Ardência na vagina

Milhares de mulheres reclamam de ardência na vagina, coceira, corrimento e dores no momento de manter relações sexuais. Muitas vezes tais sintomas não representam algo mais grave, porém é sempre bom ficar atento aos sintomas e sempre buscar orientação médica.

A ardência na vagina é bastante desconfortável e causa bastante incomodo, pode ser causada por vaginismo, alergia ao preservativo e candidíase, dentre outros. Neste artigo você vai saber mais sobre o que pode causar essas ardências e quais podem ser o tratamento para aliviar tal sintoma.

O que pode causar ardência na vagina?

Conheça algumas patologias que podem causar ardência na vagina, se por ventura se identificar com alguns dos sintomas procure um médico.

  • Candidíase pode causar ardência na vagina -> A candidíase acomete as mulheres geralmente quando elas estão com baixa imunidade e é causada por fungos. A candidíase é uma doença oportunista, geralmente ela surge após o uso de alguns medicamentos, como por exemplo, anticoncepcionais, antibióticos, corticoides, imunossupressores, entre outros. Também pode surgir após o período gestacional e após o contagio por HPV.
    Sintomas da candidíase: Corrimento branco sem odor desagradável, coceiras, ardência, dor intensa durante o ato sexual.
    Ardência na vagina
    Tratamento: Seu ginecologista deve prescrever o tratamento mais adequado, que pode ser através de pomadas locais, comprimidos antifúngicos.
  • Vaginismo pode causar ardência na vagina -> Algumas mulheres apresentam o quadro de vaginismo. O vaginismo causa contração muscular durante o ato sexual, esta contração vaginal pode ocorrer por nervosismo, ou medo durante o ato sexual. O vaginismo causa bastante desconforto, dor, ardência na vagina e até mesmo algumas infecções.
    Tratamento: O médico ginecologista vai prescrever o melhor tratamento, para este também é recomendado terapia.
  • Gardnerella pode causar ardência na vagina -> Gardnerella é causada por bactérias que levam a vaginose.
    Sintomas da gardnerella: Corrimento amarelo o cinza, ardência, mal odor após a relação sexual, bolhas na região da vagina. As causas que levam a vaginose pode ser por alguma alteração na flora vaginal ou mesmo por sexo sem proteção.Tratamento: O ginecologista deve ser informado a respeito dos sintomas, geralmente o tratamento se dá através de antibióticos.
  • Alergia ao preservativo pode causar ardência na vagina -> Muitas mulheres desenvolvem alergia a camisinha. Esta alergia ao preservativo causa dores, ardência e pode causar pequenos cortes na região. Nestes casos é recomendado o uso de preservativo hipoalérgico. Nunca faça sexo sem camisinha.
  • Falta de lubrificação vaginal durante o ato sexual pode causar ardência na vagina -> Quando a mulher vai manter relação sexual, se ela não estiver devidamente excitada o ato sexual causa ardência por falta de lubrificação. Caso a mulher tenha naturalmente pouca lubrificação, busque informações com seu ginecologista. Geralmente a indicação é de uso de lubrificantes, que podem ser comprados nas farmácias. Use apenas os lubrificantes recomendados pelo ginecologista. Cremes, géis de origem duvidosa e receitinhas caseiras, não devem ser usadas.
  • Higienização mal feita pode causar ardência na vagina -> É preciso ter cuidado com a higienização da vagina, principalmente depois do ato sexual e período menstrual. O uso da ducha higiênica e sabonetes íntimos para manter o PH da vagina é recomendável.

 

Alerta -> Caso você tenha incômodos constantes durante as relações sexuais, entre eles a ardência na vagina, você precisa procurar seu ginecologista para que os exames necessários sejam feitos e caso necessário prescreva um tratamento.

Considerações finais

São várias as patologias que podem causar ardência na vagina. São raras as vezes que a ardência na vagina indica um problema de saúde mais sério. Porém faça a prevenção anual com seu ginecologista. A prevenção é necessária para combater entre outras doenças o câncer.