicos e químicos que ocorrem dentro do corpo humano possibilitando que as funções vitais ocorram em sincronia. O que faz com que estes fenômenos aconteçam é o recebimento de energia (termogênese) através da alimentação. Assim os alimentos, principalmente os termogênicos naturais, fornecem ao corpo humano a energia necessária para realizar as funções adequadamente.

A termogênese alimentar é o gasto de energia que o corpo faz para realizar a digestão, ou seja, o trabalho feito pelo estômago para transformar os alimentos absorvendo-os e utilizando-os nas diversas funções orgânicas. Há alimentos que requerem pouco esforço para serem metabolizados e outros que requerem uma quantidade maior de energia para isto. Estes que requerem maior energia, que elevam o gasto energético durante a metabolização ou aumentam a produção de calor pelo organismo são os termogênicos naturais.

São várias as vantagens em consumi-los, dentre elas a redução de apetite, definição da massa muscular, ganho de mais energia para a realização de atividades, além do próprio favorecimento ao metabolismo como um todo. Aliam-se a estas o fato de não possuírem os efeitos colaterais associados aos produtos industrializados.


Função dos termogênicos naturais

O corpo humano é muito inteligente e cada vez que, através da alimentação, oferecemos a ele mais energia do que ele realmente necessita, o excedente ele estoca, guarda em forma de gordura. Sábio, ele tem um estoque para as horas em que, necessitando de reforço alimentar e ele não vindo, buscar a energia que guardou quando da cota superior anteriormente recebida.

Precisamos, então, para o equilíbrio energético de corpo, queimar esta gordura, acabar com este estoque. Estes são os caminhos: a prática de exercícios físicos, consumir alimentos que o obriguem a maior esforço para metabolizá-los ou consumir alimentos que elevem a produção de calor no corpo humano.  Esta última é a função dos termogênicos naturais.

A natureza sempre foi muito pródiga, dá ao homem, em grande quantidade, alimentos que trazem em sua constituição esta característica, qual seja, eles obrigam o metabolismo humano a trabalhar mais durante o processo da digestão, queimando calorias e gorduras!

Alimentos termogênicos naturais

Vamos deixar aqui uma lista com estes auxiliares naturais da manutenção da saúde humana e seguindo a orientação de uma nutricionista, todos são liberados, à exceção dos chás e café que devem ser evitados por grávidas, mulheres que estão amamentando e pessoas que tenham as seguintes restrições: hipertensão, gastrite, úlcera e problemas cardíacos.

  • Água de coco
  • Água gelada
  • Alho
  • Anchova
  • Aspargo
  • Atum
  • Bacalhau
  • Brócolis
  • Café
  • Canela
  • Cavalinha
  • Cebola
  • Cenoura
  • Chá branco
  • Chá de hibisco
  • Chá mate
  • Chá verde
  • Cominho
  • Couve
  • Curry
  • Folha de mostarda
  • Gengibre
  • Hortelã
  • Laranja
  • Maçã
  • Óleo de coco
  • Pimenta
  • Salmão
  • Sardinha
  • Soja
  • Vinagre de maçã

Destes alimentos, provavelmente as pimentas vermelhas são as mais utilizadas para a função de termogênicos naturais; elas aumentam o ‘esforço’ do organismo em 20% (vinte por cento) para o trabalho da digestão e este aumento do calor reflete na queima de calorias.

Termogênicos naturais

Entretanto, o ardor das pimentas pode diminuir a vontade de ingeri-las diariamente, mas como foram relacionados, vários outros alimentos termogênicos naturais são acessíveis para o dia a dia, e podem ser ingeridos de várias formas e em várias refeições ao longo do dia, de forma que a pessoa possa ter uma constante queima de calorias em virtude do aumento do calor que estes alimentos provocam no organismo.

Para demonstrar que isto é possível, vejamos algumas dicas de alimentação saudável com o uso de termogênicos naturais, em mais de um horário em um mesmo dia:

  • No café da manhã você pode ingerir um deles, através da geléia feita com pimenta vermelha; além do café, um chá de maçã com canela ou mesmo o chá mate aquecido são muito saborosos. Se estivermos no verão, pode ser acrescido ao café um bom suco de cenoura com água de coco.
  • No almoço uma saborosa salada de couve, com as folhas cortadas em tiras bem fininhas e temperada com gengibre.
  • À noite, caso prefira um lanche ao invés de jantar, um skake feito com leite desnatado, canela e kiwi, ou maçã.

Viu como podemos ter em nosso organismo, de forma equilibrada e agradável, e em todo o dia, a presença dos termogênicos naturais?

O conhecimento como auxiliar de uma vida saudável

É de suma importância que as pessoas tenham o hábito da consulta prévia, da pesquisa acerca dos alimentos, dos exercícios físicos, das medicações que possam auxiliar na melhoria de sua saúde, e uma fonte confiável traz diversas informações que levam estas pessoas a escolhas acertadas, a correrem menos riscos e estarem sempre bem informadas.

Cientes da importância dos termogênicos naturais para a manutenção de sua saúde ou reequilíbrio dela, podem aliar estes conhecimentos às suas dietas, à pratica das atividades físicas que desenvolvem, fazerem substituições inteligentes e saudáveis em seus hábitos, tanto alimentares quanto em outras rotinas.

Esperamos sinceramente que estas informações acerca dos termogênicos naturais possam acrescentar novos saberes aos que vocês já possuem, e se ainda não sejam de seu uso costumeiro, que tenham ficado curiosos em verificar, na prática, a veracidade destas informações! Vamos, ânimo! Mudem hábitos, criem novas rotinas, aventurem-se nesta listagem de novos alimentos e deixem seus comentários para que outras pessoas também possam se beneficiar com os termogênicos naturais.