Dipirona: um dos remédios mais consumidos no Brasil


Quem aí não tem uma cartela de dipirona na bolsa, ou na caixinha de primeiros socorros em casa? Este medicamento está entre os 10 mais vendidos anualmente no Brasil, e vem sendo utilizado de forma regular nas famílias brasileiras.

Também conhecido como metanizol, podendo ter a forma sódica ou magnésia (os dois possuem praticamente o mesmo efeito), a dipirona é utilizada como analgésico e antipirético em boa parte do mundo.

No entanto, apesar do seu consumo ser tão comum por aqui, este medicamente é banido em 30 países ao redor do mundo. Estados Unidos, Austrália, Japão, Suécia, Inglaterra e Colômbia, não permitem a comercialização e o uso dele por causa do risco de agranulocitose, que pode ocasionar óbito.

Como esta possibilidade é bastante rara, muitos países não o consideram como um risco e a sua comercialização ocorre normalmente. Este é o caso do nosso país e de Portugal, México, Espanha, Israel e até Rússia.

É possível identificar a dipirona com outros nomes comerciais e em estado genérico. Muitos outros medicamentos populares aqui no país não passam de dipirona, observe na lista abaixo alguns exemplos:

  • Anador;
  • Doralex;
  • Dorilan;
  • Novalgina.

Pra que serve a dipirona?

A dipirona é muito utilizada para combater os efeitos de gripes e resfriados no corpo, como a febre e as dores musculares. Ela também tem efeito positivo contra dores de origem traumática, oncológica, odontológica e pós-operatória.

Serve também como analgésico no combate de enxaquecas e cólicas (sejam elas uterinas, renais ou intestinais). Ela tem efeito parecido com anti-inflamatórios com a vantagem de não causar lesões nos rins e no estômago.

É importante salientar, no entanto, que em casos de doenças originárias de inflamação, como artrites ou reumatismo, o seu efeito é fraco. Sua ação é mais eficaz no tratamento de doenças que causam febre e dor.

A dipirona tem ação analgésica (combatendo as dores), antipirética (combatendo a febre) e antiespasmódica (combatendo todo tipo de cólica).

Contraindicações da dipirona

Todo remédio só pode ser consumido e manipulado após consulta médica. É o médico que pode prescrever o melhor medicamento para o tratamento da sua doença. Só ele sabe o tipo certo da dosagem e em que casos poderá ou não ser ingerido.

dipirona

Segue abaixo uma lista onde se apresentam fatores que fazem do uso da dipirona um risco:

  • Durante gravidez ou amamentação;
  • Bebês com menos de 3 meses ou com peso abaixo de 5 quilos;
  • Pessoas alérgicas à dipirona ou às pirazolonas e pirazolidinas;
  • Pessoas que possuem doença na medula óssea;
  • Pessoas com porfiria hepática aguda;
  • Pessoas com deficiência da glucose-6-fosfato-desidrogenase.

Dosagem da dipirona

É possível encontrar dipirona em diversas formas: comprimido, gotas, xarope, supositório e intravenoso (essa última sendo encontrada somente em hospitais). Para cada uma delas existe a dosagem correta, veja a seguir:

Intravenoso

Nesses casos a administração só é feita por agentes da área de saúde e provavelmente dentro de uma unidade médica. O médico que irá prescrever a quantidade e a duração.

Comprimidos (500 ou 1000mg)

  • Adultos e adolescentes acima de 15 anos: Máximo de dosagem diária é de 4000 mg, sendo que em uma dose individual contém de 500 mg a 1000 mg (O comprimido sendo de 1000 mg, a ingestão poderá ser feita até 4x ao dia);

Supositório (300 ou 1000mg)

  • Crianças com mais de 4 anos, a partir de 16 kg: Máximo de dosagem diária é de 1200 mg, sendo que em uma dose individual contém 300 mg (Poderá ser utilizado até 4 supositórios por dia);
  • Adultos e adolescentes acima de 15 anos: Máximo de dosagem diária é de 4000 mg, sendo que em uma dose individual contém 1000 mg (Poderá ser utilizado até 4 supositórios por dia);

Xarope (50 mg/ml) – Solução oral

  • Crianças de 3 a 11 meses, pesando entre 5 a 8 kg: Máximo de dosagem diária é de 10ml, sendo que em uma dose individual contém de 1,5 ml a 2,5 ml (Poderá ingerir uma dose de 2,5 ml até 4 vezes por dia);
  • Crianças de 9 meses a 3 anos, pesando entre 9 a 15 kg: Máximo de dosagem diária é de 20ml, sendo que em uma dose individual contém de 2,5ml a 5ml (Poderá ingerir uma dose de 5 ml até 4 vezes por dia);
  • Crianças de 4 a 6 anos, pesando entre 16 a 23kg: Máximo de dosagem diária é de 30ml, sendo que em uma dose individual contém de 3,75 ml a 7,5 ml (Poderá ingerir uma dose de 7,5 ml até 4 vezes por dia);
  • Crianças de 7 a 9 anos, pesando entre 24 a 30 kg: Máximo de dosagem diária é de 40 ml, sendo que em uma dose individual contém de 5 ml a 10 ml (Poderá ingerir uma dose de 10 ml até 4 vezes por dia);
  • Crianças de 10 a 12 anos, pesando entre 31 a 45 kg: Máximo de dosagem diária é de 60 ml, sendo que em uma dose individual contém de 7,5 ml a 15 ml (Poderá ingerir uma dose de 15 ml até 4 vezes por dia);
  • Crianças de 13 a 14 anos, pesando entre 46 a 53 kg: Máximo de dosagem diária é de 70 ml, sendo que em uma dose individual contém de 8,75 ml a 17,5 ml (Poderá ingerir uma dose de 17,5 ml até 4 vezes por dia);
  • Adultos e adolescentes acima de 15 anos: Máximo de dosagem diária é de 80 ml, sendo que em uma dose individual contém de 10 a 20 ml (Poderá ingerir uma dose de 20 ml até 4 vezes por dia).

Gotas (500 mg/ml) – Solução oral

  • Crianças de 3 a 11 meses, pesando entre 5 a 8 kg: Máximo de dosagem diária é de 20 gotas, sendo que uma dose individual é de 2 a 5 gotas (Poderá ingerir uma dose de 5 gotas até 4 vezes por dia);
  • Crianças de 9 meses a 3 anos, pesando entre 9 a 15 kg: Máximo de dosagem diária é de 40 gotas, sendo que uma dose individual é de 3 a 10 gotas (Poderá ingerir uma dose de 10 gotas até 4 vezes por dia);
  • Crianças de 4 a 6 anos, pesando entre 16 a 23 kg: Máximo de dosagem diária é de 60 gotas, sendo que uma dose individual é de 5 a 15 gotas (Poderá ingerir uma dose de 15 gotas até 4 vezes por dia);
  • Crianças de 7 a 9 anos, pesando entre 24 a 30 kg: Máximo de dosagem diária é de 80 gotas, sendo que uma dose individual é de 8 a 20 gotas (Poderá ingerir uma dose de 20 gotas até 4 vezes por dia);
  • Crianças de 10 a 12 anos, pesando entre 31 a 45 kg: Máximo de dosagem diária é de 120 gotas, sendo que uma dose individual é de 10 a 30 gotas (Poderá ingerir uma dose de 30 gotas até 4 vezes por dia);
  • Crianças de 13 a 14 anos, pesando entre 46 a 53 kg: Máximo de dosagem diária é de 140 gotas, sendo que uma dose individual é de 15 a 35 gotas (Poderá ingerir uma dose de 35 gotas até 4 vezes por dia);
  • Adultos e adolescentes acima de 15 anos: Máximo de dosagem diária é de 160 gotas, sendo que uma dose individual é de 20 a 40 gotas (Poderá ingerir uma dose de 40 até 4 vezes por dia).

Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (5 votes, average: 4,60 out of 5)
Loading...