Aixa Anticoncepcional


Anticoncepcional é um remédio a base de hormônios que deve ser tomado diariamente e tem 98% de eficácia contra a gravidez, ou seja ele é recomendado para mulheres que não desejam engravidar no momento, tirando quase todos os riscos de uma gravidez indesejada.

O uso da pílula eve ser recomendado pelo seu Ginecologista. O Aixa é indicado como pílula anticoncepcional, tendo além da inibição da gravidez indesejada, a regulação da menstruação, tratamento da acne, diminuição das cólicas e também do risco de anemias, visto que controla as perdas excessivas de sangue, que ocorrem no fluxo menstrual.

O Aixa Anticoncepcional é fabricado pelo laboratório Pharbil Waltrop GmbH, que possui a sua matriz na Alemanha. O medicamento é importado para o Brasil através do laboratório Medley Farmacêutica Ltda.

Para que serve o Aixa Anticoncepcional ( Indicação )

Aixa serve como anticoncepcional. A pílula tem como objetivo inibir a ovulação, impossibilitando que a mulher entre no período fértil.

O anticoncepcional impede a dilatação do colo do útero, diminuindo a entrada de espermatozoides, dificultando para que o útero não tenha condições para o desenvolvimento do bebê.

Outro benefício do Aixa é a melhora dos sintomas associados à retenção de líquido, assim como a melhoria significante da acne, redução da cólica e do fluxo menstrual.


Como funciona o Aixa Anticoncepcional

aixa anticoncepcional

O anticoncepcional deve ser tomado por via oral, onde tomado da forma indicada, é possível evitar a gravidez. Ocorre também a modificação do muco cevical (líquido produzido pelo colo do útero que impede que as bactérias da região íntima da mulher consigam entrar no útero, mantendo-o saudável).

Fazendo isso, é possível reduzir a migração e alteração da  motilidade dos espermatozoides, inibindo a gravidez. O Aixa funciona como contraceptivo (evita a gravidez), porém existe possibilidade de engravidar, caso haja uso incorreto.

O medicamento tem inicio a partir da primeira dosagem e continua durante os intervalos de 7 dias livres de medicação. O Aixa é um anticoncepcional que contém 2 hormônios, conhecido também como “contraceptivo oral combinado”(COC).

Os comprimidos presentes na cartela do medicamento possuem a mesma quantidade de hormônio e, por isso o Aixa também é chamado de “preparação monofásica”.

Evitar gravidez não quer dizer que a paciente esteja segura de outros riscos indesejáveis, por isso o medicamento não tem como eficácia proteger você contra a AIDS ou qualquer outra doença sexualmente transmissível, onde você deve procurar outras medidas de segurança para esses riscos, como o uso de camisinhas por exemplo no ato da relação.

Como tomar Aixa Anticoncepcional

Como para todos os anticoncepcionais, o Aixa também não é diferente, por isso erros de tomada e de método podem ocorrer e com isso não se pode confirmar 100% de eficácia do método, porém é o mais indicado para evitar a gravidez indesejada, alcançando até 98% de eficácia (comprovado cientificamente).

Posologia

Você deve tomar 1 comprimido de Aixa todos os dias, durante 21 dias consecutivos, no mesmo horário, como por exemplo, logo antes do horário de dormir. Os comprimidos devem ser mastigados ou partidos, sendo ingeridos inteiros. Após este período, a paciente deve fazer uma pausa de 7 dias, voltando a ingerir uma nova cartela no 8° dia.

Como tomar

Na posição da cartela marcada com o dia da semana correspondente (por exemplo, “Sab” para sábado) pressione para fora o primeiro comprimido e tome-o sem mastigar. Você deverá tomar outro comprimido todo dia na direção da seta. A preferência é que seja no mesmo horário, sendo recomendado à noite. O intervalo entre a ingestão de um novo comprimido deverá ser de 1 dia (24 horas). Os dias que constam na cartela permitem que você verifique todos os dias se tomou o comprimido para aquele dia específico, por exemplo.

Geralmente dois a quatro dias após ingerir o último comprimido deverá começar o sangramento de privação que é semelhante ao sangramento do seu ciclo menstrual. Após a pausa de 7 dias corridos, continue tomando os comprimidos da próxima cartela do anticoncepcional, não importando se o sangramento tiver parado ou não, pois isso não irá inibir o efeito do medicamento, pois cada organismo responde de um jeito.

Composição

O Aixa são comprimidos revestidos de 2 mg de acetato de clormadinona e 0,03 mg de etinilestradiol. As suas embalagens contam com 21 ou 63 comprimidos.

Cada comprimido do Aixa contém: Lactose monoidratada, amido, povidona, edetato dissódico di-hidratado, estearato de magnésio, copolímero de metacrilato amino álcali, laurilsulfato de sódio, ácido esteárico, talco, dióxido de titânio, óxido de ferro vermelho, sorbato de potássio, alginato de propanodiol.

Contraindicações

Antes de você começar a utilizar o AIXA, seu médico fará exames ginecológicos e gerais, onde deverá ser descartada qualquer possibilidade de gravidez, onde será decidido se o uso do anticoncepcional é apropriado para você. Enquanto você estiver tomando o anticoncepcional, os exames deverão ser repetidos anualmente.

O medicamento é contraindicado para as seguintes situações:

  • Caso você já esteja grávida;
  • Caso você tenha alergia aos componentes do medicamento (acetato de clormadinona e etinilestradiol);
  • Caso você tenha sinais de um coágulo sanguíneo, que ocasione dor no peito;
  • Problemas na família nas veias artérias;
  • Em casos de cirurgia ou caso você tenha que ficar um período longo em descanso imobilizada);
  • Caso você tenha diabetes e tenha muitas alterações nos vasos sanguíneos;
  • Pressão muito alta;
  • Inflamação no fígado;
  • Deficiência de proteína C;
  • Caso você tenha tumor no fígado ou dor intensa no estômago;
  • Caso você sofra de depressão grave;
  • É contraindicado no caso se por algum motivo desconhecido você não menstruar;
  • Sangramento de vagina por motivos desconhecidos;
  • O anticoncepcional contém lactose monoidratada. Se você foi informada pelo seu médico de que você tem intolerância a alguns açúcares, o uso do medicamento é contraindicado.

Caso alguma das alterações citadas ocorra durante o uso do Aixa, você deve interromper imediatamente o medicamento e procurar o seu médico.

Efeitos colaterais do Anticoncepcional Aixa

Assim como todo medicamento, o Aixa também pode causar alguns efeitos colaterais, porém os efeitos adversos não atingem 10% das pacientes que já utilizaram o medicamento. Dependendo do organismo é comum, principalmente na primeira vez as seguintes reações:

  • Ânsias de vômitos;
  • sangramento intermenstrual (são sangramentos no meio da cartela, de curta ou longa duração);
  • Sensibilidade nas mamas;
  • Enxaqueca;
  • Alterações da libido;
  • Manchas escuras na pele;
  • Gastrite;
  • Alopecia (perda de cabelo);
  • Secreção vaginal;
  • Aumento do apetite;
  • Reações alérgicas;
  • Amenorréia (ausência da menstruação);
  • Galactorréia (fluxo excessivo de leite);
  • Mastopatia;
  • Perda do sono;
  • Cansaço excessivo;
  • Intolerância a lentes de contato (raramente);
  • Alterações da secreção cervical;
  • Hirsutismo (aumento na quantidade de pelos);
  • Porfiria;

Interação com outros medicamentos

Quando utilizado o Acetato De Clormadinona + Etinilestradiol (substância ativa do medicamento) ao mesmo tempo com drogas que induzem enzimas microssomais, podem causar um aumento da depuração de hormônios sexuais, o que pode levar a sangramentos antecipados e comprometendo a eficácia contraceptiva.

Tomando o anticoncepcional ao mesmo tempo com antibióticos como ampicilina e tetraciclina, podem reduzir as concentrações séricas do etinilestradiol em algumas mulheres, devido à redução da circulação entero-hepática pelos estrogênios.

Ingerindo o medicamento ao mesmo tempo com substâncias ativas que inibem a sulfatação do etinilestradiol na parede intestinal, por exemplo, ácido ascórbico ou paracetamol podem aumentar a concentração sérica do etinilestradiol.

As exigências de insulina ou hipoglicemiantes orais podem ser alteradas devido aos efeitos sobre a tolerância à glicose.

Advertências e Precauções Aixa Anticoncepcional

Caso você esqueça de tomar o comprimido no horário, ele deverá ser ingerido dentro das próximas 12 horas, no máximo. Caso o horário ultrapasse as 12 horas, o medicamento não terá mais o efeito garantido.

Nesses casos, durante os próximos 7 dias, você deverá usar outros métodos de prevenção (preservativos, por exemplo). Se durante esses 7 dias acabar a cartela em uso, comece a tomar os comprimidos da próxima cartela do anticoncepcional, não devendo haver pausa entre as cartelas, como recomendado na regra dos 7 dias.

Quanto maior for o número de comprimidos esquecido, maior será o risco de que a proteção contra gravidez seja reduzida.

Tabagismo: Caso você seja fumante, o tabagismo aumenta o risco de efeitos adversos, provocando riscos ao coração e nos vasos sanguíneos.

Pressão Alta: Caso você tenha pressão alta, é possível aumentar os níveis de gordura no sangue, sobrepeso e diabetes.

Bloqueio dos vasos sanguíneos: O risco de coágulos sanguíneos nas veias e artérias, podem causar ataque cardíaco, derrame, trombose venosa profunda e embolismo pulmonar.

Câncer: No caso de mulheres cujo colo de útero estiver infectado por um determinado vírus transmitido sexualmente e ingerir o anticoncepcional, existe risco de câncer.

Sangramentos irregulares: Caso você apresentes sangramentos irregulares, principalmente no início do medicamento, é necessário consultar o seu médico.

Aixa genérico

O Belara é um medicamento genérico do Aixa, onde o seu princípio ativo é acetato de clormadinona + etinilestradiol, o mesmo do anticoncepcional Aixa.

O medicamento referência custa em média R$ 31,00.

Aixa Anticoncepcional Preço

A dúvida de muitas mulheres é se a pilula anticoncepcional funciona realmente? Sim! Sem dúvidas, não há o que temer, porém a mesma deve ser usada corretamente.

O anticoncepcional Aixa só pode ser adquirido diretamente nas farmácias e drogarias com a apresentação da receita médica (branca comum).

O preço do Aixa com 21 comprimidos custa entre R$ 24,90 a R$ 44,89. A caixa com 63 comprimidos custa entre R$ 79,80 a R$ 120,87.

O preço pode variar de acordo com a região. Faça uma pesquisa nas farmácias e drogarias de suas proximidades ou também através de sites de buscas.

Anticoncepcional Aixa dá espinha ?

Não. O Aixa proporciona melhoria da acne e redução do excesso de oleosidade da pele e dos cabelos, sendo assim a sua ação é avessa a espinhas.

Anticoncepcional Aixa engorda ?

O ganho de peso é uma preocupação para as mulheres e muitas pessoas associam o anticoncepcional ao aumento de peso. Assim como todos os anticoncepcionais, o Aixa retém líquidos, causando sim um ganho de peso, porém esse ganho tende a voltar ao normal, mas como cada mulher reage de uma maneira pode acontecer um ganho de peso extra, onde tudo vai depender como o seu corpo irá reagir, por isso o Aixa engorda apenas em alguns casos específicos.

Anticoncepcional Aixa emagrece?

Em alguns casos é possível acontecer o efeito colateral ao caso citado acima, por isso é possível sim que o Aixa emagreça, tudo vai depender de como cada mulher irá reagir ao uso do medicamento.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...