Addera D3


Você sabia que, na nossa rotina e alimentação do dia-a-dia, é comum que a gente deixe a vitamina D de lado? As vitaminas A, B e C são muito mais fáceis de encontrar, principalmente na comida. Já a D, além da alimentação, depende muito da exposição ao sol, um hábito saudável que esquecemos de praticar em meio à correria, principalmente quem mora nas grandes cidades, onde o sol se esconde debaixo de uma camada de poluição.

Pra algumas pessoas, para ter a quantidade correta de vitamina D basta comer alimentos ricos nessa substância, como os ovos, cogumelos, leite, peixes e frutos do mar como o salmão, a sardinha e as ostras. Mas outros, principalmente os que vivem em ambientes fechados, precisam usar suplementos de vitamina D caso não queiram ter as doenças atreladas à falta da substância. Algumas delas são o vitiligo, a osteoporose, a artrite e até a depressão.

Todas as células do corpo tem receptores de vitamina D, o que indica como essa substância é necessária nas nossas atividades diárias. Hoje, você lerá aqui sobre um dos principais suplementos de vitamina D no mercado, o Addera D3.

Para que serve o Addera D3

Addera D3 Gotas

O Addera D3 é indicado para quem tem deficiência de vitamina D, e pode ser usado no tratamento da osteoporose, osteomalácia e desmineralização óssea. Nesses casos, o remédio atua para diminuir minerais como o cálcio na estrutura dos dentes e ossos, o que ajuda a combater a fraqueza da nossa estrutura e até as cáries na boca.

Este medicamento também ajuda no tratamento de raquitismo, vitiligo e até pré ou pós menopausa, todas doenças que têm como uma das causas a falta de vitamina D, seja por falta de sol ou pouca alimentação.


Como funciona o Addera D3

De acordo com a bula, elaborada pelo laboratório Mantecorp, o Addera D3 funciona como um regulador do cálcio no organismo. Dessa forma, nosso corpo absorve e fixa corretamente o cálcio e o fosfato. Se essas substâncias estiverem em desequilíbrio, outros minerais essenciais para o funcionamento do organismo também não são absorvidos corretamente.

Para essas ações, o Addera D3 se utiliza do Colecalciferol, um dos princípios ativos mais eficazes do ramo. O início da ação do medicamento começa um dia após a ingestão.

Como usar o Addera D3

Existe Addera D3 em três formatos: cápsulas, comprimidos revestidos e gotas. Também existem diferentes dosagens: 1.000 UI (Unidades Internacionais), 3.300 UI, 7.000 UI e 50.000 UI. Em todos os casos, o uso é por via oral.

A bula não indica uma posologia, pois o uso desse medicamento depende muito da recomendação médica. Siga sempre a orientação de um profissional quanto à dose e tempo de tratamento.

Addera D3 gotas

Apenas na versão gotas há recomendações: crianças de um mês a 2 anos de idade deve usar 40 UI por quilograma de peso, sendo que cada gota tem 132UI.

 

Para crianças acima de 2 anos e adultos, recomenda-se o uso de até 6 gotas (800 UI) uma vez ao dia.

Composição

Addera D3 1.000 UI – Cada cápsula mole contém:

  • colecalciferol (equivalente a 1.000U.I.): 1,00mg
  • excipientes q.s.p.: 1 cápsula mole
    (racealfatocoferol, óleo de soja, gelatina, glicerol e água).

Addera D3 7.000 UI – Cada cápsula mole contém:

  • colecalciferol (equivalente a 7.000U.I.): 7,00mg
  • excipientes q.s.p.: 1 cápsula mole
    (racealfatocoferol, óleo de soja, gelatina, glicerol, amarelo crepúsculo, vermelho de ponceau e água).

Addera D3 50.000 UI – Cada cápsula mole contém:

  • colecalciferol (equivalente a 50.000U.I.): 50mg
  • excipientes q.s.p.: 1 cápsula mole
    (racealfatocoferol, óleo de soja, gelatina, glicerol, azul brilhante, vermelho de azorrubina, vermelho
    bordeaux e água).

Os benefícios do Addera D3

A quantidade correta de vitamina D no organismo, objetivo do Addera D3, faz bem para o nosso corpo de diversas formas. Algumas delas:

  • Fortalece os ossos
  • Fortalece os músculos cardíacos
  • Ajuda o sistema de defesa do organismo
  • Ajuda a emagrecer
  • Previne e controla o diabetes
  • Melhora a memória
  • Previne algumas infecções durante a gestação
  • Ajuda na prevenção equilibrada de estrogênio e testosterona

Contraindicação

O Addera D3 não deve ser usado por quem tem alergia ou sensibilidade aos componentes da fórmula. O medicamento também não é indicado para quem tem excesso de vitamina D, condição conhecida como hipervitaminose D.

Quem tem taxas elevadas de cálcio e fósforo na corrente sanguínea ou má formação nos ossos também precisa tomar cuidado. O remédio ainda é contraindicado para crianças.

Efeitos colaterais do Addera D3

De 1 a 10% dos pacientes que usam o Addera D3 podem sentir algumas reações bastante comuns, como secura na boca, muita sede, muita vontade de fazer xixi, sensação de fraqueza, dores musculares, coceira, falta de apetite e perda de peso.

Há algumas sensações mais raras e mais graves, experienciadas por apenas 0,01% a 0,1% dos pacientes que usam esse remédio, que são: excesso de cálcio no sangue (a hipercalcemia), dores abdominais, vômitos, diarreia e eventual desidratação.

Superdosagem

Cuidado: quando ingerida em quantidade excessiva, a vitamina D pode ser tóxica. O uso prolongado do Addera D3 também pode gerar alterações endócrinas e metabólicas, tais como insuficiência renal, nefrocalcinose (aumento da quantidade de cálcio nos rins), pressão alta e psicose (delírios e alucinações).

Se ocorrer a superdosagem acidental ou proposital, parar de ingerir o Addera D3 imediatamente e procurar urgência hospitalar.

Precauções

Como o Addera D3 é recomendado para artrite e osteoporose, doença comum em idosos, não há nenhuma restrição quanto à idade elevada do paciente. Os idosos, aliás, têm naturalmente menos vitamina D que os adultos, principalmente pela baixa exposição dessas pessoas ao sol. Já crianças menores de 2 anos precisam de estrito acompanhamento médico caso falte vitamina D no organismo.

Grávidas também podem usar esse medicamento, desde que sob prescrição médica.

Pessoas com insuficiência cardíaca, insuficiência renal, hiperfosfatemia (excesso de fosfato no sangue) e arteriosclerose (depósito de gordura, cálcio e outros elementos na parede das artérias) precisam de orientação antes de iniciar o tratamento com Addera D3.

Há ainda algumas alterações laboratoriais endócrinas e metabólicas possíveis de ocorrer durante o uso do remédio, como alterações.

Interação do Addera D3 com outros remédios

O uso concomitante do Addera D3 com os seguintes medicamentos podem causar reações indesejadas:

  • antiácidos que contenham magnésio – pode resultar em hipermagnesemia (excesso de magnésio no sangue)
  • calcifediol – pode causar vício e aumento do potencial tóxico
  • diuréticos tiazídicos (hidroclorotiazida, metoclopramida ou qualquer preparação que contenha cálcio em doses elevadas) – aumentam o risco de hipercalcemia (excesso de cálcio no sangue)
  • preparações que contenham fósforo em doses elevadas – aumenta o potencial de risco de hiperfosfatemia (excesso de fosfato no sangue)
  • fosfenitoína, fenobarbital ou fenitoína – redução da atividade da Vitamina D
  • colestiramina e colestipol – pode reduzir a absorção de vitaminas lipossolúveis

Não há interações maléficas com alimentos.

Armazenamento

Como a maioria dos medicamentos, o Addera D3 deve ser mantido em temperatura ambiente, entre 15 e 30ºC, e protegido da luz e umidade. Consulte sempre as datas de fabricação e de validade e jamais consuma remédios fora do prazo.

As cápsulas gelatinosas de Addera D3 têm formato oval, coloração laranja translúcido, rosa translúcido ou transparente e, dentro, líquido oleoso amarelado. Caso observe alguma mudança no aspecto do medicamento, consulte um farmacêutico.

Addera D3 Preço

  • Addera D3 1.000U.I. (embalagens contendo 10 ou 30 cápsulas moles) –  preço médio de R$ 32,00
  • Addera D3 7.000U.I. (embalagens contendo 4 ou 10 cápsulas moles) –  preço médio de R$ 38,00
  • Addera D3 50.000U.I. (embalagem contendo 4 cápsulas moles) –  preço médio de R$ 105,00
  • Addera D3 gotas 3.300 U.I. –  preço médio de R$ 48,00

Addera D3 Genérico

Não há genéricos do Addera D3, mas é possível encontrar remédios similares por preços entre R$ 23,00 e R$ 80,00.

Pergunta dos leitores

Addera D3 engorda?

Não. Na verdade, existe até o efeito contrário. Entre os efeitos colaterais mais comuns desse medicamento (reações que ocorrem entre 1% e 10% dos pacientes), estão a perda de apetite, náuseas, vômitos, muita vontade de fazer xixi e, consequentemente, a perda de peso.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...