Gergelim: Conheça os benefícios dessa semente


O gergelim é bem conhecido nos pães, principalmente os de hambúrguer, mas seu uso ainda não é tão efetivo no nosso país. Acredita-se que o cultivo do gergelim é feito há mais de 3500 anos e que ele pode ter sido utilizado não só como alimento, mas como remédio por vários povos.

Existem basicamente três formas de consumir gergelim:

  1. Como óleo;
  2. Crua;
  3. Como manteiga.

Sendo a forma crua a mais benéfica para o organismo, trazendo mais benefícios para a saúde de todo o corpo. A manteiga de gergelim é muito consumida pelos árabes, lá ela é conhecida como Tahine.

O gergelim é conhecido pelos seus benefícios por conta dos nutrientes que o compõe. Ele é formado por cobre, manganês, cálcio, ferro, fósforo, vitamina B6, proteína, triptofano, tiamina… Para uma semente ele é riquíssimo em nutrientes.

Apesar de ser necessários mais estudos, é possível afirmar que por dia devemos ingerir pelo menos 30 gramas de gergelim. Essa quantidade já é capaz de beneficiar o nosso corpo com as ações positivas dos seus agentes. Com essa pequena quantidade já é possível reduzir o risco da diabetes e da obesidade.

Inibe envelhecimento da pele

Os antioxidantes contidos no gergelim são capazes de desacelerar o processo de envelhecimento da pele. Eles são capazes de combater os efeitos negativos que são causados pelos raios ultravioletas.


A Vitamina B ajuda a manter a pele, além dos olhos e cabelos, com aspecto saudável e bonito. O zinco, que também está presente no gergelim, ajuda na produção de colágeno no corpo, o que auxilia no quesito elasticidade, ajudando a reparar o tecido de todo o corpo.

Baixa o nível do colesterol

Os ácidos presentes no gergelim são capazes de diminuir o LDL (colesterol ruim) e aumentar o nível de HDL (colesterol bom) no sangue. Além disso, estão presentes fitoesteróis que também conseguem diminuir o nível de LDL e bloqueiam a sua produção o sangue.

O gergelim é a semente que mais tem fitoesteróis na natureza! Essa substância também é responsável por inibir a produção de câncer e de fortalecer o sistema imunológico.

Prevenção do câncer

Magnésio é um dos minerais mais poderosos na prevenção do câncer. Outra substância poderosa que há no gergelim é a sesamina que tem se mostrado eficiente contra a produção de células cancerígenas como a do câncer de cólon, da leucemia, do câncer de mama, próstata e pâncreas.

O fitato também possui ação antioxidante que é capaz de eliminar os efeitos dos radicais livres e do desenvolvimento das células cancerígenas.

Estabiliza a pressão arterial

gergelim

O magnésio também é eficiente para estabilizar a pressão arterial. A semente de gergelim oferece cerca de 25% do nível de magnésio necessário para o corpo diariamente.

De acordo comum estudo que foi publicado em 2006 no Jornal de Medicina Biológica de Yale, trocar óleos por óleo de gergelim é capaz de diminuir a pressão arterial diastólica e sistólica e a peroxidação lipídica.

Auxílio para a prática de atividades físicas

Por ser rico em proteína o gergelim se torna uma ótima opção para ganho de energia. Ele dá maior disposição para a realização das atividades físicas e de outras durante o dia. Além disso, a proteína acelera o crescimento da célula, e acelerando o metabolismo. Isso ajuda ao desenvolvimento da musculatura e a perda de gordura.

Ajuda na digestão

As fibras contribuem para uma digestão mais saudável e também no quesito perda de peso (por causarem sensação de saciedade). Com uma digestão mais saudável, problemas como constipação e diarreia serão evitados.

Inibe os sintomas da artrite

Como existe bastante cobre nas propriedades do gergelim, ele se torna um ótimo anti-inflamatório capaz de alivias as dores que são causadas pela artrite. Dor nos músculos, ossos e juntas serão diminuídas e os vasos sanguíneos fortalecidos.

Contra a radiação

O DNA estará seguro contra a ação de radiação por conta do consumo do gergelim. Isso diminui muito a probabilidade do desenvolvimento de um câncer em qualquer parte do corpo.

Combate a enxaqueca

O gergelim mostrou-se um grande aliado para o alívio de enxaqueca. O magnésio que é contido nele evita os espasmos dos vasos sanguíneos que são os responsáveis pelas crises da enxaqueca. O cálcio previve a enxaqueca e as dores de cabeça mais amenas.

Melhora a saúde bucal

O óleo do gergelim na boca tem efeito antibacteriano. Isso é um ótimo remédio contra a placa bacteriana que pode aparecer nos dentes, além de ter ação embranquecedora.

Para se beneficiar dos efeitos do gergelim para a saúde bocal é só deixar o óleo na boca até que ele fique esbranquiçado e grosso.

O gergelim diminui a ansiedade

O mal do século é a ansiedade e o consumo do gergelim é um grande aliado nessa luta. O cálcio e o magnésio tem efeito de alívio à ansiedade e ao estresse. Já as vitaminas triptofano e tiamina, são responsáveis por produzir o hormônio da felicidade (serotonina), causando bem estar.

Diminui a anemia

O gergelim preto é riquíssimo em ferro que é o nutriente essencial para quem sofre problema de anemia. Normalmente a anemia é causada por uma deficiência no ferro. O consumo do gergelim preto repõe o ferro necessário no organismo.

Previne a esclerose múltipla

A esclerose múltipla é prevenida através da diminuição de uma secreção chamada IFN-GAMA. Essa secreção é a causa do início de inflamações e lesões no sistema nervoso o consumo do gergelim é capaz de combatê-la.

Auxilia o sistema respiratório

Pessoas que possuem problema respiratório são altamente beneficiadas pelo consumo do gergelim. Por causa do magnésio ele é capaz de evitar a asma. Além disso, o sistema respiratório se torna mais saudável, evitando a contração de qualquer problema.

Previne a diabetes

O magnésio também é um fator chave para a inibição dos riscos da diabetes.

Fortalece os ossos

Apenas uma porção de gergelim tem mais cálcio que um copo de leite. O gergelim contém uma junção poderosa para fortalecimento dos ossos: cálcio, fósforo e zinco. Os três são fundamentais para que o corpo consiga regenerar os tecidos ósseos. Eles também são poderosos na inibição da osteoporose.

 


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (4 votes, average: 3,75 out of 5)
Loading...