Hemorroida Externa – Tipos de Tratamento e Como Se Curar de Vez!


A hemorroida externa chama-se assim porque ela é uma inflamação na veia do canal anal que fica exposta para fora do ânus. Esse é um tipo de hemorroida que é muito fácil de ser identificado, normalmente o próprio paciente consegue fazer esse diagnóstico.

Apesar de ser um problema relativamente simples de ser resolvido, o constrangimento que há em torno dele evita que o paciente procure o médico com urgência. Não tenha vergonha se identificar que está com hemorroida externa.

Esse é um problema muito mais comum do que você imagina e não deve ser motivo de acanhamento. A procura por um médico logo no início ajudará que o tratamento seja mais efetivo e que os transtornos causados pela hemorroida externa sejam eliminados mais rapidamente.

Não adianta esperar o tempo fazer com que a hemorroida melhore ou desinflame. Se você empurrar esse tipo de coisa com a barriga, ela pode se agravar e o tratamento será muito mais agressivo e até doloroso.

Sintomas da hemorroida externa

Os sintomas da hemorroida externa costumam aparecer um de cada vez, nem sempre o paciente apresenta todos os tipos. Por isso fique atento para qualquer tipo de alteração na região anal. Veja se consegue reconhecer alguns dos sintomas abaixo:

  • Saliência no ânus – pode ser algo como um nódulo dolorido ou uma fissura;
  • Coceira no ânus
  • Sangue nas fezes e presença de vermelhidão no papel higiênico
  • Dificuldade para defecar, tendo que fazer um grande esforço para conseguir
  • Surgimento de líquido esbranquiçado no ânus
  • Presença de dor ao eliminar as fezes ou incômodo para realizar atividades comuns como realizar exercícios ou sentar

Pode ser que a aparição de um desses sintomas não tenha nada a ver com a hemorroida externa, mas se ele for constante e causar incômodo você não deve pensar duas vezes antes de procurar um especialista.

Causa da hemorroida externa

Não existe uma causa única para a hemorroida externa, no entanto, alguns pesquisadores perceberam que alguns fatores contribuem para a aparição do problema.

Os motivos podem ser variados, desde gravidez, obstipação, idade, diarreia e estar sentado por muito tempo. Percebeu-se também que esse é um problema muito comum em pessoas que tem prisão de ventre e precisam fazer muito esforço na hora de defecar.

Algumas pessoas acreditam que o consumo frequente de pimenta também é uma das causas. Nada, porém, é confirmado cientificamente, a maior parte disso é especulação.

O que se pode afirmar é que na hemorroida externa (e na interna também) os vasos sanguíneos acabam se dilatando por causa de um estiramento nos tecidos da região anal. Por suas paredes ficarem finas a inflamação pode causar sangramento.

Cirurgia para tratamento da hemorroida externa

Essa é uma opção de tratamento que só é indicada nos casos mais graves de hemorroida externa. Antes de aconselhar algo assim o médico tenta métodos menos agressivos como o uso de pomadas, banhos de assento e mudança de alimentação.

A cirurgia é a melhor opção no caso da hemorroida ficar presa no ânus ou se romper. Se isso acontecer a operação não só precisa ser feita, mas precisa ser realizada com urgência para evitar complicações.

Mesmo depois da operação o paciente deverá manter alguns cuidados como ter uma dieta que seja rica em fibras e evitar fazer esforço na hora de defecar.

Tratamentos para hemorroida externa

hemorróidas externas

O tipo de tratamento indicado pelo médico vai variar de acordo com a gravidade do que está sendo apresentado. As vezes, além de testes físicos, será necessário fazer alguns exames para comprovar.

Após a comprovação da gravidade da hemorroida externa é hora da indicação do melhor tratamento. Veja abaixo quais deles podem ser:

Pomadas para hemorroidas

As pomadas costumam ser bem eficazes no tratamento de hemorroidas externas. Elas são indicadas por médicos especialistas porque conseguem diminuir a inflamação e aliviam a dor.

A aplicação da pomada para o tratamento da hemorroida externa precisa ser feita na parte externa do ânus, em forma de uma massagem delicada até que ela seja absorvida completamente pelo organismo.

Normalmente é aconselhado que o procedimento seja realizado até 3 vezes por dia – de acordo com a gravidade da hemorroida.

Entre as pomadas mais comuns para esse tipo de tratamento estão a Proctosan, a Imescard e a Ultraproct, mas também é possível fazer uma pomada caseira.

Um bom exemplo de pomada caseira é a pomada hanamélis. Ela é feita com 30 ml de parafina liquida que precisa ser fervida e misturada a 2 colheres de sopa de casca de hanamélis. Depois de 5 minutos você vai precisar acrescentar 30 ml de glicerina, misturar e leva-la para a geladeira – pronta para uso!

Banho de assento com água morna

Essa é uma forma caseira para o tratamento da hemorroida externa. O banho de assento ajuda aliviar a dor e o inchaço e é bem simples de ser feito.  Você vai precisar de:

  • 3 gotas de óleo essencial de limão
  • 1 colher de sopa de hamamélis
  • 1 colher de sopa de cipreste
  • 3 gotas de óleo essencial de alfazema
  • 2 litros de água fervente

Você vai precisar colocar todos os ingredientes em uma bacia e deixar amornar. Coe e sente-se na bacia por cerca de 20 minutos. O banho pode ser feito até 4 vezes por dia.

Analgésicos e anti-inflamatórios

Alguns medicamentos podem ser indicados para aliviar os sintomas da hemorroida externa e costumam ter ótimos resultados. Os mais utilizados são o Ibuprofeno e o Paracetamol. Com o tratamento é possível que a hemorroida suma em até 3 dias.

A preocupação nesse caso é seguir à risca a recomendação médica. Não deixe de tomar os remédios imediatamente após o desaparecimento dos sintomas. Só faça isso com pelo menos 48 horas – isso evita que a hemorroida externa retorno.

Dieta de fibras e água

Passar a se alimentar com muitas fibras e tomar a quantidade recomendada de água por dia (2 litros) ajuda a regular o trânsito do intestino, amolecer as fezes e evitar o esforço na hora de defecar. Isso evita o aparecimento de hemorroidas externas novas e ajuda a desinchar as que já estão presentes.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (15 votes, average: 3,87 out of 5)
Loading...