Enxaqueca com aura


A enxaqueca com aura é uma doença que se caracteriza por crises seguidas de enxaqueca com efeitos visuais e sensitivos e se caracteriza por duas fases distintas: A fase de aura (chamada aura de enxaqueca) e a dor de cabeça propriamente dita.

A fase da aura ocorre antes da fase da dor de cabeça e dura cerca de 15 a 20 minutos. A fase após a dor de cabeça é conhecida como a fase da resolução, é caracterizada pela dormência muscular, intolerância a alimentos, fadiga, dificuldade de concentração. Essa ainda é uma fase pouco estuda, mas acredita-se que tudo isso ocorra porque o organismo está se recuperando da crise que passou. A enxaqueca com aura é uma doença que não tem cura. Mas apresenta alguns sintomas característicos, como:

  • Barulhos no ouvido
  • Dificuldade na hora de falar
  • Sensibilidade à luz
  • Fadiga
  • Aumento da micção
  • Vômitos, náuseas, e perda de apetite
  • Tontura
  • Dificuldade para realizar movimentos com os olhos
  • Manchas brilhantes, visão borrada
  • Transpiração excessiva
  • Formigamento em várias regiões do corpo como cabeça, lábios, língua, braços, mãos ou pés
  • Alucinações como, por exemplo, sensação de estar caindo

CAUSAS DA ENXAQUECA COM AURA

Os motivos pelos quais a enxaqueca com aura acontece, ainda não estão muito esclarecidos, mas sabe-se que ela está totalmente relacionada com o estreitamento dos vasos sanguíneos da cabeça. Isso faz com que pessoas que apresentem quadros de enxaqueca com aura sejam mais propensas a desenvolver risco de AVC.

Enxaqueca com aura

FATORES QUE FAVORECEM O APARECIMENTO

Alguns alimentos do dia a dia podem favorecer o aparecimento da enxaqueca, como por exemplo:


  • Queijos amarelos envelhecidos
  • Frutas cítricas (principalmente laranja, limão, abacaxi e pêssego)
  • Linguiças, salsichas e alimentos de coloração avermelhada, em conserva
  • Frituras e gorduras
  • Chocolates
  • Café, chás e refrigerantes à base de cola
  • Bebidas alcoólicas como vinho, cervejas e chope.

Hábitos de saúde também podem interferir, como ficar mais de 5 horas sem se alimentar, ou dormir mais ou menos que de costume. Mudanças bruscas de temperatura também podem interferir, como por exemplo, entrar diretamente em ambiente muito frio estando em um lugar muito quente.

Mulheres também estão mais predispostas a apresentar enxaqueca com aura, por conta da maior variação hormonal, seja por conta de menstruação ou ao chegar a menopausa com a reposição hormonal.

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico da enxaqueca com aura é bastante simples, e bem clínico, o médico começa realizando perguntas básicas, relacionadas diretamente aos sintomas.

Se o médico quiser realmente ter certeza se é realmente enxaqueca com aura ele poderá pedir alguns exames físicos e neurológicos. Pode ainda vir com solicitações de exame de sangue, tomografia e raio-x.

TRATAMENTO

Como dito anteriormente a enxaqueca com aura não possui cura, o que se deve fazer é fazer uso de alguns analgésicos como paracetamol ou AAS, ou ainda alguns mais fortes como cloridrato de sumatriptana ou com prescrição médica fazer uso de cloridrato de propranolol.

ETAPA PÓS-TRATAMENTO

É importante lembrar que as crises de enxaqueca com aura acontecerão como sempre, mas durante a crise é importante que a pessoa tome o medicamento imediatamente. O paciente pode contar com ajuda de compressas quentes ou frias, colocando-as diretamente sobre a cabeça, é importante descansar em local silencioso e escuro, manter a ingestão de água constante e ter uma alimentação leve.

Alguns hábitos podem ser importantes para prevenir o aparecimento da enxaqueca com aura, como por exemplo, escrever em um caderno os dias em que ocorreram as crises de enxaqueca e quais os sintomas sentidos, inclua ainda nesse caderno os alimentos que ingeriu no dia, e que atividades realizou durante o dia. Evitar alimentos gordurosos, desencadeantes da enxaqueca além de evitar ficar muito ansioso e estressado.

ENXAQUECA COM AURA NA GRAVIDEZ

A enxaqueca com aura na mulher na grávida reduz os níveis do hormônio estrogênio, esse hormônio permite a dilatação dos vasos sanguíneos e previne a dor de cabeça.

Entretanto, se a mulher apresentar crises constantes de enxaqueca com aura durante a gravidez é aconselhado que ela procure imediatamente um ginecologista para iniciar o tratamento adequado, sendo ele com reposição hormonal.

Cada crise de enxaqueca com aura deve ser anotada, e contada ao médico, assim o diagnóstico será mais preciso, e o tratamento começará rapidamente e de forma correta. O ideal é seguir com aconselhamento médico, e realizar todas as ações de tratamento indicadas pelo médico.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (1 votes, average: 4,00 out of 5)
Loading...