Métodos contraceptivos


Os métodos contraceptivos tem como principal função evitar uma gravidez indesejada. Neste artigo você vai saber mais sobre os métodos anticoncepcionais mais usados.

Vejam quais são os métodos contraceptivos disponíveis:

  • Diu.
  • Pílula anticoncepcional.
  • Camisinha.
  • Espermicida.
  • Coito interrompido.
  • Ligadura de trompas.
  • Vasectomia.
  • Injeção anticoncepcional.
  • Adesivo anticoncepcional.
  • Implante anticoncepcional.

Os métodos contraceptivos agem de maneiras diferentes em cada organismo, por isso o acompanhamento médico é essencial para que você possa ter todos os benefícios oferecidos pelo medicamento, sem correr o risco de prejudicar sua saúde.

O organismo de algumas mulheres não se adaptam aos métodos contraceptivos, disponíveis no mercado, neste caso o ginecologista deve em comum acordo com a paciente encontrar um procedimento adequado, evitando assim a gravidez indesejada.

Qual o melhor desses métodos contraceptivos?

Veja a descrição dos métodos contraceptivos mencionados acima e escolha o que for melhor para você:


  • Diu -> O dispositivo intrauterino é colocado no interior do útero pelo médico. É um dos métodos anticoncepcionais mais eficazes e muito cômodo para a paciente. O Diu pode proteger a mulher de 05 a 10 anos, dependo do produto.
  • Pílula anticoncepcional -> Este é sem dúvida alguma um dos métodos contraceptivos mais usados em todo o mundo. O comprimido ou pílula tem em sua origem a combinação de hormônios sintéticos como a progesterona e estrogênio, responsáveis por inibir a ovulação. Este método é bastante eficaz se o remédio for usado corretamente.
  • Camisinha -> A camisinha é um contraceptivo de contenção e/ou barreira. Confeccionada com látex ou poliuretano, ao ser usada impede que os espermatozoides cheguem ao útero. O uso da camisinha também evita o contagio pelas DSTs.
  • Espermicida -> O espermicida é uma substância química, que destrói os espermatozoides durante o ato sexual. São encontrados em forma de creme, gel, supositórios, spray e espuma, que devem ser introduzidos dentro da vagina 10 minutos antes do ato sexual.
  • Coito interrompido -> Este é dos métodos contraceptivos mais antigos. Quando o homem está prestes a ejacular, retira o pênis e ejacula fora da vagina. Porém não é considerado muito eficaz, pois durante o ato sexual pode ser que pequenas quantidades de espermas já tenham sido liberadas.
  • Ligadura de trompas -> Existem 02 tipos de ligadura de trompas: Abdominal e vaginal. Este é um método de esterilização definitiva, onde as trompas são cortadas ou amarradas, impedindo que o óvulo chegue ao útero e seja fecundado pelo esperma.
    Métodos Contraceptivos
  • Vasectomia -> Este método pode ser considerado como a ligadura masculina. Pode ser feita em ambulatório, com anestesia local. Nesta pequena cirurgia o canal que leva os espermatozoides dos testículos até o esperma é cortado. Neste caso ocorre a ejaculação normal, porém sem presença de espermatozoides.
  • Injeção anticoncepcional -> A injeção é um método contraceptivo de longa duração. Tem em sua formula combinação de progesterona e estrogênios. Podem ser injetados mensal ou trimestralmente. É ideal para as pessoas com maior dificuldade em tomar corretamente a pílula anticoncepcional.
  • Adesivo anticoncepcional -> O adesivo também chamado de patch, deve ser aderido a pele da mulher e permanecer nela por uma semana. O adesivo possui uma combinação de progestogênio e estrogênio que são liberados de maneira continua e fracionada por 07 dias. Os adesivos vem com 03 unidades que devem ser usados de maneira continua.
  • Implante anticoncepcional -> Este método é feito através da colocação de uma capsula com hormônio etenogestrel, sob a pele, possui 4 cm de comprimento e 2mm de diâmetro. Sua eficácia vai de 06 meses a 03 anos, depende do desejo da paciente. O implante é feito através de um aplicador descartável.

São vários os métodos contraceptivos, alguns apresentam uma melhor eficácia que o outro. Porém antes de se decidir qual dos métodos usar, procure seu médico. Ele vai saber qual o melhor método diante de suas necessidades. O planejamento familiar também deve ser levado a sério pelos casais, evitando assim uma gravidez não esperada.

Vale ressaltar que qualquer um dos métodos contraceptivos pode falhar se não for utilizado corretamente, ou caso ocorra alguma reação adversa. Por isso mesmo é necessário do acompanhamento médico, para evitar ao máximo que você faça uso do método errado para o seu caso.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (5 votes, average: 2,20 out of 5)
Loading...