Nimesilam


Algumas condições que o organismo humano é exposto podem gerar diversos problemas, colocando em comprometimento ações diárias simples das pessoas. Pode ser uma dor insuportável, uma infecção causada por um vírus ou, até mesmo, uma simples febre que deixa o corpo cansado e com fadiga. Todas essas situações causam extremas irritações nos seres humanos.

Com isso, alguns tratamentos, normalmente utilizando um medicamento a base de gotas ou comprimido, surgiram, conseguindo auxiliar, diretamente, no dia a dia das pessoas, alcançando a cura dos problemas com rapidez.

Assim, um dos medicamentos mais utilizados por médicos em seus pacientes, que possuam algumas das condições citadas inicialmente, é o eficiente Nimesilam, que tem em sua formulação o componente Nimesulida, que consiste com uma essencial ação, direta e efetiva, no organismo humano.

Com isso, hoje, iremos abordar detalhes importantes presentes na bula do remédio, além de algumas dicas de uso e advertências.

Composição

Gotas

Cada um mL de Nimesilam suspensão oral, que possui 21 gotas em sua quantidade, contém:

  • 50 mg de Nimesulida

Além disso, completam a composição, como excipientes, os seguintes componentes: carmelose sódica + celulose microcristalina, silicato de alumínio e magnésio, simeticona, sacarina sódica, benzoato de sódio, ciclamato sódico, propilparabeno, metilparabeno, glicerol, essência de framboesa, óleo de rícino hidrogenado etoxilado, álcool etílico, ácido cítrico, água purificada.

Comprimido

Cada um comprimido de Nimesilam contém:

  • 100 mg de Nimesulida

Além disso, completam a composição, como excipientes, os seguintes componentes: croscarmelose sódica, celulose microcristalina, estearato de magnésio, povidona, laurilsulfato de sódio, lactose monoidratada e álcool etílico.

Para que Serve o Nimesilam

Nimesilam

O medicamento, principalmente pela ação do seu princípio ativo, a Nimesulida, é indicado para o tratamento de diversas condições que necessitam de ações anti-inflamatórias, para combater uma inflamação, analgésicas, para amenizar a dor de alguma região corporal, e antipiréticas, para cuidar da febre em diversos níveis.

As principais situações que os médicos indicam a utilização do remédio para seus pacientes são:

  • Estado de febre com a mucosas respiratórias inflamadas, principalmente com dor na região.
  • Dor na cabeça.
  • Infecção nos agudos do ouvido e das vias aéreas, como otite média, sinusite, rinofaringite, amigdalite, laringite, bronquites e outras.
  • Estado de dor após uma opção das vias aéreas.
  • Fraturas, contusões e entorses.
  • Trauma nas articulações e lesões no ligamentos.
  • Tendinites.
  • Dores nas regiões da cervical, coluna, lombar e no pescoço.
  • Mialgias.

Mesmo sabendo os benefícios do medicamento e indicação de utilização da Nimesulida, é recomendado buscar orientação de um médico especialista antes de dar início ao tratamento com o remédio.

Nimesilam serve para dor de dente

Sim, por possuir Nimesulida em sua composição, o medicamento Nimesilam pode ser utilizado em casos de inflamações nos dentes, que irão causar dor na região.

Nimesilam serve para dor de cabeça

Como citado no tópico anterior, do “Para que Serve o Nimesilam”, o medicamento pode, sim, ser utilizado para amenizar, e até curar, a dor de cabeça nos pacientes, principalmente pela ação efetiva que a Nimesulida terá no organismo.

Nimesilam serve para dor de garganta

Sim, tanto em casos de inflamações, como em de dores na garganta, principalmente com presença de mucosa e/ou febre, o medicamento pode ser utilizado para amenizá-las nos pacientes.

Ação do medicamento

A ação do medicamento está diretamente interligada a presença da Nimesulida em sua composição. O componente apresenta propriedades totalmente efetivas para fazer o combate de inflamações, a dores e febre, além do remédio com uma atividade anti- inflamatória que constrói diversos mecanismos.

Já dentro do organismo, a principal ação da Nimesulida é o combate à uma perigosa enzima de nome cicloxigenase, que ajuda na produção de prostaglandina, uma substância que ajuda no aparecimento das dores excessiva e da inflamação, que, no caso, os pacientes estão sofrendo naquela situação e buscaram o tratamento.

Após a ingestão das gotas ou comprimido de Nimesilam, a ação da Nimesulida dentro do organismo tem efeito positivo em cerca de 15 minutos, apresentando os primeiros sintomas para aliviar a dor presente. Em casos de pacientes com febre, a ação demora cerca de 1 a 2 horas para dar uma reposta.

Como tomar o Nimesilam

A ingestão é feita de forma oral, tanto dos comprimidos, como das gotas da suspensão. A utilização das doses citadas a seguir só é recomendada sobre orientação de um médico especialista.

Nimesilam comprimidos

Os comprimidos devem ser ingeridos depois das principais refeições do dia, junto a um copo de água. O tempo máximo para os sintomas terem melhoras é de uma semana, caso isso não aconteça, procure um médico com urgência.

Doses de comprimidos para crianças com idade acima de 12 anos e adultos:

A dose recomendada é de meio ou um comprimido, 50 a 100 mg de Nimesulida, duas vezes ao dia.

O limite máximo de ingestão é de 400 mg de Nimesulida por dia, ou seja, quatro comprimidos. Após isso, já pode ser considerado superdosagem.

Nimesilam gotas

A suspensão oral deve ser ingerida depois das principais refeições do dia. O tempo máximo para os sintomas terem melhoras é de uma semana, caso isso não aconteça, procure um médico com urgência. É necessário agitar o frasco antes da utilização.

Doses de das gotas para crianças com idade acima de 12 anos e adultos:

Acrescentar uma gota, que equivale a 2,38 mg de Nimesulida, a cada um kg do peso atual. A dose deve ser feita duas vezes ao dia. Ela deve ser feita diretamente na boca, e pode ser diluída em água antes da ingestão.

A dosagem máxima é de 84 gotas durante um dia. Ultrapassando isso, já pode ser detectado como superdosagem.

Caso esquece de tomar a dose, tanto da suspensão oral, tanto dos comprimidos, tome assim que relembrar. Porém, se lembrar próximo a próxima dose, então pule a esquecida e mantenha a programação indicada pelo seu médico.

Precauções

Como todo o medicamento, o Nimesilam possui algumas precauções e advertências a serem seguidas antes dos pacientes iniciarem o tratamento com ele. São elas:

  • O produto deve ser utilizado com cautela por pacientes que já tiveram casos de hemorragia e/ou afecções do trato gastrintestinal superior.
  • Pacientes que estejam utilizando anticoagulantes e/ou outros medicamento que sejam inibidores de agregação plaquetária devem ter cuidado ao fazer a ingestão de Nimesulida.
  • Pacientes que tenham problemas em sua funcionalidade renal, e estão iniciando o tratamento, devem ter dose do medicamento reduzida.
  • Pacientes que possuem alterações visuais causadas pela utilização de qualquer medicamento anti-inflamatório não esteroide, não devem utilizar Nimesilam.
  • Caso o paciente que esteja em tratamento tiver problemas visuais, a ingestão deve ser interrompida e é necessário buscar um médico especialista.
  • Não é recomendado a ingestão de Nimesulida por mulheres que estão em estado de gravidez ou amamentando.
  • O Nimesilam não deve ser utilizado com outros medicamentos que contenham álcool  ou substâncias que irritam a mucosa gástrica.
  • Pode ocorrer hemorragia gastrintestinal ao utilizar o Nimesilam junto a remédios anticoagulantes ou com inibidores da agregação plaquetária.

Uso em Crianças e  Adolescentes

O componentes Nimesulida, presente no medicamento Nimesilam, não deve ser ingerido por pacientes com idade menor de que 12 anos.

O uso em crianças causa graves reações, incluindo até mesmo o grave Síndrome de Reye, que afeta diretamente o cérebro e fígado.

Adolescentes com sintomas de infecção viral não devem utilizar nenhum medicamento que contenham Nimesulida em sua composição, pois pode surtir reações negativas.

Uso em idosos

Os pacientes idosos devem ter muito cuidado com o uso do Nimesilam, por ele ser um anti-inflamatórios não esteroide, e as seguintes reações adversas podem ser causadas: hemorragia, perfuração gastrintestinal e alteração das funções dos rins, do coração e do fígado.

Não é recomendado que idosos ingiram Nimesulida por bastante tempo. Caso necessário, com um longo tratamento, é importante a observação médica seja próxima e recorrente.

Uso em pacientes com asma

O organismo dos pacientes com asma, normalmente, reagem bem a ingestão do componente Nimesulida. Porém, em casos raros, existe a possibilidade de estreitamento dos brônquios, causando uma extrema dificuldade na respiração.

Contra-indicações de Nimesilam

Como todo o medicamento, o Nimesilam possui algumas contraindicações a serem seguidas pelos pacientes que pretendem dar início ao tratamento, assim, não colocando sua saúde e vida em risco. São elas:

  • Pacientes que tenha hipersensibilidade, alergia ou qualquer outro problema que pode ser causada com a ingestão de Nimesulida, ou qualquer outro componente presente na formulação do medicamento.
  • Pacientes que tenham histórico de reações adversas causadas pelo uso de anti-inflamatórios não-esteroides.
  • O seu uso é totalmente proibido em pessoas que possuam pirose, gastrite, esofagite, hérnia de hiato, úlcera péptica, qualquer tipo de hemorragia gastrintestinal e disfunção hepática ou renal em nível elevado.

Efeitos colaterais do Nimesilam

Os efeitos colaterais com o uso do Nimesilam são divididos em raridade que elas podem acontecer.

Reações comuns que a Nimesulida causa:

  • Diarreia.
  • Enjoos seguidos de vômito.

Reações incomuns que a Nimesulida causa:

  • Coceira e vermelhidão na pele
  • Suor em excesso
  • Intestino preso, seguido de gases e gastrite
  • Tontura e vertigens
  • Hipertensão
  • Surgimento de edema

Reações raras que a Nimesulida causa:

  • Inflamação, inchaço e vermelhidão em excesso na pele
  • Pesadelos frequentes
  • Ansiedade e nervosismo
  • Problemas de visão
  • Hemorragia
  • Calores corporais
  • Dor e dificuldade ao urinar, além de surgir sangramentos junto ao líquido
  • Anemia, eosinofilia e hipercalemia
  • Fraqueza corporal, seguida de mal-estar

Reações bastante raras que a Nimesulida causa:

  • Urticária
  • Edema abaixo da pele e no rosto
  • Eritema multiforme
  • Síndrome de Stevens-Johnson
  • Morte de áreas da pele
  • Dor abdominal, junto de indigestão
  • Inflamação na boca
  • Presença de sangue nas fezes com sangue
  • feridas no estômago e/ou intestino
  • Hemorragia gastrintestinal grave
  • Dor de cabeça)
  • Sonolência
  • Síndrome de Reye
  • Distúrbios visuais graves
  • Vertigem (tontura com sensação de que as coisas estão rodando)
  • Parada de funcionamento  e inflamação dos rins
  • Diminuição no volume da urina
  • Presença de manchas roxas de sangue na pele
  • Pancitopenia e trombocitopenia
  • Hipotermia

Em caso de algum das reações citada anteriormente, procure um médico especialista e informe a ANVISA.

Preço do Nimesilam e onde comprar

Os pacientes podem encontrar o medicamento sendo comercializado nas principais farmácias populares.

A embalagem com 12 comprimidos é comercializada por um preço variante de R$14 a R$20.

O frasco com 15 ml de composição oral é comercializada por um preço variante de R$15 a R$20.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...