Pyverm


A infecção intestinal, ou gastrointestinal, mais comum de atingir as pessoas é a enterobíase, ou oxiurose. Sendo causada pelo verme de nome nematódeo Enterobius vermicularis, popularmente conhecido como oxiúro, a doença causa forte coceira na região do ânus, além de náusea, enjoo, vômito e forte dor na região do abdômen, principalmente com cólica abdominal, no infectado.

A transmissão é feita pelo contato do ser humano direto com fezes ou alimentos infectados com o parasita. Ela é muito comum de atingir crianças pequenas, por isso é necessário os pais e mães terem muito cuidado. Por essa facilidade de transmissão e sintomas incômodos causados, foram criados alguns remédios para serem utilizados durante o tratamento.

Entre eles, um que é muito indicado pelos médicos especialistas, possuindo uma ação muito efetiva, é o medicamento Pyverm. Hoje, nesse artigo, iremos abordar informações essenciais presentes em sua bula.

Para que serve Pyverm

Como citado na introdução inicial, a ação do medicamento Pyverm é indicada para o tratamento da doença gastrointestinal enterobíase, ou oxiuríase.

Como funciona Pyverm

pyverm

A ação do Pyverm no organismo humano está diretamente ligado ao embonato de pirvínio, que é o princípio ativo da composição do medicamento.


O embonato de pirvínio possui uma ação principalmente de fazer o combate ao parasita, principalmente por impedir a utilização de carboidratos exógenos dele dentro do organismo, acabando com as reservas endógenas da substância e levando o invasor a morte.

Por possuir uma absorção simples pelo trato gastrintestinal, o embonato de pirvínio consegue ficar um longo tempo dentro do organismo, fazendo o combate contra os parasitas intestinais de forma efetiva e longa. Sua eliminação é feita pelas fezes.

O ingrediente possui uma baixa absorção do embonato de pirvínio, assim não possuindo um efeito de acumulação dentro do corpo humano.

Pacientes que possuem enterobíase ou oxiuríase, possuem o verme parasita localizado na região cecal e próximo ao intestino. Em algumas mulheres infectadas, os invasores podem ser encontrados próximo da vagina e vulva, porém sendo em casos mais raros.

Posologia do Pyverm ( Como tomar )

A utilização do medicamento é via oral. É recomendado agitar bastante o frasco antes da ingestão. A posologia recomendada abaixo, tanto para crianças, como para adultos, deve ser ingerida em uma tomada única, sendo tudo de uma única vez, para uma ação totalmente efetiva.

Pyverm uso infantil

A dose recomendara para crianças é de acrescimento de 1 mL da suspensão oral para cada 1 kg do peso atual.

Pyverm uso adulto

A dose recomendada para adultos é do acrescimento de um comprimido ou de 1 mL da suspensão oral, dependerá do tipo do medicamento, a cada 10 kg do peso atual.

O adulto não pode ultrapassar o uso de 6 comprimidos ou 60 mL.

Tanto para crianças, como para adultos, o tempo de tratamento varia entre 2 a 3 semanas, podendo sofrer alterações conforme orientação médica.

Mesmo sabendo a posologia recomendada, nunca utilize o medicamento por conta própria, pois a ação não pode ocorrer como você deseja. Procure orientação médica, que pode, até mesmo, fazer alterações na dose diária e no tempo de tratamento.

Precauções do Pyverm

Como todo o medicamento, o Pyverm possui algumas precauções a serem seguidas pelos pacientes que estão iniciando, ou pretendem iniciar, o tratamento, assim evitando qualquer tipo de ação reversa. São elas:

  • Por possuir sacarose em sua fórmula, o medicamento deve ser administrado com cuidado por pacientes diabéticos.
  • Não é recomendada e nem necessária a utilização de tipos de laxativos antes ou após a utilização de Pyverm.
  • É essencial fazer todos os exames e diagnósticos clínicos para confirmar a presença do parasita e dar inicio ao tratamento da oxiuríase com embonato de pirvínio.
  • Após a ingestão da segunda dose recomendada pelos pacientes, é importante eles começarem a serem observados com mais cautela e fazerem o exame parasitológico.
  • Os pacientes com doenças intestinais inflamatórias, trânsito gastrintestinal acelerado e diarreia devem utilizar o Pyverm com mais cautela e cuidado.
  • É essencial o médico especialista explicar para o paciente os efeitos da profilaxia da parasitose.
  • Por causa da baixa absorção do embonato de pirvínio pelo trato gastrintestinal, o medicamento pode ser utilizado por mulheres gestantes e que estão amamentante, além de idosos, porém com uma observação e orientação médica bem próxima.

Posso usar durante a gravidez o Pyverm?

Por causa da baixa absorção do embonato de pirvínio pelo trato gastrintestinal, o medicamento pode ser utilizado por mulheres que estão em estado de gravidez, sem qualquer tipo de ação reversa. Porém, é essencial que ocorra uma observação próxima do médico especialista.

Efeitos colaterais do Pyverm

Devido a sua composição, o medicamento é muito bem tolerado e aceito pelo organismo humano, causando poucos casos de reações adversas. Porém, quando acontece, os efeitos colaterais mais comuns são náusea, vômito, cólica gastrintestinal e diarreia, porém com efeito rápido e leve.

Segundo uma informação presente em sua bula, o ingrediente embonato de pirvínio faz com que a coloração das fezes dos pacientes fique avermelhada durante o tratamento.

Caso acontece qualquer efeito colateral de forma mais severa, é importante buscar ajuda com médico especialista e informar a ANVISA.

Contraindicação do Pyverm

A única contraindicação do medicamento é:

  • Proibido o uso do medicamento para pacientes que possuem hipersensibilidade, alergia ou qualquer outro problema que pode ser causado pelos componentes da formulação, principalmente o embonato de pirvínio.

Superdosagem

Por causa da baixa absorção do embonato de pirvínio pelo trato gastrointestinal, a alta ingestão de doses do fármaco não será uma situação para denominar de superdosagem.

Ultrapassar o limite de dose recomendada pelo médico poderá causar alguns sintomas como náuseas, vômitos, dor abdominal e diarreias.

Porém, caso aconteça esse excesso, procure orientação médica para confirmar que seu organismo não está em perigo.

Interação Medicamentosa do Pyverm

O Pyverm possui ação de interação com outros medicamentos nas seguintes situações:

  • Utilizá-lo junto com estimulantes da motilidade gastrintestinal, laxativos, catárticos e emolientes poderá diminuir o tempo de ação e presença do embonato de pirvínio no organismo, interferindo, diretamente, no tratamento.

Preço do Pyverm

O medicamento é comercializado nas principais farmácias populares do Brasil, podendo ser adquirido sem receita médica.

O frasco contendo 40mL de suspensão oral tem o preço variante de R$20 a R$25.

O a embalagem com 6 comprimidos revestidos tem o preço variante de R$20 a R$25.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...