Diprogenta


As inflamações e afecções de pele podem ser um grande problema, causando um grande desconforto em que é afetado por elas. Para isso existe Diprogenta que combina duas substância poderosas para o tratamento de infecções e inflações. Para saber mais sobre esse produto, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber.

Para que serve a pomada Diprogenta (indicação)

Diprogenta é um medicamento que serve para promover o alívio de inflamações associadas às doenças de pele que são sensíveis aos corticoides que estão complicadas por infecção ocasionada por bactérias sensíveis à gentamicina ou até mesmo para a suspeita dessas infecções.

Essas doenças podem incluir a dermatite alérgica de contato (eczema), psoríase, dermatite atópica, líquen plano, líquen simples crônico, intertigo eritematoso, dermatite solar, dermatite esfoliativa e prurido na região genital e no ânus.

Como funciona o Diprogenta

Esse produto é um creme dermatológico que possui ação antibacteriana e anti-inflamatória, que apresentam um início rápido e efeito prolongado, sendo possível aplicar 2 vezes ao dia.

O dipropionato de betametasona, presente na fórmula de Diprogenta nada mais é do que um agente corticosteroide que possui um grande poder anti-inflamatório enquanto a gentamicina é um antibiótico que atua sobre várias bactérias.

Como usar a pomada Diprogenta

Pomada Diprogenta


Antes do uso é recomendado bater a bisnaga levemente em uma superfície plana e macia, na posição com a tampa para cima, a fim de que o conteúdo que o conteúdo vá para a parte inferior e não haja desperdício ao destapar a bisnaga.

Para utilização a posologia é de uma fina camada de diprogenta, abrangendo toda a área afetada, por duas vezes ao dia (manhã e noite).

Para alguns pacientes em tratamento de manutenção pode-se obter resultados com aplicações menos frequentes. Assim, o médico é quem irá determinar a frequência e a duração do tratamento.

Sempre siga as orientações do médico a sobre os horários, doses e duração do tratamento. Não suspenda o uso sem que haja conhecimento médico.

Composição do Diprogenta

Cada grama do creme Diprogenta contém:

dipropionato de betametasona* ………. 0,64mg

sulfato de gentamicina** …….. 1,61786mg

*equivalente a 0,5mg de betametasona

**equivalente a 1mg de gentamicina base

excipientes q.s.p…………… 1g (clorocresol, fosfato de sódio monobásico, ácido fosfórico, petrolato branco, petrolato líquido, éter cetílico polioxietileno, álcool cetoestearílico, hidróxido de sódio e água).

Contraindicação do Diprogenta

Esse medicamento é contraindicado para pacientes que apresentam hipersensibilidade (alergia) a quaisquer componentes de sua fórmula.

Ele também não é indicado para o tratamento de pacientes com infecções causadas por fungos, vírus e tuberculose de pele.

Diprogenta não deve ser utilizado para uso oftálmico (nos olhos).

É contraindicado para crianças menores de 2 anos de idade.

Precauções

O tratamento deve ser imediatamente interrompido caso o uso cause alguma reação alérgica.

Os efeitos indesejáveis causados pelo uso sistêmico de corticosteroides podem acontecer também com o uso tópico do mesmo, incluindo a supressão da glândula adrenal, especialmente em crianças.

A absorção dos corticosteroides pelo organismo é maior quando o produto é aplicado em uma extensa  área corporal ou em curativos oclusivos.

É preciso cautela nos tratamentos de uso prolongado.

Em grandes extensões do corpo, por tempo prolongado ou na quando há ruptura cutânea pode haver um aumento da absorção sistêmica da gentamicina, podendo gerar reações indesejáveis e toxicidade.

Assim como em todos os preparos com corticosteroides tópicos altamente ativos, o tratamento deve ser suspenso assim que o problema for controlado.

A utilização de antibióticos tópicos pode favorecer o crescimento e microrganismos resistentes, como fungos.

Em crianças a susceptibilidade pode ser maior à supressão da glândula adrenal do que em adultos, graças a proporção da área de superfície comparada com o peso.

Além disso, houve relatos de casos de sintomas vermelhidão facial, rosto inchado, aumento de peso, hipertensão intracraniana, que pode se manifestar por dores de cabeça, e retardo no crescimento.

Diprogenta na gravidez e amamentação

Esse medicamento só deve ser utilizado por mulheres grávidas quando os benefícios para a mãe superarem o potencial risco ao feto.

Esse produto não deve ser utilizado durante a gravidez sem que haja a devida orientação médica ou de um cirurgião-dentista. Sempre informe seu médico caso haja suspeita ou intenção de gravidez.

Não é sabido se a absorção sistêmica decorrente de uso tópico é suficiente para conter níveis detectáveis no leite materno. Por isso é preciso optar pelo tratamento ou pela amamentação, considerando a opinião da mãe.

Não deve-se utilizar medicamentos durante o aleitamento sem que o médico ou cirurgião-dentista tenham conhecimento, visto que podem ser excretados no leite materno e ter efeitos indesejáveis no bebê.

Efeitos colaterais do Diprogenta

Ademais dos efeitos necessários para o tratamento, esse medicamento ainda pode causar reações indesejáveis, como veremos a seguir:

Reações adversas incomuns:

  • Coceira
  • Vermelhidão na pele
  • Reação alérgica
  • Irritação cutânea (pele)
  • Infecção de pele
  • Atrofia da pele
  • inflamação na pele
  • Dilatação moderada de vasos sanguíneosda pele
  • Manchas arroxeadas na pele
  • Inflamação onde nascem pelos

Reações adversas raras:

  • Aumento de pelos
  • Estrias
  • Erupções parecidas com acne
  • Úlcera de pele
  • Urticária
  • Despigmentação da pele
  • Aumento da sensibilidade cutânea
  • Queda de pelos
  • Ressecamento da pele
  • Bolhas

Reações adversas de frequência desconhecida:

  • Dermatite perioral
  • Ardência (sensação de ardor)
  • Dermatite de contato

Em curativos oclusivos as reações mais frequentes são: atrofia da pele, infecção, estrias e maceração da pele.

Sempre informa ao médico, farmacêutico ou cirurgião-dentista caso apareças reações adversas.

Superdosagem do Diprogenta

Quando ocorre o uso excessivo ou prolongado de corticosteróides tópicos pode ocorrer a supressão da glândula adrenal, gerando a insuficiência da mesma e produzindo efeitos do excesso de hormônio corticoide.

Caso ocorra o uso de uma grande quantidade de diprogenta, principalmente por período prolongado, é importante procurar um médico para mais orientações.

Caso de uso de uma grande quantidade desse produto, procure o socorro médico levando consigo a embalagem ou a bula. Para mais orientações ligue par a0800 722 6001.

Interação do Diprogenta com outros remédios

Até o momento não foram relatadas interações medicamentosas importantes clinicamente, decorrentes do uso de diprogenta.

Sempre comunique ao médico se estiver fazendo uso de outros medicamentos, visto que pode haver interferência de um na ação do outro.

Armazenamento

Diprogenta creme dermatológico é um medicamento de uso tópico, adulto, que deve ser armazenado em temperatura ambiente, entre 15º e 30º ao abrigo de luz.

O número do lote, prazo de validade e data de fabricação podem ser encontrados na embalagem.

O produto deve ser armazenado em sua embalagem original e não deve ser usado se estiver fora do prazo de validade.

Esse produto é um creme de coloração branca, macio, homogêneo e sem grumos.

Antes de usar verifique o aspecto do produto e, caso ainda esteja no prazo de validade, mas apresente mudanças no aspecto físico, consulte o farmacêutico para saber se pode ser utilizado.

Todo e qualquer medicamento deve ser mantido fora do alcance de crianças.

Diprogenta Preço

Para comprar esse produto é necessária a apresentação de receita branca de duas vias e o seu preço pode variar de acordo com a região na qual você se encontra e o local escolhido para a compra, bem como se você vai comprar o produto referência ou o seu genérico, visto que a segunda opção costuma ser mais barata.

No entanto, na internet, a bisnaga com 30g do produto pode ser encontrada por preços entre R$ 30 e R$ 32 reais.

Diprogenta Genérico

Para comprar o genérico desse produto basta falar com o farmacêutico e solicitar pelo princípio ativo que compõem a fórmula de diprogenta, que é a combinação de Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina.

Pergunta dos leitores

Diprogenta serve para Foliculite?

Não existe nenhuma referência de que diprogenta seja indicada para o tratamento de foliculite. Mais do que isso, foliculite está listada entre uma das reações adversas decorrentes do uso desse medicamento.

Pronto, agora você já sabe mais sobre diprogenta, como tua, para que serve e como deve ser utilizada.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...