Remédio para piolho – Caseiro ou Industrializado? Quais posso usar?


O piolho é um tipo de problema que normalmente ocorre quando somos crianças. É um inseto que costuma se instalar no couro cabeludo e causa muita coceira. Hoje nós vamos falar sobre o remédio para piolho.

Existem várias formas de tratar esse problema, desde o remédio industrializado à fórmulas caseiras que já ajudaram muita gente a se livrar deles. Durante o nosso texto nós vamos falar de cada uma delas.

Mesmo sendo um problema simples e comum é aconselhado que você procure um médico logo que descobrir o problema. Dessa maneira não corre riscos de você iniciar tratamentos que não irão funcionar e pior, que possam prejudicar a sua saúde e do seu filho.

É importante lembrar que existe muita “lenda popular” em relação a isso também e que não é em tudo que se pode confiar, muito menos fazer. Às vezes um remédio para piolho serve para alguém e não para outra pessoa, por isso o médico é importante.

Primeiro, o que é piolho?

Por mais simples que possa parecer responder essa pergunta, falta conhecimento. É fácil dizer que o piolho é um inseto que infesta o nosso couro cabeludo, que se reproduz muito rapidamente e que causa uma coceira terrível.

O que você talvez não saiba é que ele vive exclusivamente no nosso cabelo, fora desse cenário ele não consegue sobreviver por mais de 48 horas. No nosso cabelo ele consegue viver de 30 a 40 dias e nesse período cada fêmea é capas de depositar mais de 200 ovos (lêndeas) – esses ovos demoram 8 dias para formar novos piolhos.


O nome que se dá para a enfermidade de quem tem piolhos é pediculose e é a doença mais comum, depois da gripe, na fase escolar.

Existem três tipos de piolhos:

  1. Pediculus humanus capitis: o piolho que fica no couro cabeludo
  2. Pediculus humanus humanus: o piolho que vai para outros pelos do corpo
  3. Pthirus pubis: o piolho que vai para os pelos pubianos – mais conhecido como chato.

No nosso texto falaremos sobre o remédio para piolho do couro cabeludo, o mais tradicional e comum.

Formas de transmissão

A criança pega piolho por meio de contato pessoal ou até mesmo por objetos. Ao contrário do que se pensa o piolho não pula e muito menos voa, se não provavelmente você ia precisar comprar muito remédio para piolho, já que toda sua família e pessoas próximas estariam infectadas.

Não é só o contato de cabelo que transmite o piolho mas o de objetos como chapéu, boné, toalha, roupas, pentes e escovas. É bom lembrar que ter piolho não tem nada a ver com falta de higiene.

Remédio para piolho: Inseticidas especiais

Remédio para Piolho e Lêndeas

Já que estamos falando sobre se livrar de insetos, o remédio para piolho mais comum é o inseticida especial. Normalmente eles são feitos em forma de xampu, mas também é possível encontrá-los em forma de cremes, loções e sprays.

As substâncias inseticidas mais comuns presentes em remédio para piolho são:

  • Lindano
  • Permetrina
  • Matalião
  • Piretina

Também é possível utilizar uma antiparasita chamada ivermectina. É preciso tomar apenas uma dose via oral para resolver o problema. Ela é mais indicada para os casos de infestação mais resistente do piolho.

Por mais comum que seja o problema, não utilize nenhum desses medicamentos por conta própria. É essencial que você procure um médico, no caso da criança um pediatra. Até porque algumas dessas substâncias podem ser tóxicas e causar problemas sérios para a criança.

Outra coisa importante é que esses produtos não são recomendados para crianças de 2 anos.

Remédio para piolho: Pente fino com cabelo molhado

Isso talvez soe bem familiar. Um tipo de remédio para piolho que é bem eficaz e muito comum, além de não precisar de prescrição médica, é o famoso pente fino. Esse é um procedimento um tanto trabalhoso, mas que não precisa da utilização de produtos industriais.

Para isso você vai precisar molhar o cabelo da criança, colocar uma toalha branca na cama, ou na mesa, baixar sua cabeça e começar a passar o pente fino por entre pedaços do seu cabelo. Você irá conseguir retirar não só os piolhos como as lêndeas.

Esse é um processo lento que talvez seja preciso repetir entre 3 a 4 vezes por dia em um período de até 14 dias, dependendo do grau do problema. Na maioria dos casos ele resolve, mas caso não tenha sucesso você pode usar algum dos inseticidas que mencionamos acima.

Para facilitar o processo algumas pessoas utilizam vinagre ou azeite. Lembrando que eles ajudam a retirar o inseto e não a matá-lo. Para isso você vai precisar aquecer o vinagre até que ele fique morno e misturá-lo com um condicionador.

Aplique no cabelo e coloque uma touca por pelo menos 30 minutos. Isso fará com que a camada que envolve a lêndea seja dissolvida e ela perca a fixação no fio do cabelo.

Remédio para piolho: Faça você mesmo

Existe muitas opções de remédio para piolho caseiro que tem demonstrado eficácia na luta contra esses insetos. Nós vamos te apresentar um deles para que você possa testar e usar na sua casa. Preste atenção.

Lavar o cabelo com chá de arruda

Lavar o cabelo com chá de arruda se mostrou um excelente remédio para piolho. Ele elimina os inseto e alivia a irritação do couro cabeludo. O ideal é aplicá-lo no cabelo já molhado antes de passar o pente fino. Veja como é fácil fazer!

Você só vai precisar de 1 l de água fervente e de 40 g de folhas de arruda. Será como preparar um chá!

Você coloca as folhas em água fervente por 10 minutos, tampa e deixe que amorne. Depois disso é só coar e ir aplicando no cabelo com a ajuda de um algodão. O ponto certo é quando o cabelo fica completamente encharcado.

Após esse procedimento você passa o pente fino e vai conseguir perceber a diferença na hora. Esse é um remédio para piolho caseiro que tem muita eficácia.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...