O anticoncepcional Yasmin se destaca no mercado pela alta tecnologia e qualidade


O anticoncepcional Yasmin é um comprimido revestido, de uso oral adulto, que combina a ação de dois hormônios: 3 mg de Drospirenona e 0,03 mg de Etinilestradiol. Os benefícios vão além do método contraceptivo, também tem comprovada eficácia no tratamento à retenção de líquidos de origem hormonal, combatendo também os sintomas.

Entre os diferenciais deste medicamento, podemos destacar que proporciona a redução do nível de oleosidade da pele, amenizando os cravos e espinhas na pele (deixando a pele mais bonita); inibe a ovulação e altera a secreção cervical (no colo uterino). O uso do medicamento é indicado a mulheres que buscam formas de evitar a gravidez.

É importante assinalar as contraindicações do medicamento, possibilitando uma autoavaliação. Caso identifique alguma, interrompa o uso e procure um especialista (ginecologista):

  • Histórico de trombose
  • Histórico de ataque cardíaco ou angina (dores no peito)
  • Histórico de enxaqueca (nos casos em que for acompanhada de adormecimento em outra parte do corpo)
  • Casos de doença grave no fígado
  • Histórico de câncer que tenha sido desenvolvido por influência de hormônios sexuais (ex. câncer de mama)
  • Pessoas com mau funcionamento dos rins
  • Sangramento vaginal sem origem definida
  • Casos de gravidez ou suspeita
  • Alergia a algum componente do medicamento.

É importante estar atento à administração das doses do medicamento

A ingestão deve ser no período de 21 dias, observando sempre o mesmo horário. Antes de iniciar uma nova cartela, após o tempo decorrido, é importante respeitar o intervalo de 7 dias, retornando o tratamento no oitavo dia. Manter esta rotina pode evitar o chamado “sangramento de privação hormonal”, causado pela ausência de hormônios anticoncepcionais.


O “sangramento de privação hormonal” sinaliza que após o intervalo de 7 dias, ao final da cartela, a mulher demorou entre 2 e 3 dias para retomar o tratamento. Se a partir do 3º dia a cartela não for reiniciada a menstruação chega.

Fora o “sangramento de privação hormonal”, a mulher pode sangrar em outras situações:

  • Escape ou sangramento do meio: pode acontecer durante o prazo de adaptação do medicamento (3 meses), na metade do uso da cartela; mesmo que o consumo seja regrado (sempre no mesmo horário, consumindo toda a cartela sem esquecer de tomar). Mas isso não diminui a eficácia do anticoncepcional;
  • Nidação: pode ocorrer no meio do ciclo, quando a mulher fica grávida.

No caso de esquecimento de tomar um comprimido da cartela, tome-o assim que lembrar. O ideal é respeitar o período de 12 horas, no máximo, referente ao horário rotineiro de ingestão!

Sobre a eficácia do anticoncepcional Yasmin

anticoncepcional yasmin

Informações do fabricante (Bayer) indicam que o organismo só se acostuma com o anticoncepcional a partir da 3ª semana de ingestão, começando, de fato, o efeito contraceptivo. O cuidado na ingestão diária do medicamento contribui para a eficácia dos resultados; mesmo assim, é importante ressaltar que nenhum método anticoncepcional tem eficácia de 100%.

No caso do anticoncepcional Yasmin, o índice de falha fica em torno de 1% no período de um ano. Este resultado é esperado quando realizado o uso correto da cartela, e sem interferências, como por exemplo o uso de medicamentos que atrapalhem a absorção (os antibióticos e anticonvulsivantes) ou em casos em que a mulher tem vômito ou diarreia. Durantes esse período use “camisinha”.

Fique atenta! O seu médico precisa estar ciente de todo medicamento que estiver sendo usado junto com o anticoncepcional Yasmin, para que seja feita um acompanhamento!

O que é importante dizer sobre os efeitos colaterais!

Nos primeiros meses, naturalmente, acontece o período de adaptação do anticoncepcional Yasmin (pode durar de 3 a 4 meses). Nesta fase inicial é comum a mulher sentir náuseas, dor de cabeça, dor nas mamas, impressão de inchaço principalmente no abdômen e extremidades, acne etc.

Não se preocupe, tais sintomas são amenos e duram pouco tempo! Não desista no medicamento, se for o caso de os sintomas se intensificarem ou persistirem procure um médico e agende uma consulta. A avaliação é importante nessas situações.

Considerado um dos anticoncepcionais mais recomendados pelos ginecologistas, o Yasmin, além de todos os benefícios, causa pouco efeito colateral.

Dica: quer usar outro anticoncepcional? Conheça o Selene ou o Cerazette.

Benefícios do anticoncepcional Yasmin

  • Previne a gravidez
  • Reduz os sintomas da TPM
  • Trata a acne
  • Previne a síndrome do ovário policístico
  • Diminui a retenção de líquido e o inchaço
  • Tem baixa dosagem hormonal.

Entendendo diferença entre os anticoncepcionais Yasmin e Yasmin 21 + 7

Numa abordagem simples, o anticoncepcional Yasmin 21 + 7 foi desenvolvido para prevenir o esquecimento do uso do medicamento. Com isso, a mulher terá a opção de comprar o medicamento em uma cartela contendo 21 comprimidos revestidos mais 7 comprimidos brancos.

No caso de adotar a versão com 28 comprimidos, o processo é o mesmo: tomar um comprimido por dia (durante 21 dias) e, ao final, no que seria a pauta de 7 dias, a mulher vai ingerir os comprimidos brancos. Ou seja, não haverá interrupção na ingestão de comprimidos, que devem estar no final da cartela. No oitavo dia, deve retomar o uso dos comprimidos revestidos.

Ambos têm a mesma eficácia, desde que sejam tomados corretamente e sem interrupções; além do mesmo efeito colateral!

O uso contínuo do anticoncepcional Yasmin não impossibilita ou dificulta a reprodução da mulher. Pois o medicamento não se acumula no organismo. Caso queira engravidar, em situações normais, é só interromper a utilização e aguardar alguns meses para o resultado do exame de gravidez. Mas, o tempo pode variar de acordo com a pessoa, existem relatos de mulheres que ficaram grávidas logo no primeiro mês depois de interrompido o uso.

Fica a dica! Só interrompa o uso do medicamento se quiser engravidar ou quando houver uma direção médica. É importante relembrar que nenhum mecanismo anticoncepcional tem 100% de eficácia. Existem procedimentos indicados para os casos de esquecimento, mas somente amenizam os danos.

Mesmo usando diariamente o anticoncepcional Yasmin, e cumprindo a rotina à risca, pode acontecer a gravidez! O uso da “camisinha” é uma questão de consciência, e é muito importante, inclusive na prevenção dos riscos de contaminação com doenças sexualmente transmissíveis.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...