Como curar terçol


O terçol é uma afecção que acomete nas pálpebras (olhos) e cujo tratamento é alvo de crendices e superstições. Porém você realmente sabe como curar terçol? Entenda um pouco mais sobre essa condição e suas formas de tratamento.

O que é terçol?

O hordéolo, popularmente conhecido como terçol, acontece devido à inflamação das glândulas palpebrais Zeis e Mol. Todas as lesões que ocorrem nas pálpebras podem ser consideradas e chamadas de terçol, porém há dois tipos: o que vem acompanhado de infecção (terçol) e o que não vem acompanhado de lesão (calázio).

O terçol aparece nas bordas das pálpebras (superior e inferior), próximo à linha dos cílios e é acompanhado dos sinais clássicos de infecção bacteriana (bactéria estafilococos): dor (ao toque e ao movimentar as pálpebras), aquecimento do local (calor) e rubor (vermelhidão).

O chalázeo, popularmente chamado de calázeo, ocorre devido à inflamação de outra glândula palpebral, o Meibômio. Como não há a presença de bactérias, não há infecção e, portanto, é um pouco mais simples de ser tratado.

O calázeo, mesmo depois de ficar sob controle, pode apresentar uma espécie de calombo na pálpebra que nada mais é do que o líquido produzido pelo Meibônio que, por sua vez, não consegue excretá-lo de maneira adequada.

Embora seja relativamente simples de ser tratado, quando a incidência de calázios for frequente, há a necessidade de consultar um oftalmologista para a investigação de algo mais sério na refração ocular.


Tanto o terçol como o calázio dão sinais dois a três dias após o quadro instado. Nos casos mais simples, não é preciso ir ao médico ou aplicar técnicas mirabolantes de como curar terçol. Em outros casos, entretanto, uma ajudazinha caseira é muito bem vinda.

Sintomas do terçol

Quando há a presença do calombo, dificilmente um terçol passa despercebido. Seus sintomas principais são:

  • Vermelhidão.
  • Inchaço na pálpebra e em toda região do olho afetado (também pode ocorrer nos dois olhos ao mesmo tempo).
  • Dor e sensibilidade na pálpebra.
  • Calombo na pálpebra.
  • Pode haver a presença de pus (um ponto amarelo no centro do calombo).

As diferenças sintomáticas entre o terçol e o calázeo:

  • O calázio não apresentador, enquanto que o terçol, sim.
  • Em linhas gerais, o calázio ocorre na parte interna da pálpebra e o terçol pode ocorrer ao longo da linha ciliar.
  • Por não ter origem bacteriana, a evolução do calázio pode ser mais lenta e demorar muitos dias, ou até semanas, até desaparecer.
  • O calombo do calázio pode alcançar um tamanho muito grande, chegando a dificultar a abertura dos olhos e dificultar a visão.
  • Geralmente, o calázio desaparece do mesmo modo que apareceu, ou seja, sem qualquer motivo. Em alguns casos, principalmente se ele cresce muito, é necessário realizar uma pequena cirurgia no local para removê-lo.
Como curar terçol?
Foto: Reprodução

Alguns sintomas indicam que você precisará de ajuda médica para entender como curar terçol. São eles:

  • Nenhuma melhora dos sintomas e da aparência do olho acometido em até 48 horas.
  • Bloqueio, embaçamento e piora da movimentação ocular e da visão.
  • Lacrimejar excessivo e que mude de consistência e aparência com o passar das horas.
  • Dor extrema que o impossibilite de realizar suas funções diárias corretamente.

Algumas observações gerais:

  • Em hipótese alguma espremer o calombo em casa deverá ser considerado uma forma de como curar terçol. A infecção bacteriana pode se espalhar e haver o agravamento do quadro. Ao procurar um médico, caso seja necessário, ele realizará esse procedimento com todas as precauções necessárias para que a infecção fique controlada.
  • O indivíduo acometido pelo terçol deve ter uma tolha exclusiva para seu uso, pois a infecção bacteriana é altamente contagiosa. Enquanto o terçol estiver ativo, ele não deverá compartilhar roupas e objetos de uso na face com outras pessoas, evitando que o terçol se espalhe.
  • Ao higienizar o local da infecção, o indivíduo deve lavar bem as mãos: antes, para não contaminar ainda mais a área, e depois, prevenindo que a infecção contagie as pessoas com quem tem contato.

É possível curar terçol?

Embora algumas pessoas acham que uma das formas de como curar terçol de maneira eficaz seja esfregar uma aliança ou uma colher aquecida sobre o terçol, embora não exista nenhuma comprovação cientifica sobre isso. Nos casos mais complicados, como os que apresentarem pus, o oftalmologista indicará antibióticos e analgésicos. Nos outros casos, as técnicas de curar o terçol incluem a aplicação de compressas quentes e o uso de analgésicos (se necessário). Na dúvida, procure um oftalmologista.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (2 votes, average: 3,00 out of 5)
Loading...