Polaradex


Possuir algum tipo de alergia é algo, até mesmo, comum entre as pessoas. Normalmente, ela reage diretamente no sistema respiratório, causando diversos problemas à saúde do ser humano, prejudicando, principalmente, sua respiração.

Pode se desenvolver diretamente como sintoma de uma doença, como asma ou rinite, ou somente uma reação que o organismo sofre, que normalmente é a interação da pessoa com algo possui muito pó. Assim, para tentar evitar que ocorra esse tipo de afecção, o médico especialista costuma indicar para seu paciente algum medicamento que possua a substância efetiva para o tratamento.

Um que é muito indicado, para os casos de reação alérgica, é o Polaradex. Com isso, hoje, iremos detalhar informações essenciais presentes na bula do remédio.

Para que serve o Polaradex

Como citado na introdução inicial, o medicamento é indicado diretamente para o tratamento de afecções alérgicas. Os principais casos que ele é utilizado são:

polaradex

  • Prurido
  • Rinite, quando alérgica
  • Urticária
  • Picadas de inseto
  • Coceira alérgica causada por inflamação na pele
  • Asma brônquica
  • Reações causadas alérgicas causadas por algum medicamento usado
  • Infecções oculares alérgicas, como conjuntivite e ceratite
  • Em certos casos, para o tratamento da hipertensão arterial
  • Tratamento de gripes e resfriados, fazendo o alívio dos sintomas como tosse, gripe e dor muscular e da cabeça.

Vale sempre ressaltar que, apesar de saber da efetividade e indicação do medicamento, é sempre essencial buscar orientação de um médico especialista antes de iniciar o tratamento.

Como funciona o Polaradex

A ação do Polaradex está ligado, diretamente, ao Maleato de Dexclorfeniramina, princípio ativo da composição do medicamento.

O maleato de dexclorfeniramina é uma substância anti-histamínicos. Ela ajuda a reduzir os sintomas que a reação alérgica vem causando no organismo da pessoa, conseguindo evitar os efeitos causadas pela histamina, por isso do nome, que é produzida pelo próprio corpo humano e é essencial para o desenvolvimento das afecções.

Polaradex é o mesmo que Polaramine?

Ambos os medicamentos, tanto o Polaradex, como o Polaramine, possuem a mesma substância como princípio ativo, o Maleato de Dexclorfeniramina, e a indicação idêntica, o tratamento de afecções alérgicas. Então, sim, é possível definir os dois como, praticamente, a mesma coisa.

Palaradex da sono?

Um dos efeitos colaterais mais comuns do medicamento é uma leve sonolência causada nos pacientes que estão em tratamento.

Posologia do Polaradex

A comercialização do medicamento é dividida em comprimido e xarope, ficando a gosto do paciente decidir qual ele irá comprar para o tratamento. Porém, a posologia de cada tipo é um pouco diferente.

O uso é oral, independente do tipo, e o comprimido deve ser engolido inteiro, sem mastigá-lo.

Polaradex comprimido

A dose para pessoas com idade maior que 12 anos: ingestão de 1 comprimido entre 3 a 4 vezes diárias. Ao ultrapassar o limite de 6 comprimidos no dia, já é considerado superdosagem, podendo levar a vida dos pacientes a risco.

A dose para crianças com idade entre 6 a 12 anos: ½ comprimido entre 3 vezes por dia. Ao ultrapassar o limite de 3 comprimidos no dia, já é considerado superdosagem, podendo levar a vida dos pacientes a risco.

Polaradex xarope

A dose para pessoas com idade maior que 12 anos: 5mL, 1/2 do copo medida, 3 a 4 vezes por dia. Ao ultrapassar o limite de 30ml no dia, já é considerado superdosagem, podendo levar a vida dos pacientes a risco.

A dose para crianças com idade entre 6 a 12 anos: 2,5mL, 1/4 do copo medida, três vezes por dia. Ao ultrapassar o limite de 15ml no dia, já é considerado superdosagem, podendo levar a vida dos pacientes a risco.

A dose para crianças com idade entre 2 a 6 anos: 1,25mL, 1/6 do copo medida, três vezes por dia. Ao ultrapassar o limite de 7,5ml no dia, já é considerado superdosagem, podendo levar a vida dos pacientes a risco.

Uso para bebes

Uma das contraindicações do Polaradex é a proibição do seu uso em bebês, principalmente prematuros, ou crianças com idade abaixo de 2 anos.

Contraindicação do Polaradex

Como todo o medicamento, esse remédio possui algumas contraindicações de proibição de uso que devem ser seguidas pelos pacientes com afecções alérgicas que pretendem iniciar o tratamento, para não colocar sua vida ou saúde em risco. São elas:

  • Paciente com hipersensibilidade, alergia ou qualquer outro problema que pode ser causado com a ingestão de alguma substância presente na composição do medicamento, principalmente o Maleato de Dexclorfeniramina.
  • Paciente que esteja com alguma infecção sistêmica causada por fungos.
  • Crianças com idade abaixo de 2 anos.
  • Paciente que esteja utilizando inibidores da MAO.
  • Mulheres em estado de gravidez ou amamentação.
  • Paciente que possua insuficiência hepática, glaucoma, diabetes e úlcera, seja gástrica ou duodenal.
  • Paciente que esteja em tratamento de hipertensão, coronariopatia ou hipertireoidismo.

Efeitos colaterais do Polaradex

Algumas das reações adversas que podem ser causadas nos pacientes que estão em tratamento com o medicamento:

  • Sonolência
  • Pressão baixa
  • Dor de cabeça
  • Palpitação
  • Urticária
  • Inflamações na pele
  • Fraqueza
  • Suor em excesso
  • Calafrios
  • Azia e desconforto gástrico
  • Náusea
  • Dor quando urinar
  • Alteração no ciclo menstrual da mulher
  • Anemia
  • Visão borrada
  • Irritação
  • Desconforto na região do nariz e dificuldade para respirar
  • Compressão do tórax

Em caso de aparecimento de alguma das reações adversas, ou qualquer outra, avisar o médico e notificar a NOTIVISA – Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária.

Precauções

Além das contraindicações, já especificadas no tópico anterior, o Polaradex possui algumas precauções a serem seguidas por quem está iniciando o tratamento. São elas:

  • Manter o medicamento longe de crianças e animais domésticos.
  • Não utilize para tratar outras doenças, além das afecções alérgicas, sem orientação de um médico.
  • Não ingira doses maiores do que permitidas e indicadas pelo médico.
  • Com o surgimento de qualquer reação adversa, para e tratamento na hora e procure ajuda de um médico.
  • O paciente em tratamento não deve dirigir veículos ou executar qualquer outra ação que necessite de atenção e agilidade.
  • Com pacientes com glaucoma, problemas no coração, oculares, intestinais, estomacais, urinários ou respiratórios devem informar o médico antes do início do tratamento.
  • O Polaradex pode causar doping.
  • Qualquer tipo de antialérgico pode ter influência diante do Sistema Nervoso Central.
  • É necessário ter cuidado extra com o uso em idosos com mais de 60 anos e crianças.
  • É possível utilizar o Polaradex em gestantes nos três primeiros meses de gravidez, porém com acompanhamento próximo do médico.

Composição

A cada 5mL de Polaradex temos os seguintes componentes:

  • 2 mg de maleato de dexclorfeniramina
  • Os excipientes: mentol cristalizado, sacarose, propilparabeno, metilparabeno, citrato de sódio, essência framboesa, álcool etílico, ácido cítrico e água purificada.

Interação medicamentosa do Polaradex

O uso do Polaradex junto a outro medicamento pode causar alguma interação indesejada, aumento ou diminuindo o efeito de um dos dois. Os principais casos que isso pode ocorrer são:

  • Os IMAO’s aumentam em uma grande escala o efeito de qualquer tipo de antialérgico, podendo causar alguma reação grave indesejada, como hipotensão.
  • Depressores da Atividade do Sistema Nervoso Central, podem fortalecer os efeitos sedativos causadas pelo maleato de dexclorfeniramina.
  • Anticoagulantes tem seu efeito prejudicado se for utilizado junto com a substância maleato de dexclorfeniramina, ou qualquer outro anti-histamínico.
  • A substância maleato de dexclorfeniramina pode afetar os resultados de testes para detectar alergia de pele.

 

Preço do Polaradex e onde comprar mais barato

O produto Polaradex para o tratamento de afecções alérgicas é comercializado e pode ser encontrado nas principais farmácias populares, sem a necessidade de uma receita feita pelo médico especialista, porém é sempre recomendado só adquirir e iniciar o tratamento com o medicamento depois de uma orientação médica.

A comercialização do frasco com 100ml de solução líquida do produto possui o preço variante de R$ 5.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...