Benziflex


Espasmos musculares, apesar do nome, que pode parecer intimidador, são algo comum do ser humano, e que serve, muitas vezes, como uma reação do corpo humano a alguma inflamação presente no organismo.

Esses movimentos musculares são contrações involuntárias dos músculos ou nervos em resposta a algum dano que a região, onde ocorreu a reação, está sofrendo. Lesões como lombalgias e torcicolo estão entre as principais a receberem essas respostas nervosas e/ou musculares.

Apesar de ser uma ação protetora e involuntária do corpo, esses movimentos podem causar diversos sintomas de dor à pessoa. Por isso, diversos remédios foram surgindo para iniciar um tratamento efetivo para controlar eles.

Entre os principais, um que ganha muito destaque, e é muito recomendado pelos médicos especialistas aos seus pacientes, é o medicamento Benziflex.

Assim, hoje, nesse artigo, iremos abordar detalhes importantes e essenciais presentes em sua bula, além de dicas de utilização e precauções necessárias para quem irá iniciar o uso dele.

Para que serve o Benziflex

Benziflex


Como citado na introdução inicial, o medicamento Benziflex, que possui a substância miorrelaxante Cloridrato de Ciclobenzaprina como princípio ativo, é indicado para usar no tratamento, e alívio dos sintomas, de espasmos musculares doloridos e associado a etiologia músculoesquelética, como lombalgias, torcicolos, fibromialgia, periartrite escapuloumeral e cervicobraquialgias.

Como sempre vale indicar, apesar de saber a indicação de uso do remédio, é sempre essencial buscar orientação e recomendação de um médico especialista antes de iniciar o tratamento.

Como funciona o Benziflex

O medicamento possui o Cloridrato de Ciclobenzaprina como princípio ativo da sua fórmula e ação no organismo. O componente é um relaxante muscular, mais especificamente um miorrelaxante. Ao ter a ação iniciada no organismo, que demorá cerca de uma hora, após a ingestão, para acontecer, o medicamento irá agir diretamente no alívio do espasmo muscular da região inflamada, porém sem interferir e afetar na função muscular ou no sistema nervoso central. O Cloridrato ainda consegue ter uma ação efetiva em reduzir o tônus motor e o tônus muscular aumentado, aliviando os sintomas de dor. A duração de efetividade do Ciclobenzaprina é de 12 horas dentro do organismo dos pacientes, com sua eliminação ocorrendo na excreção renal.

Como usar Benziflex

O produto só pode ser utilizado de maneira oral. A comercialização do Benziflex é apresentada em forma de comprimido revestido de 5mg e 10mg. Ele não deve ser partido no meio ou mastigado, e engolido por inteiro junto a uma quantidade de líquido, para descer corretamente.

A posologia recomendada, normalmente, é de 20 a 40 mg em administração de duas a quatro doses diárias, variando entre 12 horas de dose a dose. O limite máximo de ingestão é de 60 mg por dia, ultrapassando isso, já pode ser considerado superdosagem e é necessário buscar ajuda de um médico com urgência.

Apesar da dose recomendada, nunca o utilize por contra própria, buscando sempre orientação médica para não usar de maneira inadequada e correr risco de trazer sérios problemas a sua saúde.

Caso ocorrer esquecimento da utilização do medicamento, diante dos horários pré-determinados pelo médico, use assim que relembrar, porém, caso for lembrado próxima dose seguinte, pode pular e continuar com a posologia normalmente. Nunca tome duas doses ao mesmo tempo para tentar compensar uma não ingerida.

Benziflex da sono?

Por ser um relaxante muscular, Cloridrato de Ciclobenzaprina tem como um dos efeitos colaterais, ao paciente que usar Beneziflex, a sonolência. Então sim, o medicamento da sono.

Benziflex engorda?

O paciente que inicia qualquer novo tratamento com um medicamento, sempre terá a dúvida e medo se uma das reações adversas que podem acontecer é o ganho de alguns quilos a mais.

No caso do Cloridrato de Ciclobenzaprina, ele não possui o efeito colateral de engordar, porém ele poderá ter uma ação de reter líquido do organismo, dando a sensação da pessoa estar mais gorda, mesmo não estando.

Outro cuidado que tem que tomar, a utilização do Benziflex irá causar sono e fadiga ao paciente, como citado no tópico anterior, fazendo ele praticar menos exercícios físicos diários. Por isso, durante o tratamento com comprimidos de Cloridrato de Ciclobenzaprina, é importante, se possível, manter uma alimentação saudável.

Precauções do Benziflex

Existem algumas precauções, presentes na própria bula do Benziflex, que devem ser seguidas pelo paciente antes de dar inicio ao tratamento utilizando o remédio. São elas:

  • Quando a dose utilizada for maior do que a recomendada pelo médico especialista, existe possibilidade de ocorrer efeitos colaterais perigosos no sistema nervoso central.
  • Benziflex tem interação medicamentosa com monoaminoxidase.
  • Pacientes que possuem, ou já tiveram, taquicardia, hipertrofia prostática, retenção urinária, glaucoma de ângulo fechado ou/e pressão intraocular elevada deve utilizar o remédio com muito cuidado e cautela, além de precisar informar o médico antes do início do tratamento.
  • Paciente que esteja utilizando alguma medicação anticolinérgica, deve usar o Benziflex com muito cuidado e cautela, além de precisar informar o médico antes do início do tratamento.
  • Pacientes que estão se recuperando de um infarto do miocárdio ou nas arritmias cardíacas, insuficiência cardíaca congestiva ou bloqueio cardíaco não deve utilizar o Benziflex.
  • O tratamento superior a três semanas, deve ser feito com orientação e acompanhamento médico próximo.
  • O paciente deve informar o médico ou cirurgião-dentista se estiver utilizando algum outro medicamento antes do início do tratamento.
  • Não utilize o Benziflex por conta própria, pois pode ocorrer diversos perigosa a sua saúde.

Efeitos colaterais do Benziflex

Como muitos medicamentos, o Benziflex pode trazer alguns efeitos colaterais aos pacientes que estão fazendo de seu uso. Os principais que podem ocorrer são:

  • Sono em excesso, fadiga e debilidade
  • Boca seca
  • Vertigem, ficar zonzo e confusão
  • Náuseas, desconforto digestivo, vômitos, diarreia e flatulência
  • Dificuldade na evacuação e retenção das fezes
  • Sabor desagradável na boca
  • Problemas para enxergar
  • Dor na cabeça
  • Irritação, nervosismo e agitação
  • Mal estar
  • Taquicardia
  • Palpitação
  • Vasodilatação
  • Hipotensão
  • Gastrite
  • Inchaço na língua
  • Rigidez dos músculos
  • Tremores
  • Convulsões
  • Insônia e alucinações
  • Depressão
  • Suor excessivo
  • Alteração na frequência urinária

Informe o médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico no surgimento de qualquer um dos efeitos colaterais citados acima, ou qualquer outro. Faça uma notificação ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA.

Composição do Benziflex

A composição de cada comprimido revestido de 5 mg contém:

  • 5 mg de Cloridrato de ciclobenzaprina
  • Excipientes, que completam a formulação: Lactose monoidratada, celulose microcristalina, croscarmelose sódica, fosfato de cálcio tribásico, estearato de magnésio, hipromelose + macrogol, dióxido de titânio, óxido de ferro amarelo.

A composição de cada comprimido revestido de 10 mg contém:

  • 5 mg de Cloridrato de ciclobenzaprina
  • Excipientes, que completam a formulação: Lactose monoidratada, celulose microcristalina, croscarmelose sódica, fosfato de cálcio tribásico, estearato de magnésio, hipromelose + macrogol, dióxido de titânio, óxido de ferro amarelo.

Superdosagem

Doses acima do recomendado pelo médico de Benziflex, principalmente pela alta ingestão de cloridrato de ciclobenzaprina, pode causar os seguintes efeitos colaterais:

  • Confusão
  • Problemas de concentração
  • Alucinações
  • Agitação
  • Reflexos involuntários em excesso
  • Rigidez muscular pela manhã
  • Vômitos

Em caso de superdosagem, com o uso acima do permitido da dose, é necessário procurar ajuda médica com urgência, levando a embalagem e bula do produto.

Interação medicamentosa

O Benziflex possui algumas interações com outros medicamentos e interferência no resultados de alguns exames. Os principais casos que podem ocorrer são:

  • A substância Cloridrato de Ciclobenzaprina pode aumentar o efeito do álcool, dos barbituratos e dos outros depressores do sistema nervoso central.
  • Para utilizar IMAO, é importante ter um intervalo de duas semanas da utilização do Benziflex, para não ocorrer nenhum efeito colateral.
  • É importante ter cautela ao usar Cloridrato de Ciclobenzaprina junto com inibidores da recaptação de serotonina, antidepressivos, buspirona, meperidina, tramadol, bupropiona e verapamil.
  • Medicamentos antidiscinéticos e anticolinérgicos tem seu efeito aumentado quando utilizado junto com o Benziflex, podendo causar diversos problemas gastrintestinais.
  • Segundo estudos, o medicamento ainda não interfere diretamente em resultado de nenhum exame médico.

Armazenamento do Benziflex

É importante manter o produto em um lugar seco, protegido da luz e em temperatura ambiente. Não jogar a embalagem original fora.

Preço de Benziflex

O produto pode ser encontrado comercializado em qualquer uma das farmácias populares no Brasil. É necessário a receita médica para sua aquisição, sendo assim, obrigatório, buscar orientação de um médico antes de dar início ao tratamento.

A caixa com 15 comprimidos revestidos de 10 mg é encontrada por um preço variante entre R$15 a R$25.

A caixa com 15 comprimidos revestidos de 5 mg é encontrada por um preço variante entre R$12 a R$20.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...