Íngua na Virilha


A íngua na virilha é um gânglio linfático que está acometido por uma inflamação ou uma infecção.

Os gânglios linfáticos são nódulos pertencentes ao sistema linfático que estão espalhados em algumas áreas do corpo. Eles têm como função filtrar a linfa, líquido produzido pelo sangue, feito de proteínas e lipídios, que transporta os glóbulos brancos (que são os glóbulos responsáveis pela defesa do organismo) através dos vasos linfáticos.

Quando os gânglios não trabalham de maneira adequada, por causa de uma inflamação ou infecção, eles ficam inchados e extremamente doloridos ao toque, causando as famosas ínguas.

Os gânglios se encontram no pescoço, logo abaixo da linha do maxilar, atrás das orelhas, axilas, tórax, abdômen e na virilha.

As causas da íngua na virilha

Conforme mencionado anteriormente, as causas da íngua na virilha estão associadas às doenças inflamatórias e infecciosas que podem ser agudas ou crônicas. Elas podem também estar associadas às doenças reumáticas e aos cânceres.

Ainda não se sabe o motivo, mas, nos casos mais graves, os gânglios podem passar a produzir células diferentes das que ele geralmente produz (os linfócitos) de maneira desordenada, resultando no linfoma.


A íngua geralmente aparece próxima à origem da doença, portanto a íngua na virilha indica algum foco de inflamação ou infecção nessa região.

As causas mais comuns de íngua na virilha são:

Íngua na Virilha

  • alguma inflamação ou infecção de origem cutânea nos membros inferiores (coxas, pernas e pés);
  • DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) como a herpes genital, a clamídia ou a gonorreia, que causem feridas nos órgãos genitais ou o corrimento de alguma secreção infectada;
  • Reação alérgica ou medicamentosa;
  • Reação de algum trauma sofrido na virilha ou membros inferiores;
  • Limpomas que são crescimentos de cistos de gordura, e
  • Câncer.

Quando é necessário procurar um médico

A íngua a virilha, apesar de dolorida, na maior parte dos casos desaparece rapidamente, conforme o processo inflamatório também diminuir. Quando o problema persiste por um longo tempo, será necessário marcar uma consulta com o seu médico para que ele possa examiná-lo e tirar quaisquer dúvidas. As especialidades médicas que poderão examinar a íngua na virilha são o ginecologista (para as mulheres), o urologista (para os homens) e o oncologista.

Procure o seu médico em casos de:

  • a protuberância permanecer por mais de três semanas.
  • a pele ao redor da íngua começar a sofrer alguma alteração como vermelhidão, descamação ou outras protuberâncias menores, formando uma espécie de ondulação.
  • a protuberância sofrer alterações como crescimento, endurecer ou mais aparente.

Tratamento para a íngua na virilha

A íngua na virilha é uma manifestação de uma doença e, não, uma doença em si. Portanto, para tratar a íngua é preciso tratar a causa dela.

Como vimos, a íngua pode aparecer por várias causas. Nos processos inflamatórios, será necessário descobrir a origem da inflamação e, se necessário, fazer o tratamento com a medicação correta.

O mesmo ocorre no caso de uma infecção, porém, como esta é mais grave que uma inflamação, o tratamento geralmente inclui antibióticos. A dosagem diária e tempo de tratamento vão variar de acordo com a extensão e da gravidade da extensão. Após o período indicado, o médico fará uma nova avaliação e, se necessário, continuará o tratamento, podendo ou não trocar a medicação.

Nos casos das doenças sexualmente transmissíveis, além da antibioticoterapia, serão necessários alguns cuidados e tratamentos externos nos órgãos genitais afetados.

Nos casos mais graves em que a íngua é uma manifestação de câncer, o paciente provavelmente será submetido a um tratamento de rádio ou quimioterapia, seguido ou não de cirurgia para a retirada do tumor.

Em alguns casos, nenhuma doença aparente é a causa da íngua e, caso você observe algum tipo de alteração na protuberância, o médico provavelmente irá pedir uma biópsia para que não haja dúvida quanto à origem do caroço.

Nos casos de origens indeterminadas e se não houver necessidade de fazer uma biópsia, o melhor tratamento é repouso e compressas com água fria no local para que a dor e o inchaço desapareçam gradativamente.

Como a íngua na virilha é uma indicação de que o sistema imunológico está em baixa, uma alimentação saudável e equilibrada e a prática regular de exercícios podem prevenir que elas apareçam.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (268 votes, average: 4,28 out of 5)
Loading...