Cisto de Naboth


A saúde do aparelho reprodutor feminino (útero e ovários) é muito importante para as mulheres que se encontram em idade fértil. O útero, em especial, é suscetível a várias alterações, muitas vezes silenciosas (que não apresentam sintomas), como o cisto de Naboth.

As visitas ao ginecologista devem ser frequentes para que qualquer alteração nesses órgãos delicados seja tratada o quanto antes.

O que é o Cisto de Naboth

As glândulas que se encontram na mucosa do colo uterino são chamadas de glândulas de Naboth. O colo do útero, também chamado de cérvix ou canal cervical, é a ligação entre a vagina e o útero.

O cisto de Naboth acontece quando o ducto ou passagem dessas glândulas são obstruídos e há um acúmulo de secreção. Quando o epitélio escamoso estratificado da exocérvice (que cresce em direção há vagina) cresce sobre o epitélio colunar simples (que cresce em direção ao útero), há o bloqueio da passagem das glândulas de Naboth. Esse acontecimento leva ao acúmulo de secreção que é uma espécie de muco.

Conforme a quantidade de secreção vai aumentando, nódulos (ou cistos) lisos, arredondados e de cor esbranquiçada, vão aparecendo nas paredes uterinas. Eles podem ficar tão grandes que é possível senti-los durante o exame ginecológico.

cisto de naboth


O cisto de Naboth pode aparecer isoladamente ou em grupos e, embora não representem uma ameaça à vida da mulher, podem indicar algum foco infeccioso ou irritação no colo do útero. Os cistos também aparecem quando o colo do útero sofre algum trauma e, em alguns casos, aparecem como resultados do parto vaginal.

Um detalhe curioso é que o cisto aparece mais em mulheres que estão na idade reprodutiva, principalmente naquelas que já são mães.

Atenção, a presença do cisto no útero não significa a presença de câncer de útero!

Sintomas do Cisto de Naboth

O cisto de Naboth, conforme mencionado, é uma condição silenciosa, ou seja, não apresenta sintomas como dor. Entretanto, apesar de não apresentar sintomas, ele é uma indicação de algo mais sério acontecendo na região.

Comunique imediatamente ao seu médico caso você apresente sangramentos ou corrimentos e dores abdominais ou pélvicas, pois estes podem ser sintomas de alterações mais graves na região cervical.

Por isso, é preciso investigar, através de exames complementares, a existência de infecções, inflamações ou irritações do colo uterino e de todo a aparelho reprodutor feminino. As situações que podem causar as infecções ou inflamações da parede uterina são várias, porém podem também ser causadas pela clamídia, sífilis ou pela candidíase, por exemplo.

Nesse caso, será necessário o uso de antibióticos cujas dosagens e tempo de utilização vão depender da gravidade do foco infeccioso e serão determinados pelo seu ginecologista.

Os cistos são benignos, mesmo assim, a colposcopia e a biópsia podem ser utilizadas como exames complementares para que seja possível descartar outras lesões e comprometimentos da parede uterina.

Tratamento do Cisto de Naboth

Como regra geral, o cisto de Naboth não precisa de tratamento. Na maioria das vezes, eles desaparecem espontaneamente sem causar maiores problemas.  Não existe método de prevenção conhecido para os cistos.

Em alguns casos, porém, ele pode crescer tanto que chega a alterar a forma do útero. Se isso acontecer, o ginecologista pode eliminar o cisto através da eletrocauterização, realizada no próprio consultório, sem necessidade de internação.

A extração do cisto de Naboth através da eletrocauterização não é garantia de que as recidivas não acontecerão. Os cistos podem reaparecer depois de certo tempo. Algumas mulheres relatam o fato de os cistos aparecerem e desparecerem conforme seus ciclos menstruais.

Para as mulheres que estão tentando ou que desejam engravidar, o cisto não possui relação alguma com a infertilidade, não impede a fecundação e não apresenta risco nenhum durante a gestação.

Os cistos também não causam aborto e nem induzem ao parto prematuro, portanto, as gestantes portadoras dos cistos podem ficar tranquilas pois não terão qualquer problema nesse sentido.

Considerações finais

Para garantir a saúde do aparelho reprodutor feminino, as visitas ao ginecologista e os exames de rotina são de fundamental importância. Muitas alterações que ocorrem no colo do útero e no útero são silenciosas e somente poderão ser tratadas quando visualizadas e diagnosticadas através dos exames.

O cisto de Naboth não apresenta risco à saúde, mas um acompanhamento se faz necessário para evitar problemas mais sérios.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (16 votes, average: 4,50 out of 5)
Loading...