Dengue hemorrágica


A dengue hemorrágica pode ser fatal e a prevenção é o melhor remédio. Neste artigo você vai ficar sabendo sobre a transmissão e/ou contágio, sintomas e tratamento da dengue hemorrágica.

Como acontece a transmissão da dengue hemorrágica?

A transmissão da dengue hemorrágica acontece através da picada do mosquito Aedes Aegypit, popularmente conhecido como mosquito da dengue, ou pernilongo da dengue.

O contágio acontece depois que o Aedes Aegypti pica uma pessoa infectada e depois ao picar uma outra pessoa ele transmite o vírus da dengue.

A dengue hemorrágica não pode ser transmitida de pessoa por pessoa, apenas o Aedes Aegypit é o vetor da doença.

  • Geralmente a dengue hemorrágica acomete com mais frequência, pessoas que foram contaminadas com dengue anteriormente.

Principais sintomas da dengue hemorrágica

Os sintomas da dengue hemorrágica e da dengue clássica conhecida como tipo 1, são basicamente os mesmos. Porém quando o indivíduo está infectado pela dengue hemorrágica, a febre cessa depois de aproximadamente 04 dias, porém depois deste período surgem hemorragias e/ou sangramentos nos vasos sanguíneos na pele e também nos órgãos internos. Fique alerta aos sintomas:


  • Vômitos persistentes.
  • Queda da pressão arterial.
  • Fortes dores abdominais de maneira contínua.
  • Sangramentos pela gengivas, bocas e nariz.
  • Confusão mental.
  • Dificuldade respiratória.
  • Manchas vermelhas na pele.
  • Boca seca e muita sede.
  • Palidez, pele fria e úmida.
  • Comportamento que varia entre a agitação e cansaço extremo.
  • Pulso rápido e fraco.
  • Perda de consciência.
  • Tosse e inflamação da garganta.
  • Olhos vermelhos.
  • Alteração da temperatura do corpo, provocando calafrios e excesso de suor.

Agravamento do quadro da dengue hemorrágica

O quadro clínico do indivíduo com dengue hemorrágica, pode se agravar rapidamente, apresentando sinais de insuficiência circulatória. Neste caso o paciente apresenta baixa circulação sanguínea levando o indivíduo a um estado de choque. Conhecida como síndrome do choque da dengue, quando não diagnosticada e tratada a tempo, pode levar o paciente a morte em até 24 horas.

Tratamento da dengue hemorrágica

Infelizmente não existe um tratamento especifico direcionado a dengue hemorrágica. O tratamento usual neste caso é:

  • Ingerir bastante liquido, afim de evitar a desidratação.
  • Em caso de febre e dores no corpo é recomendado o uso de paracetamol.

Quando a o quadro de dengue hemorrágica se agrava, o paciente precisa ser internado para um acompanhamento ambulatorial e em alguns casos mais graves a internação deve ser feita na UTI. Saiba como se dá o tratamento dos casos mais graves da dengue hemorrágica:

  • Hidratação endovenosa.
  • Transfusão de sangue.
  • Eletrólitos e soro intravenosos.
  • Oxigenoterapia em caso de baixo nível de oxigênio no sangue.
  • Cuidados intensivos do ambiente de UTI.

Diagnóstico da dengue hemorrágica

Dengue hemorrágica

Caso você esteja apresentando alguns dos sintomas citados acima, vá até um posto de saúde ou procure seu médico de confiança urgente, pois quanto mais rápido for feito o diagnóstico, menos risco de agravamento da dengue hemorrágica você terá. O diagnóstico pode ser feito através de exames físicos e laboratoriais.

Exames físicos para diagnóstico da dengue hemorrágica:

  • Glândulas inchadas.
  • Pulsação fraca.
  • Olhos avermelhados.
  • Erupção cutânea.
  • Garganta vermelha.
  • Pressão baixa.
  • Teste do torniquete.

Exames físicos para diagnóstico da dengue hemorrágica:

  • Contagem de plaquetas.
  • Testes serológicos.
  • Hematócrito.
  • Raio X do tórax para verificação de efusões pleurais.
  • Eletrólitos.

Prevenção da dengue hemorrágica

Para evitar a proliferação do ‘mosquito da dengue’ é preciso eliminar todos os pontos de água parada, pois são neles que as fêmeas colocam os ovos para se reproduzirem.

  • Vire garrafas de bico para baixo.
  • Elimine os pneus velhos.
  • Limpe sempre as calhas.
  • Lave sempre as vasilhas de água dos animais de estimação, inclusive dos passarinhos.
  • Coloque areia nos pratinhos que ficam em baixo dos vasinhos de flores.
  • Limpe regularmente seu aquário.
  • Faça a limpeza regular da piscina.
  • Permita que o agente de saúde visite seu lar para dedetização necessária dos ralinhos dentre outros.

 

Lembre-se: Dengue hemorrágica é coisa séria e portanto, deve ser tratada como tal, não somente visando a sua segurança, mas também visando a segurança das pessoas que você ama!


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...