Óleo de Melaleuca


O óleo de melaleuca tem se tornado cada vez mais popular aqui no Brasil. É conhecido como Tea Tree ou árvore-do-chá. Foi utilizado durante anos por tribos de aborígenes na Austrália, para tratamento de dores e também em banhos para relaxamento. Através desse óleo essencial que é extraído da planta Melaleuca alternifólia é possível ainda produzir shampoo e cremes de melaleuca. 

Hoje em dia o óleo de melaleuca vem sendo usado na medicina alternativa para tratamento de desinfecções, cicatrizações e pequenas curas. O forte odor que o óleo possui ainda é utilizado na aromaterapia, para aliviar sintomas como tensão, estresse e alguns tipos de dores. Importante ressaltar que o uso do óleo de melaleuca deve ser sempre de forma externa e de preferência diluído.

São inúmeros os usos do óleo de melaleuca, entre eles:

  • propriedades antissépticas
  • propriedades antifúngicas, antibacterianas e antiviróticas
  • tratamento de problemas respiratórios
  • problemas de pele (cicatrizes)
  • tratamento de acne

DICAS DE COMO USAR O ÓLEO DE MELALEUCA

  1. SHAMPOO E TRATAMENTO DA CASPA

Você pode optar pelo uso de shampoos que já vem com o óleo de melaleuca em sua composição, ou acrescentar algumas gotas do óleo em seu shampoo de uso diário.

O uso faz com que diminua a incidência de caspa no couro cabeludo, e ajuda a prevenir o aparecimento de lêndeas e piolhos.


  1. TRATAMENTO DA ACNE/PELE

Para tratar acne basta aplicar algumas gotas do óleo sobre a espinha. Já para tratar afecções de pele é importante fazer a diluição de algumas gotas em óleo natural, pois assim facilita a absorção pela pele.

Ainda auxilia no tratamento de micoses, podendo ser aplicado no vão dos dedos dos pés e unhas.

Pode ser usado ainda como repelente de insetos, basta misturar 15 gotas do óleo de melaleuca em 240 ml de água e aplicar sobre a pele. Aplique também o óleo sobre as picadas de inseto, alivia a vermelhidão e coceira.

  1. PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS

óleo de melaleuca

Para resolver problemas nas vias respiratórias é interessante colocar dentro de um vaporizador algumas gotas do óleo de melaleuca, pois isso ajuda a descongestionar o peito carregado.

Algumas gotas também na banheira, no momento do banho, podem ajudar a aliviar alguns sintomas de gripe e resfriado. Além de aliviar também sintomas da sinusite.

  1. PARA LIMPEZA

O óleo de melaleuca pode ser usado diluído junto com água e sal groso para fazer a limpeza de banheiras e box de banheiro. Ainda pode ser colocado junto com o detergente líquido para ajudar na limpeza de louças.

Pode ser usado também para eliminar o mofo de lugares úmidos, basta colocar um pouco de água e um pouco do óleo dentro de um borrifador e aplicar sobre o local desejado.

CONTRA INDICAÇÕES DO ÓLEO DE MELALEUCA

Como já dito anteriormente, o uso do óleo de melaleuca não deve ser por via oral, já que muitos estudos mostraram que pessoas que o fizeram apresentaram grave erupção cutânea, diarreia, diminuição do sistema imunológico, sono em excesso, dor no abdômen.

Outros estudos ainda mostraram casos de tonturas, mau hálito e gosto desagradável na boca. Ainda é importante ressaltar que qualquer pessoa que apresente alergia a terebintina não deve fazer uso do óleo de melaleuca, e ele também não deve ser aplicado diretamente sobre feridas abertas, olhos e rachaduras na pele.

Jovens de 18 anos do sexo masculino devem evitar o uso do óleo de melaleuca junto com produtos que contenham em sua composição lavanda, já que essa combinação pode não ser segura, por causar efeitos hormonais indesejados como o crescimento anormal do peito.

Agora você já conhece grande parte das propriedades desse óleo natural indispensável em qualquer kit de primeiros socorros, sendo assim, aproveite seus benefícios, estando sempre atendo a achar a forma pura do óleo de melaleuca.

Certifique-se da origem do produto que está sendo adquirido, já que existem muitos lugares que não vendem o produto correto e nem dentro das normas dos padrões internacionais de composição, pois isso pode gerar problemas aos usuários.

Use e aproveite os benefícios, mas, utilize com moderação e senso crítico, fazendo o uso de maneira consciente, sem trazer riscos à saúde e para isso procure profissionais qualificados para lhe ajudar, como médicos, fisioterapeutas e até veterinários dependendo do caso.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...