Roacutan

Espinhas em excesso causam baixa autoestima. Muitas pessoas, principalmente adolescentes usam de tudo para dar fim as indesejadas acnes. Entre os tratamentos mais comuns está o medicamento Roacutan, a base de isotretinóina. Todavia, um remédio tão forte como este exige diversas precauções.

Nas linhas que se seguem vamos analisar os tipos de espinhas que podem ser tratados com o Roacutan, os efeitos colaterais que o remédio produz e quando há a necessidade de usar o produto considerado extremamente forte.

O que é o Roacutan?

Fabricado pelo laboratório Roche, o Roacutan é o título comercial de um remédio com o princípio ativo isotretinoína. Também é possível encontrar a versão genérica que contém a mesma eficácia.

O uso de reinóides sistêmicos só podem acontecer com a supervisão de um médico e que o paciente esteja ciente do teratogenicidade – má formações congênitas no feto – em relação com a isotretinoína.

Quando o Roacutan é indicado?

Pessoas com problemas sérios de acnes com certeza já foram indicados a usar o Roacutan. Muito se fala sobre o remédio, entretanto há alguns mitos e verdades a respeito do tratamento com o produto.


De início, já é necessário avisar que o Roacutan só deve ser usado com consentimento médico. Para comprar o medicamento é exigido a receita azul e a assinatura de um termo ciente dos efeitos colaterais.

Ele é indicado para as formas graves de espinhas (nódulo-cística e acne com risco de cicatrizes permanentes) e acnes resistentes a tratamentos anteriores (antibióticos e agentes tópicos).

O tratamento com Roacutan só é receitado em casos extremos, depois que o dermatologista tenha tentado outras formas de cura. Vale destacar que o valor do tratamento com este medicamento costuma sair um pouco mais caro do que o normal.

Em casos raros, seu médico da Unidade Pública de Saúde pode te dar um laudo que comprove que você necessita desse tratamento. Sendo assim, você consegue o Roacutan através do SUS.

Contra indicações

Como dissemos a pouco, há certa cautela em receitar o medicamento. Algumas pessoas não podem usar remédio. Então esteja atento as restrições:

  • Mulheres: gravidas ou lactantes estão proibidas de tomar Roacutan;
  • Antes de começar a medicação as mulheres precisam assinar um termo se comprometendo a não engravidar durante e após um ano de tratamento;
  • O mesmo vale para os homens. Eles precisam esperar um ano para depois terem filhos;
  • Indivíduos com problemas no fígado só podem realizar o procedimento após vários exames que permita definir a função hepática (o Roacutan pode atacar o órgão e causar problemas irreversíveis);
  • Se possui triglicerídeos ou colesterol alto também precisará monitorar a condição e só começar o tratamento quando controlar a situação (o Roacutan pode acarretar problemas ao pâncreas).

Efeitos colaterais do Roacutan

roacutan

Há alguns mitos e verdade a respeito da utilização do Roacutan. Ele pode produzir má formação do feto, ressecamento da pele, entre outros sintomas. Abaixo listamos alguns dos efeitos do forte medicamento.

Pele, boca e olhos secos: Durante o tratamento a pele e as membranas mucosas se ressecam. Uma quantidade extra de hidratante e protetor solar pode aliviar a situação.

Dor de cabeça: Um dos sintomas mais comuns, a dor de cabeça acontece por causa do ressecamento dos olhos. Nesse caso é indicado o uso de colírios para umedecer os olhos. Se a dor for intensa, você pode ter desenvolvido uma Hipertensão Intracraniana Benigna (algo raro, que acontece em apenas 1% dos casos), é a pressão dentro do crânio. Após a realização de um exame talvez seja necessário suspender o tratamento.

Lábios secos ou rachados: este é outro sinal comum em pessoas que utilizam o Roacutan. Assim como a pele e olhos, os lábios também ficam extremamente sem hidratação. Procure manter por perto uma manteiga de cacau.

Sangramento no nariz: alguns pacientes relataram sangramento, mas nada anormal. A nebulização com soro fisiológico pode ajudar a amenizar o sangramento.

Também foram relatados sintomas como:

  • Sudorese;
  • Visão noturna embaçada;
  • Vasculite – reações inflamatórias dos vasos sanguíneos;
  • Redução das hemácias e glóbulos brancos – essa situação causa fraqueza;
  • Coceiras;
  • Infecção intestinal;
  • Hepatite;
  • Distúrbios psíquicos e sistema nervoso central afetado – depressão e convulsões;

tratamento com roacutan

Tratamento com Roacutan

Durante o tratamento com o medicamento nada de espremer as espinhas ou ficar exposto ao sol. Use no mínimo protetor solar com proteção 30FPS. A exposição solar pode prejudicar a pele que já estará bem sensível devido ao remédio.

Não é recomendado beber enquanto estiver tomando a medicação. Junto com o álcool o Roacutan pode prejudicar fígado e acarretar outros problemas ao organismo.

Nada de suplementos! Para os aficionados em academia e suplementos alimentares, não é indicado o tratamento misturado com esse tipo de produto, pois também pode afetar o fígado e o pâncreas.

Pacientes usando a medicação não podem doar sangue, já que ao alterar os glóbulos o Roacutan pode deixar seu sangue impróprio para doação.

Vale destacar que você também não poderá usar sabonetes esfoliantes para não ferir ainda mais a pele sensível.

Roacutan Resultados

Foto: reprodução

Considerações Finais

A isotretinoína reduz o tamanho das glândulas sebáceas e a quantidade de óleo que elas produzem. Com isso as bactérias que estão nessa região oleosa diminuem drasticamente. O Roacutan também adia a produção das células da pele dentro do poro e não permite que eles fiquem obstruídos. As propriedades anti-inflamatórias ajudam a reduzir as infecções presentes permitindo que a pele fique livre das bactérias.

Muitos se perguntam se a acne pode voltar após esse longo processo. É possível que acontecça um reaparecimento da doença ou algum sintoma similar. Entretanto é bom ressaltar que apenas foram notificados uma reincidência de 30% em homens e um número um pouco maior nas mulheres, devido ao sistema hormonal.

Algumas pessoas têm dúvidas em relação a usar medicamentos genéricos. No caso do Roacutan ele é apenas uma referência, ou seja, você pode usar um genérico normalmente, desde, é claro, que seja de um laboratório de boa procedência e preocupado com a saúde das pessoas.

O Roacutan gira em torno de R$ 170,00 enquanto o genérico deve chegar a uns R$ 100,00, uma caixa de 30 cápsula de 20 miligramas. Vale lembrar que o Roacutan limpa de dentro para fora e por ser muito potente, necessita ter sempre o acompanhamento de um dermatologista.