Dicas de como engravidar de gêmeos


Uma família grande, um irmão próximo para o filho ou observar o desenvolvimento de duas crianças. Essas são algumas das características que muitos casais buscam ao engravidar de gêmeos. Porém, você sabia que a gestação múltipla é cercada de inúmeras curiosidades que envolvem o parto, a gestão e até mesmo na maneira de cuidar dos gêmeos?

Hoje, iremos abordar algumas dessas interessantes curiosidades.

Os tipos de gêmeos

Os gêmeos são divididos em três tipos: bivitelinos, univitelinos e xipófagos.

Bivitelinos: são irmãos não parecidos. Não existem coisas em comum, somente a idade e a data de nascimento. Eles são fecundados com dois óvulos e espermatozoides diferentes, como duas gestações diferentes, porém acontecendo ao mesmo tempo. Os bebês podem ser até de sexos diferentes, porém, ainda assim, é mais comum serem do mesmo sexo. Eles são o tipo mais comum ao engravidar de gêmeos.

Univitelinos: são os irmãos iguais. Quando os gêmeos são do mesmo sexo e extremamente parecidos. Somente um óvulo e espermatozoide são produzidos e divididos em dois fetos. Muitas coisas de como um óvulo consegue fecundar dois fetos ainda são um mistério.

Xifópagos: mais conhecidos como gêmeos siameses, são quando os irmãos nascem grudados por alguma parte do corpo. Acontece quando univitelinos não conseguem fazer a separação, assim sendo constituído somente com uma massa celular. Normalmente, eles são ligados pelos tórax, mas existem casos onde a ligação é feita pela cabeça ou outra parte do corpo. É o tipo de gêmeo mais incomum de acontecer, sendo que de quarenta gêmeos univitelinos, um tem chance de ser xifópago.


Como engravidar de gêmeos?

Uma das grandes informações que os casais, que querem ter gêmeos, buscam saber é se existe algum tipo de medicamento ou seguimento para ser feito e alcançar essa gestação múltipla. Existem alguns fatos e sugestões que auxiliam na concretização dessa sonhada gravidez:

  • Casos anteriores na família: um dos fatores para engravidar de gêmeos é a herança hereditária para a mulher. Essa herança hereditária só influência em engravidar de gêmeos bivitelinos, no caso os não iguais.
  • Engravidar depois dos 35 anos: estudos indicam que mulheres acima dos 35 anos possuem mais possibilidades de terem gêmeos, pois a produção de hormônios e óvulos aumenta consideravelmente, e com isso, aumentando muito a chance de terem uma gestação múltipla.
  • Consumo de alguns alimentos: existem casos, onde mulheres que ingeriram uma quantidade alta de inhame, batata-doce e lácticos conseguiram engravidar de gêmeos. Lácticos possuem possíveis hormônios que podem influenciar na geração de gêmeos, e a batata-doce e o inhame aumentar a gestão de hormônios.
  • Aumento de peso de maneira saudável: pessoas acima do peso possuem probabilidades maiores de engravidar de gêmeos, do que pessoas abaixo do peso.
  • Consulte um médico: além dessas quatro informações, existem outras milhares espalhadas pela internet, porém é muito importante consultar um médico antes de tomar qualquer atitude. Cada corpo reage de uma maneira diferente, então a opinião de um especialista é sempre a mais importante, para não acontecer algo errado ou ter alguma decepção.

Gêmeos de pais diferentes?

como engravidar de gêmeos?

Pode parecer extremamente estranho e confuso, porém, gêmeos podem ter pais diferentes. É muito raro casos como esses, pois a mulher deve ter relações sexuais com dois, ou mais, homens diferentes durante seu ciclo fértil, que dura entre quatro á sete dias, gerar e liberar dois óvulos em cada uma das relações e o espermatozoide de ambos fecundarem os dois óvulos. É extremamente complexo de acontecer, porém é possível.

Existem dois casos famosos, aonde essa situação veio à tona. Uma em 2008, com a americana Mia Washington, que engravidou do namorado e do amante. Ela somente descobriu, após as crianças completarem 11 anos e ela estar em dúvida sobre a aparência de ambos. Após o teste de DNA, veio à tona que ambos não eram filhos do mesmo pai.

Outro caso aconteceu neste ano (2016), onde uma vietnamita, onde a família estava supondo que poderiam ter ocorrido trocas de bebês na maternidade. Ao fazer o teste de DNA, também descobriram que os gêmeos tinham pais diferentes.

A diferença na gestação de gêmeos

Além de toda a tensão da espera de dois filhos, engravidar de gêmeos possui alguns perigos e curiosidades próprias.

São mais comuns os riscos em gestões de gêmeos serem maiores do que em gestões normais, pois a alimentação necessita ser diferenciada, até porque a mulher deverá comer por ela e por mais dois, para evitar doenças como anemia ou hipertensão.

Gestões comuns já tiram uma boa parte da vida útil da gestante, porem gestões múltiplas tirão o dobro dessa vida. Qualquer ação mais drástica, que fornece um esforço muito grande ou aumente o nível de estresse da grávida, pode causar algum problema na gestação.

Normalmente, a cesariana deverá ser recorrida. O nascimento de gêmeos requer muita força e polivalência das gestantes, e na maioria das vezes, o parto normal não é suficiente.

O pré-natal é obrigatoriamente mais cuidadoso, pois é necessário uma visão e acompanhamento maior dos especialistas. É comum também, o pré-natal ser feito por médicos acostumados e legíveis a cuidar de casos de gestões múltiplas.

Além do peso da gestante ser maior e o peso da criança ao nascer ser menor, pelo fato da divisão de nutrientes com o seu irmão na barriga da mãe.

É possível diferençar gêmeos idênticos?

Além de características como roupas, penteados, físicos e gostos pessoais, existem outras maneiras de diferenciar gêmeos idênticos:

  • Umbigo: são formados através da cicatriz do corte do cordão umbilical. Sendo assim, cada gêmeo tem o umbigo um pouco diferente.
  • Voz: apesar da igualdade em cada parte física, as vozes dos gêmeos podem sofrer pequenas diferenças, como ser um pouco mais alta ou mais grossa.
  • Impressões digitais: gêmeos iguais tem impressões digitais diferentes.
  • Doenças e características: apesar da igualdade em seus genes, os gêmeos univitelinos podem possuir doenças e características, como sardas e pintas, próprias de cada um.

São interligados

Existem muitas coisas que quando ocorre em um ocorre no outro também. Cria-se um laço muito grande entre eles, pelo fato de estarem interligados desde a fecundação do ovulo.

Eles choram juntos, e também se acalmam quando estão um próximo ao outro.

Em alguns casos, os cérebros deles estão tão interligados que um acaba sentindo o que o outro sente, porém isso não é totalmente comprovado.

Um sente extrema saudade do outro, mais do que irmãos normais, porém também criam uma disputa entre eles. Normalmente, o ciúme entre eles é maior do que com irmãos normais.

Existem mitos que dizem que gêmeos separados, vivem vidas parecidas, em relação a escolhas e caminhos. Nada disso foi realmente comprovado, porém existem casos onde gêmeos, após se separarem, tiveram uma vida, família e empregos totalmente iguais.

Engravidar de gêmeos está seguido de inúmeras curiosidades e peculiaridades, aqui foram abordadas algumas, e outras ficaram de fora. Porém, podemos ver que a gestação múltipla consegue ter toda sua diferença e desafio para os pais, porém sempre focando no principal que é o cuidado e carinho com os bebês.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...