Loratadina


Milhares de pessoas sofrem diariamente por conta  problemas alérgicos. Isso acontece porque a alergia é uma resposta do nosso sistema imunológico à substancias consideradas estranhas ao nosso organismo como: poeira, perfumes, pelo de animais, fungos, produtos de limpeza, pólen, entre outros.  A loratadina está entre os remédios mais indicados para ajudar a acelerar a recuperação e proporcionar alívio aos sintomas alérgicos.

Informações ao Paciente

Antes de iniciar o tratamento com esse medicamento, leia com atenção essa bula.

  • Guarde esta bula. Você pode necessitar ler as informações de novo outra hora.
  • Esta bula fornecerá informações sobre os benefícios e riscos do medicamento Loratadina. Ela inclusive a orientará sobre como você deve tomar Loratadina de modo correto e em que momento precisa informar ao seu médico sobre condições relacionadas à sua saúde. Se tiver qualquer dúvida, solicite ajuda ao seu médico ou farmacêutico.
  • Esse remédio foi receitado para você e não deve ser fornecido a outras pessoas, uma vez que pode ser prejudicial a elas, ainda que os sintomas que elas apresentem sejam iguais aos seus.
  • Se algum dos efeitos colaterais se tornar grave ou se você notar algum outro efeito colateral que não foi citado nesta bula, avise ao seu médico ou farmacêutico.

Apresentação

LORATADINA COMPRIMIDOS REVESTIDOS de 10 mg. Embalagem com 12 comprimidos revestidos.

LORATADINA XAROPE: 1 mg/ 1 mL; Frasco com 100 mL.

Para que serve Loratadina ( Indicação )

loratadina


A loratadina serve para impedir a ação de uma substância denominada histamina, que é produzida pelo organismo para combater o agente causador das alergias, provocando assim sintomas relacionados a rinite alérgica, por exemplo.

O remédio loratadina tanto em comprimido quanto em xarope é indicado para aliviar sintomas de alergias como espirros, coceiras, corizas e olhos lacrimejantes, produzidas pelos efeitos da histamina química, substância que é natural do corpo.

O antialérgico loratadina também é receitado para tratar urticária na pele e coceiras com reações cutâneas crônicas.

O que é Loratadina?

Loratadina é um medicamento usado para o tratar alergias.  Ele pertence a família dos anti-histamínico que é responsável por inibir a ação da histamina natural produzida pelo nosso organismo.

Loratadina é um antialérgico rapidamente absorvido pelo sistema digestivo,  sua ação após a ingestão oral  é percebida em poucos instantes trazendo alivio quase que imediato a  rinite alérgica e oculares. Sua ação total é atingida em cerca de 1 hora e a duração de alivio dos sintomas é de 17 a 24 horas.

Posologia Loratadina

Crianças de 2 a 12 anos:

  • Abaixo de 30 quilos – 5 ml (mg) de Loratadina uma vez por dia. Não exceda as 5 ml no prazo de 24 horas.
  • Acima dos 30 quilos – 10 ml (10 mg) uma vez por dia. Não ingerir mais que 10 ml dentro de 24 horas.

Adultos e acima de 12 anos:

  • 10 ml (10 mg) de loratadina  uma vez ao dia e também sem exceder o estipulado dentro de 24 horas.

Normalmente a indicação da dose adequada de loratadina comprimido é de 10 mg, uma vez ao dia. Lembre-se que os comprimidos de loratadina não devem ser mastigado ou quebrado, engula inteiro.

A Loratadina antialérgico deve ser conservada em ambiente seco e em temperatura ambiente – entre 15 e 30º.

Contraindicações do Loratadina

Pessoas que tenham aparentado qualquer sinal de reação alérgica ao medicamento ou qualquer derivado da fórmula, não devem ingerir o remédio. Indivíduos alérgicos a loratadina ou a desloratadina (Claritin), não podem ser tratados com esses medicamentos.

  • Segundo estudos em animais, a loratadina não produziu nenhum efeito, entretanto não se sabe qual seria a reação em mulheres grávidas. Portanto a dica é que não seja usado neste período.
  • A informação também é importante para as lactantes, já que um dos efeitos indesejáveis, é que o medicamento é expelido no leite materno.
  • Lactantes devem interromper o uso, com orientação médica, para que a Loratadina não seja excretada no leite e prejudicar o feto ou o bebê, por causa do anti-histamínico.
  • O medicamento só deve ser receitado para as grávidas, se o benefício da mãe for maior e mais justificável que colocar em risco a criança. Em todo o caso, o profissional de saúde deverá monitorar de perto os seus pacientes e estar sempre atento em qualquer sintoma diferente que possa aparecer.

Sempre que consumir algum outro tipo de medicamento, o seu médico deverá ser notificado. Em algumas substâncias podem haver modificações.

Composição

Loratadina Xarope

Cada ml de xarope de loratadina contém:

Loratadina ________________________________ 1 mg

Excipientes _________________________________ml

(Excipientes: ácido cítrico, sacarose, benzoato de sódio, fosfato de sódio dibásico dodecaidratado, propilenoglicol, sorbitol, aroma de pêssego e água purificada).

Loratadina Comprimidos

Cada comprimido revestido contém:

Loratadina _______________________________ 10 mg

Excipientes _________________________________mg

(Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, amido, dióxido de silício, estearato de magnésio, hipromelose, macrogol, cera de carnaúba e talco).

Efeitos colaterais

Os antialérgicos também são conhecidos pelos seus efeitos de sonolência e sensação desmaio. Então, se sentir algum sinal estranho relate ao seu médico ou procure atendimento em uma unidade de saúde. Os efeitos colaterais de loratadina relatados são:

  • Dificuldade para respirar
  • Inchaço no rosto, lábios, língua e garganta
  • Arritima cardíaca – quando os batimentos do coração se tornam acelerados ou irregular
  • Crises convulsivas
  • Amarelamento da pele ou olhos

A ingestão da Loratadina também pode trazer sintomas mais leves como:

  • Dor de cabeça
  • Cansaço ou sonolência
  • Nervosismo
  • Dor de estômago
  • Diarreia
  • Vermelhidão ocular ou visão turva
  • Hemorragia nasal

Efeitos colaterais diagnosticados

Crianças de 2 a 12 anos tiveram uma frequência maior em:

  • Cefaleias – 2,7%;
  • Nervosismo – 2,3%;
  • E fadiga – 1%.

Já em pessoas de mais idades, foram reportados:

  • Sonolência – 1,2%;
  • Cefaleia – 0,6%;
  • Aumento do apetite – 0,5%;
  • E apenas 0,1% relataram insônia.

O medicamento não apontou efeito aditivo com bebidas alcoólicas.

Distúrbios mencionados

  • No sistema nervoso a máxima foi tontura
  • Em distúrbios cardíacos ficaram concentrados em taquicardia e palpitações
  • As doenças gastrointestinais mencionadas foram boca seca, náuseas e gastrite
  • Alguns distúrbios da função hepática como afecções hepatobiliares
  • Alopecia e erupções cutâneas em alguns problemas de pele e tecido subcutâneo
  • Entre as perturbações gerais, o mais relatado foi a fadiga

Precauções

A Loratadina não aponta necessidade de mudança de doses para os idosos. Então, o indicado é que siga as mesmas orientações destinada aos adultos.

Pessoas com doenças no fígado ou insuficiência renal devem consumir 10 ml em dias alternados, sempre com consentimento médico.

Crianças menores de seis anos só podem tomar o medicamento com consentimento e acompanhamento médico.

Para tomar a Loratadina siga a recomendação do seu médico ou como descrito no rótulo. Não  tome doses maiores para potencializar o efeito. Os riscos de superdosagens são extremamente fatais.

Superdosagem

A superdosagem pode acarretar taquicardia, dores de cabeça e forte sonolência. Nesse caso a pessoa deve ser submetida a uma lavagem gástrica e ficará sob observação médica.

Para quem, acidentalmente, ingerir mais do que o indicado é necessário procurar ajuda rapidamente e evitar consumir alimentos ou bebidas e não provocar o vômito.

Perguntas dos leitores

Loratadina da sono?

A Loratadina é o ingrediente principal de Clarityne, anti-histamínico tricíclico que possui os receptores H1 periféricos seletivos. O medicamento não tem nenhum sedativo significativo.

Os pacientes devem estar conscientes que a sonolência gerada,  vai mudar de pessoa para pessoa, Em casos que a loratadina da sono o paciente pode ficar incapacitado de dirigir ou trabalhar em maquinários. Porém no geral a loratadina não dá sono, alguns laboratórios já disponibilizam essa informação na própria embalagem.

A Loratadina engorda?

Muitas pessoas se perguntam se loratadina engorda, porque pesam erroneamente que a loratadina se trata de um remédio a base corticoide, que provoca retenção de liquido e inchaço, o que não é verdade.

A loratadina não engorda pois é um anti-histamínico e como já explicado ela age especificamente no combate a alergias. Em sua fórmula não existe nenhum composto que provoque retenção de água e nem calorias significativas.

O que fazer quando se esquecer de tomar Loratadina?

Se você esquecer de tomar loratadina, ingira logo que se lembrar e depois ajuste-se ao novo horário, nada de tomar uma dose perto da outra ou duas doses de uma só vez. Assim você não irá acelerar o tratamento, mas atrairá diversas reações adversas como: inchaços (garganta, língua e lábios), batimentos cardíacos acelerados, possíveis crises convulsivas e fortes dores de cabeça, acarretando em tonturas e cansaço.

Onde comprar Loratadina com preço baixo?

Uma das melhores farmácias online que existe é a Onofre. Além de segurança na compra, existem ótimos descontos se comparados com outros sites de farmácias. Clique no botão abaixo para conferir os preços.

Sempre que começar uma medicação esteja de olho em todas as mudanças que você sentir. Caso não perceba melhoras comunique ao seu médico, pois alguns remédios em contato com o organismo não produzem os efeitos desejados.

Se o tratamento for a longo prazo, tenha paciência e siga as instruções do médico. Não adianta alterar as doses ou acrescentar quantidades extras, pois o antialérgico Loratadina irá agir conforme o tempo correto.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (29 votes, average: 4,31 out of 5)
Loading...