Benzobromarona


A polineuropatia nada mais é do que um distúrbio concomitante de diversos nervos periféricos do nosso organismo. Os casos de neuropatia podem ser crônicos ou agudos, de desenvolvimento gradativo. quando essa neuropatia é associada ao diabetes ou ao consumo de álcool, temos a Benzobromarona para ajudar a tratar.

Então, para saber um pouco mais sobre esse medicamento, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre ele. Vamos lá?!

Para que serve o benzobromarona

Benzobromarona é um medicamento que serve para o tratamento de polineiropatias sintomáticas quando associadas ao diabetes e/ou ao consumo de bebidas alcoólicas em excesso que se apresentem em sensação de formigamento nas pernas e dores que ocorrem em pacientes alcoólicos e diabéticos, respectivamente.

Benzobromarona é um pró-fármaco da Vitamina B (tiamina) que nada mais é do que uma substância essencial que tem um importante papel nos processos metabólicos do nosso organismo.

A benfotiamina é que ajuda na prevenção de consequências que causem danos aos níveis aumentados de glicose em pacientes diabéticos, evitando que ocorra o acúmulo de substâncias tóxicas e também diminuindo os sintomas principais da polineuropatias diabéticas, tais como do e formigamento nas pernas, sendo também benéfico para polineiropatia alcoólica.

Como funciona o benzobromarona

benzobromarona


A Benzobromarona atua inibindo a reabsorção no túbulo renal proximal, reduzindo de forma rápida e segura os valores séricos elevados do ácido úrico.

Com isso, em poucos dias é possível obter concentrações fisiológicas estáveis na urina e no plasma, permanecendo assim, estáveis.

Quanto ao depósito pré-existente de ácido úrico nos tecidos conjuntivos e nas articulações tendem a regredir, evitando que nova deposições aconteçam.

O esperado é que as crises de gota tornem-se raras e até mesmo desapareçam logo após a eliminação dos tofos.

Nos casos de hiperuricemia assintomática, o tratamento precoce com Benzobromarona pode evitar o surgimento de sequelas tardias, tais como rim gotoso e a gota mesmo.

Benzobromarona é bastante bem tolerado e indicado para a realização de terapias a longo prazo.

Como usar o benzobromarona

O uso de Benzobromarona é bem simples.

O indicado é tomar um comprimido pela manha, logo após o desjejum. Normalmente, essa posologia já é suficiente para normalizar a uricemia em apenas 6 a 8 dias.

Caso seja necessária uma ação mais rápida, é possível iniciar a administração com a posologia de 2 comprimidos por dia, juntos, logo após os desjejum.

Os comprimidos de Benzobromarona são sulcados, de maneira a permitir a obtenção de uma dose de 50 mg quando essas se fizerem necessárias.

Durante os primeiros dia de tratamento com Benzobromarona, é recomendável que se observe as precauções de praxe para evitar o surgimento de uma crise aguda de gota, que é sempre possível no início de terapias hiporicemiantes.

Narcaricina, que combina a Benzobromarona com alopurinol é outro medicamento extremamente eficiente para o tratamento da gota pois controla os níveis de ácido úrico no sague.

Composição

Cada comprimido de Benzobromarona contém:

Benzobromarona …… 10mg

excipiente q.s.p. 1 comprimido

Efeitos Colaterais

Assim como qualquer outro medicamento, Benzobromarona também pode apresentar efeitos colaterais.

Entretanto, são leves, tal como a diarreia, que pode ocorrer ocasionalmente e se normaliza assim que o tratamento for interrompido ou com o uso de uma medicação corretiva.

No fígado, foram relatados alguns casos de hepatite grave, inclusive fatais ou com a necessidade de transplante.

Advertências e Precauções

O uso de Benzobromarona deve ser feito com cuidado em pacientes que possuem função renal alterada.

Da mesma maneira que com os demais uricosúrios, o tratamento com esse medicamento não deve ter início durante um ataque agudo de gota.

É recomendável que se mantenha uma diurese que seja suficiente e também alcalinizar a urina, principalmente para pacientes com cálculo renal.

Benzobromarona não deve ser utilizado sem que haja orientação médica.

Não deve ser utilizado por pessoas que apresentem hipersensibilidade as substâncias que compõem esse produto.

Em caso de reação de hipersensibilidade, o uso de Benzobromarona deve ser descontinuado e um médio deverá ser consultado imediatamente.

Nunca deve ser consumido quando fora do prazo de validade.

Deve ser mantido em temperatura ambiente, entre 15º e 30ºC, ao abrigo da luz, umidade e calor. com isso, Benzobromarona irá se manter próprio para consumo, respeitando a validade indicada na embalagem.

Não existem estudos suficientes, bem controlados ou adequados para o uso desse medicamento, durante a gravidez, por isso ele não é recomendado para gestantes. O mesmo vale para lactantes no período do aleitamento.

Todo e qualquer medicamento deve ser mantido fora do alcance de crianças, inclusive este.

Benzobromarona não deve ser utilizado por pacientes menores de 18 anos, a não ser que haja recomendação médica.

Esse remédio não deve ser mastigado ou partido para ser ingerido.

É fundamental seguir corretamente as instruções de uso e caso os sintomas não desapareçam, o médico deve ser consultado.

Caso os sintomas persistam, o médico deverá ser consultado.

Preço do benzobromarona

O preço de Benzobromarona vai depender da região e do local que você escolher para compra-lo.

Entretanto, a média de preço de Benzobromarona é de R$ 32 reais.

Pergunta dos leitores

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Antes de iniciar o uso de Benzobromarona é fundamental falar com o médico responsável, relatando se já possui algum problema de rins, se já faz uso de algum outro medicamento ou se teve uma crise aguda de gota recentemente.

 

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre Benzobromarona, como funciona, seu preço, contraindicações se etc.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (8 votes, average: 4,25 out of 5)
Loading...