Nervo ciático


A dor no nervo ciático é um problema bastante comum e que aflige muitas pessoas. Este problema pode estar relacionado a diversas causas, entre elas os problemas de hérnia de disco, com o deslocamento do mesmo, algum tipo de lesão ou fratura na região pélvica, entre muitas outras.

Neste artigo, iremos explicar o que é o nervo ciático, quais os problemas que podem estar associados a isto e como tratar os sintomas.

O que é o nervo ciático?

A coluna vertebral é formada por diversos ossos empilhados, chamados de vértebras, contendo a medula espinhal que conecta o cérebro aos braços e às pernas, além de ser formada por nervos espinhais, que ajudam na transmissão de informações e de comandos no sistema nervoso central do corpo.

O nervo ciático faz parte deste conjunto de nervos, conectando a medula espinhal à perna e sendo o nervo mais longo do corpo humano, ligando o dedão do pé à região lombar. A dor na perna devido à compressão do nervo ciático é chamada de ciática ou de ciatalgia. Boa parte das hérnias também se manifesta por dor local e por uma sensação de travamento, pois causam a compressão de alguns nervos, podendo causar a ciática.

O nervo ciático é o principal nervo do membro inferior que é formado por diversas raízes nervosas, distribuindo-se pela parte do lado e de trás da coxa, estendendo-se também para a perna e para o pé. Quando alguma destas raízes nervosas que formam o nervo ciático fica apertada e inflamada, ocorre uma dor intensa decorrente da compressão da mesma.

Diversas são as causas relacionadas às dores no nervo ciático e às lesões ou pressões no mesmo. Podem estar relacionadas ao problema de hérnia de disco, a algum tipo de lesão ou fratura na região pélvica. Pode estar relacionada também ao síndrome do músculo piriforme, e, até mesmo, a problemas como tumores, à diabetes, às infecções pelo vírus do herpes ou da catapora, entre outros.


É possível controlar a dor no nervo ciático com uso de analgésicos, com relaxantes musculares, com anti-inflamatórios e com tratamento fisioterápico, ajudando a minimizar os sintomas e as crises de dor que se tornam cada vez mais frequentes e mais intensas. Em alguns casos, o problema está tão grave que é necessária a intervenção cirúrgica e, com a anestesia geral, é feita a retirada do disco doente, ajudando a descomprimir o nervo ciático.

Veja, a seguir, alguns dos fatores que podem ocasionar as dores no nervo ciático:

Excesso de peso corporal e obesidade

Os índices de excesso de peso e de obesidade estão aumentando cada vez mais. Com o aumento do peso corporal, no entanto, passa a ocorrer uma maior pressão na região da coluna vertebral e, consequentemente, na medula espinhal e na sua rede de nervos, incluindo-se o nervo ciático.

Nervo Ciático

Postura errada e trabalho repetitivo

As longas jornadas de trabalho ou mesmo os esforços repetitivos durante as jornadas podem acarretar em má postura corporal, causando a compressão do nervo ciático.

As pessoas que passam muito tempo sentadas ou que utilizem equipamentos, tais como o uso de computadores, e que venham a prejudicar a postura devem realizar com certa frequência exercícios para alongar e ajudar na coluna vertebral.

Dentro das empresas já existem diversos programas relacionados ao bem-estar dos funcionários como é o caso da ginástica laboral e dos projetos de ergonomia.

Falta de exercícios físicos

O sedentarismo e falta da prática de atividade física também contribuem bastante para o problema, pois acarretam no enfraquecimento da musculatura, principalmente na região do abdômen, ao redor da região lombar.

Além disso, existe uma relação grande entre sedentarismo e o excesso de peso, aumentando as chances de ocorrer o problema pela pressão na medula espinhal. Insira atividades que ajudem no alongamento e também no fortalecimento dos músculos.

Considerações Finais

O nervo ciático é o maior nervo do corpo humano e as dores relacionadas a ele podem estar relacionadas a diversos outros problemas. É possível, com pequenas atitudes como a melhoria da postura e o controle de peso, ajudar a evitar este problema.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...