Comida japonesa engorda?


Uma das cozinhas que mais vem entrando no gosto dos brasileiros foi à japonesa, com milhares de restaurante apresentando rodízios fartos de sushi, temaki e outras apetitosas iguarias orientais prontas para o seu consumo. Porém, será que toda essa comida japonesa engorda?

Não se pode enganar e nem julgar muito a comida japonesa, pois, como todas as culinárias, apresentam um leque grande de opções para alimentação. Então, dependendo do alimento, do modo de preparo, dos ingredientes e das pitadas especiais de quem está preparando, a comida japonesa engorda e virá uma verdadeira bomba calórica.

Então não se pode enganar, achando que os alimentos naturais e com um modo de preparo sem muito fritura ou ingredientes pesados não iram interferir no seu peso e na sua dieta. A tão famosa comida japonesa, quando ingerida diariamente ou em grande quantidade, pode servir como um grande vilão para a sua alimentação saudável, mesmo você não percebendo.

O sódio como maior vilão

Muitos dos alimentos dessa culinária possuem o molho shoyu como tempero no modo de preparo, que possuiu um grande excesso de sódio, se transformando em um dos maiores vilões que criam o pensamento de que a comida japonesa engorda as pessoas, mesmo não sendo uma gordura de fato. Como comparação, uma colher cheia de molho de shoyu possuiu em média 500 a 550 miligramas de sódio.

O sódio no corpo aumenta a retenção de liquida, mesmo que temporariamente, deixando a sensação de inchaço na pessoa. Mesmo não sendo gordura, irá deixar a pessoa com uma sensação estranha e desconfortável. Caso a pessoa tenha problemas com os rins, não conseguindo liberar o liquido do corpo corretamente, algum tipo de vulnerabilidade ao sódio ou ingere em grande quantidade de uma só vez, pode-se aumentar a temporariedade do inchaço ou ocorrer situações piores, como edemas e hipertensão.

Molho shouy, ou outros molhos a base de soja e algas são os alimentos que mais possuem sódio, e são os que mais aparecem no modo de preparo ou como tempero, interferindo assim no beneficio que alimentos como o sushi ou temaki traria para a saúde e agregaria a sua dieta.


O problema é só o sódio? Não

Mesmo o sódio sendo conhecido, e indicado, como um dos principais fatos da comida japonesa engorda a pessoa que consome, existe outras substâncias, fatores, temperos e iguarias da culinária que também interferem.

Os alimentos que necessitam de fritura, como o suculento tempurá, levam um preparo banhado a óleo, o que aumenta muito seu índice de gordura e calorias. A ingestão do tempurá, junto a outras comidas japonesas numa mesma refeição, pode dificultar muito a digestão, assim levando ao aumento de peso. Grelhados também não são uma pedida para quem não quer ganhar peso com comida japonesa, pois, como as frituras, também possuem alto nível de gordura e calorias.

Os alimentos processados, principalmente o arroz branco que vem como prato principal ou dentro dos sushis, perdem, totalmente, componentes importantes do alimento como minerais e fibras. Esses alimentos contêm níveis altos de açúcar, além do sódio, citado anteriormente, e atrapalham muito na digestão, mostrando mais uma vez que a comida japonesa engorda pelo seu modo de preparo também.

Outra pegadinha, se assim podemos dizer, que a cozinha japonesa prega nos seus adoradores é o fato dos seus alimentos principais, principalmente os alimentos que não são cozidos ou naturais, possuem pouquíssimas calorias, assim dando a entender que podemos consumir sem medo, porém não é bem assim que funciona. O corpo humano necessita de um limite de calorias por dia, caso esse limite seja ultrapassado, a pessoa irá engordar. Então, ao comer de pouco em pouco, esse limite vai sendo alcançado e ultrapassado.

Os alimentos que prejudicam sua dieta

Logicamente, o sódio, frituras e outros elementos que agregam na opinião de que a comida japonesa engorda, são bases para seguir e tentar fugir dessa culinária, porém nem sempre você irá conseguir descobrir se certo alimento possui um índice alto de sódio ou muita fritura, por isso abaixo serão listados os alimentos que mais possuem algum tipo de elemento que pode atrapalhar na sua dieta.

Comida japonesa engorda

  • Tempurá, como já citado anteriormente, mesmo com sua base de vegetais e frutos do mar, o seu modo de preparo, sendo empanado e fritado, gera um alto nível de calorias por unidade.
  • Guioza leva com ele carne, frango, cebolas e molho shoyu, além de ser empanada a base de farinha de trigo, sendo uma bomba calórica.
  • Arroz a moda japonesa é altamente processado, trazendo com ele sódio e açúcar. Esse arroz é presente em sushi e temaki, fazendo eles alimentos que podem atrapalhar na sua dieta.
  • Molho shoyu é um dos ingredientes que mais possuem sódio em seu modo de preparo.
  • Saquê mesmo sendo uma bebida com poucas calorias, não é recomendada, pelo fato de ser uma bebida alcoólica.

E claro, não podendo esquecer outros empanados e frituras não citados nessa lista, como o tepan ou hot rool, que são deliciosas bombas calóricas que irão atrapalhar bastante sua dieta.

Mas eu não posso comer? Sim, você pode!

Apesar de todas as causas que levam a pessoa a engordar, ou se sentir inchada, com a comida japonesa, ainda é possível ter uma alimentação saudável mantendo uma dieta diante dessa cozinha.

Existem diversos alimentos fortes em fibra na culinária japonesa, entre eles temos o edamame que serve como um ótimo prato para entrada, pois a fibra faz você ficar satisfeito mais rápido, assim criando a sensação de barriga cheia.

Os vegetais também estão bem presentes em muitos pratos, focar na sua alimentação, fugindo deles em frituras, empanados ou grelhados, pois transformam sua alimentação em algo extremamente saudável. Proteína magra, principalmente peixes, junto aos vegetais, também é uma ótima pedida para fugir das comidas japonesas que engordam.

Fugir de acompanhamentos como o molho shoyu e cream cheese é recomendado, pois, mesmo eles sendo apetitosos, acabam destruindo tudo de saudável que o alimento poderá trazer.

A comida japonesa engorda, quando você abusa ou não aproveita o melhor que ela pode proporcionar, igualmente muitas outras culinárias.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...