Sapinho na boca: O que é, sintomas e tratamento


Provavelmente você já ouviu falar que o beijo pode causar sapinho na boca, mas você sabe o que é esse problema? Resolvemos te mostrar o que é o sapinho na boca, quais são as suas causas e as formas de tratamento.

O que muita gente não sabe é que esse é um problema causado pro uma infecção da orofaringe, originada pelo fungo Candida albicans.

Outras pessoas acreditam que quem tem sapinho na boca tem AIDS ou qualquer outra doença sexualmente transmissível muito grave. Nem sempre a presença do sapinho na boca é sinal disso, ela pode ser causada por outros fatores que te explicaremos durante o texto.

Sapinho na boca: A candidíase oral

Assim como existem milhões de bactérias que vivem em nosso organismo, o fungo responsável pelo sapinho na boca também. Ele é considerado um microrganismo natural da nossa flora microbiana.

O que acontece, no entanto, é que enquanto o nosso sistema imunológico está funcionando da forma correta ele não representa nenhum perigo. Quando temos algum problema e a nossa imunidade baixa, no entanto, a população desse fungo pode se aproveitar para crescer de forma acelerada em camadas mais profundas da pele o que resultará na inflamação.

Quanto mais fundo o fungo tiver conseguido ir mais perigosa será a infecção. Em alguns casos mais graves é possível haver invasão no sangue, sistema nervoso central ou até mesmo para o coração.


A maioria dos casos de sapinho na boca é causada pela Candida albicans e essa é uma forma branda de candidíase que prejudica a mucosa da língua e da parte interna da bochecha.

Grupo de risco

Por mais que seja um problema que pode ocorrer em qualquer pessoa, existe alguns grupos que são mais suscetíveis ao aparecimento da doença. Observe abaixo quais são as características que tornam o sapinho na boca mais frequente:

  • Gravidez
  • HIV positivo
  • Desnutrição
  • Uso de dentadura
  • Uso de antibióticos
  • Idade avançada
  • Xerostomia (boca seca)
  • Internação hospitalar
  • Fumo
  • Uso de drogas pesadas
  • Uso contínuo de corticosteroides
  • Uso de drogas imunossupressoras
  • Descontrole de diabetes
  • Tratamento de quimioterapia e radioterapia
  • Recém nascidos

Sintomas do sapinho na boca

sapinho na boca

No geral os sintomas são as lesões provocadas pelo fundo que deixam placas brancas na língua, palato, gengivas, amígdalas e parte interna das bochechas.

No início elas não costumam ser grandes o que faz o seu diagnóstico ser um tanto difícil, com o tempo, porém, elas irão evoluindo e além do tamanho elas vem com sintomas como dor e dificuldade de distinguir gosto.

Outro sintoma de candidíase oral é a sensação de estar com algodão na boca.

Sintomas dos casos mais graves

Quando o sapinho na boca está de uma forma mais agressiva os sintomas são diferentes. É possível evoluir e passar para o esôfago e para a laringe, causando dor, dificuldade de engolir e rouquidão frequente. No caso da candidíase no esôfago é preciso estar alerta, já que pode ser o indício da AIDS.

Sintomas nos idosos

Nos idosos não é comum aparecer as lesões brancas, ainda mais se eles usarem dentaduras. O que aparece nesse caso é uma vermelhidão intensa e aparente na gengiva logo abaixo da prótese dentária. Também é possível haver presença de boqueira.

Sintomas nos bebês

Nos bebês os sintomas são frequentemente confundidos com resto de leite na boca. Para confirmar o problema é só passar uma gaze na boca da criança. O leite irá sair completamente, já o sapinho na boca fica preso e pode haver sangramentos caso tente raspá-lo.

Procure um médico

Assim que você identificar os sintomas do sapinho na boca o mais recomendado é que você procure ajuda imediata de um médico. Por mais inofensivo que possa parecer os sintomas, é necessário fazer um estudo para entender a causa do problema.

Normalmente ela aponta um problema imunológico grave no nosso organismo que precisará ser resolvido. Se isso não acontecer, além do sapinho na boca piorar é bem possível que você contraia outros problemas por causa da baixa imunológica.

É o sistema imunológico o responsável por defender o nosso corpo de agentes estranhos que podem danificá-lo. Se isso não funciona da forma correta você fica exposto a uma série de problemas.

Muita gente acaba optando pela automedicação e isso pode se tornar um grande problema! Ela pode até aliviar os sintomas presentes no seu organismo, mas vai mascarar a verdadeira causa do sapinho, que como já vimos pode ser uma doença grave.

Só o profissional de saúde poderá avaliar o seu quadro clínico e passar o tratamento adequado para você. Ele só terá essa base após testes e exames clínicos que irá realizar em você.

Formas de tratamento do sapinho na boca

Existem algumas indicações prováveis de tratamento para o seu problema. Um deles pode ser o bochecho e deglutição de nistatina durante uma semana, 4 vezes ao dia.

Outros especialistas já indicam logo a ingestão de fluconazol comprimido por até duas semanas – essa forma de tratamento é muito eficiente, resolvendo 90% dos casos. Existem também alguns tipos de tratamentos caseiros que são à base de bochechos. Mesmo com resultado positivo comprovado é preciso que o médico permita o uso, caso contrário evite.

Recomendações durante o tratamento

Existem algumas atitudes que precisam ser tomadas ou evitadas durante o tratamento do sapinho na boca. Elas são capazes de acelerar o processo de recuperação evitando que o problema retorne ou se agrave.

São atitudes bem simples e que não causam nenhum tipo de desconforto, por isso não há motivo para não fazê-las.

Por exemplo, escove os dentes regularmente e evite ingerir bebidas alcoólicas, fumar e comer alimentos ricos em açúcares.

Se o sapinho for em um bebê é preciso limpar bem suas chupetas, mamadeiras, e todos os objetos que ele põe na boca. A mãe deverá passar um creme antifúngico no mamilo também.

Outra atitude para auxiliar o tratamento, independente da idade, é o consumo de iogurtes sem açúcar que vão ajudar a manter a flora natural de bactérias da boca.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (6 votes, average: 4,17 out of 5)
Loading...