Amaranto: o grão que previne doenças e ajuda a emagrecer


Rico em proteínas, cálcio, ferro, fibras, fósforo e magnésio o amaranto é uma excelente ajuda para a saúde do corpo humano. Trata-se de um grão que faz parte da família Amaranthaceae que tem sido eficaz para regular a pressão arterial, estabilizar os níveis de colesterol e inibir o aparecimento e desenvolvimento de tumores malignos.

Por ser rico em fibras ele também tem potencial para auxiliar a perda de peso, e para um melhor funcionamento do intestino. O amaranto também fortalece o sistema imunológico do corpo evitando que agentes estranhos o invadam e causem danos.

Como posso consumir o amaranto?

Por se tratar de um grão, existem várias formas de consumir o amaranto. Muita gente não sabe, mas é possível fazer pipoca com ele, da mesma forma que fazemos com o milhos. A forma de produção é a mesma, coloca uma colher de sopa do grão em uma frigideira com olho, tampa e espera começar a estoura.

O sabor é muito agradável e por isso é uma ótima forma de substituição alimentar visando os benefícios para a saúde. O amaranto também pode ser consumido em saladas ou sendo substituído pelo feijão ou arroz. Também pode ser adicionado em sopas.

O seu floco pode ser misturado com sucos, vitaminas, iogurtes e adicionados a frutas. Inove nas formas de utilização do amaranto, procure uma forma que te agrade mais, que dê mais sabor, para que o consumo desse grão se torne um hábito. Com isso a sua saúde será muito beneficiada.

Existe algum risco de consumo excessivo do amaranto?

Quase tudo em excesso faz mal e não é diferente com o amaranto. Como ele é um alimento rico em proteínas, ingerir muito desse grão pode prejudicar o bom funcionamento de alguns órgãos, como do fígado e dos rins. Outro fator de risco no consumo em excesso é o ganho de peso. O amaranto é rico em carboidratos e o consumo exagerado faz com que a pessoa engorde.


Quais são as contraindicações?

São dois os grupos de risco: pessoas portadoras de diabetes e pessoas com doenças renais.

No caso dos pacientes com diabetes, o consumo do amaranto não é aconselhado porque ele pode elevar o nível de glicemia no organismo, podendo levar a uma hiperglicemia que poderá agravar a diabetes.

Já no caso dos pacientes com problemas renais o risco é que o nutriente, que é rico em proteínas, sobrecarregue e afete negativamente o funcionamento dos rins.

Mulheres grávidas são recomendadas a não consumir o alimento visto que não existem pesquisas suficientes que assegurem que não haverá problema de desenvolvimento do feto ou algum malefício para a própria mãe.

Amaranto ajuda a ganhar massa muscular

Esse grão já é muito conhecido nas academias e entre os praticantes de atividades físicas. Um dos efeitos positivos que ele causa é após o treino. É comum que a musculatura do corpo fique dolorida após a prática de atividades, o consumo do amaranto colabora para a regeneração da musculatura inibindo as dores causadas.

Outro importante benefício é a quantidade de aminoácidos que contém. O ser humano precisa adicionar aminoácidos à dieta porque o organismo não produz alguns, o amaranto então colabora com isso.  Também é possível utilizar o grão junto ao Whey Protein, já que ele é rico em proteínas e ajuda que o indivíduo ganhe massa muscular.

Existe uma quantidade recomendada de consumo?

Mesmo sendo um produto natural é muito importante que você se consulte com um nutricionista. Ele poderá avaliar seu estado físico e de saúde e poderá recomendar a melhor forma de tratamento para que você fique com o corpo desejado.

No entanto, o que se sabe é que o comum é a recomendação de consumo de duas a três colheres de sopa de amaranto por dia. Acima disso é considerado excesso e como vimos pode causar alguns sintomas desagradáveis.

Benefícios do uso do amaranto

amaranto

  • Como vimos logo no início do post, são muitos os benefícios que o consumo do amaranto pode causar a saúde como um todo do indivíduo. Resolvemos por isso colocar mais abaixo uma lista com os possíveis benefícios do grão ao corpo humano.
  • Faz bem para o coração: Segundo algumas pesquisas e estudos realizados, o amaranto tem potencial para reduzir o colesterol ruim por ser rico em fitoesterois;
  • Quem não pode comer glúten pode comer amaranto: O grão não contém glúten e se torna mais uma opção para os que têm intolerância.
  • Previne doenças cardiovasculares: Como é um alimento funcional, estudos constataram que o óleo de amaranto ajuda a prevenir e a tratar doenças cardiovasculares como a obesidade, a hipertensão, o colesterol e a diabetes;
  • Reduz Inchaço: Esse benefício acontece por causa da sua propriedade adstringente.
  • Emagrece: O amaranto é rico em fibras por isso ele ajuda para que o indivíduo tenha a sensação de saciedade, impedindo a ingestão em excesso de alimentos. Além disso, as fibras também ajudam o intestino a funcionar da melhor forma, fazendo com que a gordura seja absorvida e expulsa do corpo.
  • Previne o câncer: As sementes de amaranto tem compostos fitoquímicos, como a rutina, os pepitídeos e o nicotiflorin. Além de eles auxiliarem a inibir os riscos da hipertensão, eles são eficientes também contra o desenvolvimento de alguns tipos de câncer.
  • Fonte de lisina.

Receitas com amaranto

Suco de amaranto (recomendado para o pós-treino)

Para essa receita é necessário misturar 50 grama de amaranto em um copo de 300 mililitros de suco de abacaxi. Esse suco diminui as dores musculares e melhora o tempo de recuperação de contusões.

Granola de amaranto

Ingredientes

  • 1/3 de xícara de flocos de arroz;
  • 1/2 xícara de amaranto em flocos;
  • 1 colher de sopa de óleo de coco;
  • 1 xícara de flocos de milho;
  • 4 colheres de sopa de azeite extra virgem;
  • 30 g de amêndoas laminadas;
  • 4 colheres de coco ralado;
  • 30 g de nozes picadas;
  • 30 g de castanha do Pará;
  • 30 g de damascos picados;
  • 30 g de goji berry;
  • 30 g de uva passa;
  • Mel de agave ou açúcar mascavo para adoçar a gosto.

Modo de preparo

  • Misture o azeite o óleo de coco ao mel ou ao açúcar mascavo e os reserve;
  • Misture o amaranto com os flocos de milho e arroz e acrescente a mistura de óleo de coco, deixe que incorpore bem. Leve a mistura ao forno pré aquecido (180°C) por cerca de 10 minutos, ou até que fique dourado;
  • Retire do forno e acrescente os outros ingredientes misturando bem e levando ao forno por mais 10 minutos;
  • Após dourar retire do forno, espere esfriar e armazene em um pote de vidro com tampa.

Pronto!


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...